defendemos o fumante, não o fumo: 
quer parar de fumar ou reduzir?
 

notícias&artigos 2013
pelo 3o ano seguido, número de fumantes em São Paulo segue aumentando

01/07/2013

 

Mais uma vez parece que não haverá muito motivo para comemorar um aniversário da lei antifumo paulista: o número de fumantes aumentou. De novo.

 

Segundo Datafolha, publicado em maio de 2013, 21% dos habitantes de São Paulo fuma. Em 2011 eram 19.3%(Vigitel Brasil 2011*). E em 2009 (quando a lei foi implantada) eram 18.8% (Vigitel Brasil 2009*) da população.

 

Ou seja, houve um aumento de quase 12% no número de fumantes da cidade. A cidade está longe da média brasileira que é de 14,8%.

 

A lei 13.541 foi um fiasco para a saúde dos fumantes, pelo menos na cidade de São Paulo.

E ajudou a contribuir para o surgimento de mais alguns. Quem serão esses novos fumantes?

 

Obviamente ninguém verá o assunto com esse título. As matérias que vão aparecer no Google serão:

 

"Taxa de fumantes cai em São Paulo" - ****Subtítulo: Fatia de moradores do Estado que fuma caiu pela metade em 27 anos, segundo aponta recente pesquisa Datafolha****

"Em 30 anos, São Paulo vê número de fumantes cair pela metade"

 

O número de fumantes vinha caindo ano a ano com um trabalho de conscientização. Até que, em 2009, resolvemos copiar o modelo americano, totalmente ineficiente, baseado em repressão e estigmatização.

 

E ao invés de encarar o problema para tentar revertê-lo, insistem em maquiar com essa bobagem de 27/30 anos, época em que o fumo era considerado glamuroso e chic, ou seja, quando até quem não gostava de fumar fumava para ser bacana.

 

*Fonte citada em todas as reportagens/matérias relacionadas no Dia Mundial do Tabaco - 2011 e 2012

 


a matéria original

 

Número de fumantes em São Paulo cai pela metade em 27 anos

 

Terra - 04 de Maio de 2013

Pesquisa Datafolha aponta que 21% dos paulistanos são fumantes. Em 1986, eram 40%

 

Uma pesquisa Datafolha divulgada neste sábado no jornal Folha de S.Paulo aponta que o número de moradores da cidade de São Paulo que fumam caiu pela metade em 27 anos. De acordo com o levantamento feito com 1.120 pessoas, 21% da população local mantém o ato de fumar. Em 2008, eram 28%. Em 1986, 40%. Apesar da acentuada diminuição, a taxa de fumantes ainda está consideravelmente acima da média nacional, que á de 14,8%, segundo dados do Ministério da Saúde.

 

O levantamento aponta que os homens fumam mais que as mulheres (23% contra 19%) e os paulistanos que ganham mais do que 10 salários mínimos fumam menos do que o restante da sociedade, 15% contra cerca de 22%. A pesquisa tambám aponta que o ato de fumar está em declínio entre os jovens. Em 2008, 20% dos paulistanos entre 16 e 24 anos fumavam, contra 14% em 2013.

 

 

Endereço da página:

Número de fumantes em São Paulo cai pela metade em 27 anos

 

Atenção: Os artigos do Eufumo não tem a intenção de fornecer recomendação médica, diagnóstico ou tratamento.