defendemos o fumante, não o fumo: 
quer parar de fumar ou reduzir?
 

notícias&artigos - 2010
ano novo, chuva velha

27/01/2010

As Enchentes e a lei Antifumo

 

Ao fundo, a sinalização da lei - carro chefe da provável futura campanha eleitoral do nosso governador.

 

Enquanto aguardamos informações sobre a poluição em São Paulo, que não tardarão a chegar, vamos conversar sobre um assunto bem atual: as enchentes no estado.

 

23.500 desalojados em São Paulo.

 

A tragédia paulista mostra uma das várias prioridades do estado. Isso nos obriga a refletir sobre o dinheiro gasto durante todo ano de 2009 na implantação da Lei Antifumo. Horas de propaganda nos horários nobres da TV, espaços publicitários em jornais e revistas, Outdoors, compra de frota especial, contratação de funcionários.

 

O tempo de campanha educativa na TV seria muito melhor empregado se fosse usado para insistir com a população sobre a importância de cada um na gestão do seu próprio lixo, por exemplo. Vi isto claramente no rio que se transformou a minha rua, 3 vezes este ano: sacos de lixo, plantas e ovnis carregados pela correnteza.

 

Médicos sanitaristas preocupados com os efeitos do fumo passivo não abrem a boca para falar de tifo e leptospirose, as grandes ameaças à saúde com as cheias.

 

Nosso governador José Serra só aparece na TV para falar que as pessoas tem que sair das áreas de risco. Para onde? Cadê as casas populares prometidas em campanha? Como é que o poder público explica escolas e apartamentos construídos no Jardim Pantanal?

 

Propomos uma campanha para nosso governador:

Lei Anti-Enchente.

Com todas as ações preventivas que os paulistas tem direito.

 

Você pode baixar uma imagem maior clicando abaixo.

 

 

 

Atenção: Os artigos do Eufumo não tem a intenção de fornecer recomendação médica, diagnóstico ou tratamento.