defendemos o fumante, não o fumo: 
quer parar de fumar ou reduzir?
 

quero parar de fumar ou reduzir
depoimento de ex-fumantes 2015

clique aqui para ler os de 2014 e anteriores

clique aqui para ler os de 2016

Quer dar seu depoimento e ajudar quem quer parar?

 

O fumante é tratado como cidadão de segunda classe, mas apoio real, que é bom, nenhuma legislação oferece.

 

Acreditamos que compartilhar as dificuldades e vitórias podem ajudar bastante os que estão querendo abandonar os cigarros.

 

SÓ PUBLICAMOS DEPOIMENTOS DE QUEM PAROU DE FUMAR.

Fumantes, mesmo os que querem parar, devem mandar seus depoimentos através desta página

 

Boa sorte!

 

 

ATENÇÃO: Se não quiser que seu nome apareça, escolha a opção "Anônimo".

Depoimentos com emails falsos não serão publicados.

Favor restringir seu depoimento a não mais do que 800 caracteres.

 

seu nome:


seu email:


sua história:

Você pode usar mais  caracteres.

 



digite a palavra "garrafa" - sem aspas e em letras maiúsculas:



 


 

Gostaria de dividir com vocês minha alegria, at&ecute; porque esse site &ecute; uma maravilha quando comecei nessa luta foi aqui onde encontrei um porto seguro nesses depoimentos de angústia e na sua maioria de muita garra e superação hoje faz exatamente 66 dias livre desse mal.
força, foco e muita FÉ em Deus.
Sucesso pra todos (as) vocês.
Nós vamos conseguir.

 

Jacqueline Souza

30/12/2015

 


 

Tenho 22 anos e fumo desde os 18. Comecei a fumar por idiotice, como todos fazem. No começo fumava cigarros mais fracos e cerca de 10 por dia. Com o passar do tempo, mudei para cigarros mais fortes e passei a fumar quase dois maços por dia! Isso me trouxe diversas complicações, como bronquite e muitas dores... Sem falar na terrivel falta de ar. Decidi botar um ponto final nisso pois não quero acabar com a minha vida por uma besteira. Resolvi comprar gomas de mascar com nicotina, e elas funcionam muito bem! Não sinto abstinência de nicotina, apesar da vontade (psicológica) ainda aparecer hora ou outra. Estou seguindo assim at&ecute; parar. Hoje completa 5 dias sem fumar! Espero que eu consiga seguir em frente e não em entregar ao vício novamente.

 

Bruno

30/12/2015

 


 

Parei de fumar exatos 80 dias,foi no dia 11/10/2015. Do nada resolvir que não fumaria mas, afinal fumei por 20 anos. Não tem sido fácil estes 80 dias, mas isto eu sabia. Preparei o meu psicológico todo este tempo, fora sem contar que estou cheirosa, pele bonita, e respiração melhor. Vale a pena prosseguir sem cigarro. Podemos sim vencer este maldito vício. Vamos Guerrear Galera.

 

Nilda

29/12/2015

 


 

Olá a todos,que maravilha estar a exatamente (128) dias longe desse vício.
Fumei desde os meus 20 anos, e agora aos 45 resolvi dar um basta nessa droga chamada cigarro.
Já são 128 maços que deixei de comprar,e 2.560 cigarros que deixei de fumar,adoro fazer esse cálculo.
No meu caso parei na raça,foi difícil ficar sem o cigarro nos dois primeiros meses,pressão alterada, irritabilidade, dor de cabeça e uma terrível falta de ar, tudo consequência da abstinência da falta de nicotina no organismo.
Com f&ecute; em Deus, e muita força de vontade todo esse mal estar passou.
Hoje a minha respiração ficou mais leve, meu fôlego aumentou consideravelmente,acabou todo pigarro da garganta e at&ecute; a voz ficou mais bonita. Engordei um pouco, mas vou me matricular em uma academia em 2016.
PAZ e felicidades a todos!..

 

Paulo Henrique

28/12/2015

 


 

Faz quarenta e cinco dias que deixei de fumar mais sinto muita abstinência

 

Anônimo

25/12/2015

 


 

Fazem 25 dias que não fumo. Fumo há 42 anos. Decidi parar de fumar para melhorar minha saúde física e financeira. Que vício terrível, gostaria que a vontade de fumar passasse logo. Estou sem fumar na raça mesmo. Choro, triste , irritada e comendo muito. Mas também estou mais disposta e respiro melhor. Quero ter força para não fumar mais. Tenho 58 anos e também percebi que dores no corpo e nas articulações melhoraram. Sou diabética e hipertensa. Preciso me manter firme no meu propósito de me libertar desta porcaria.

 

Anônimo

23/12/2015

 


 

Parei há 40 dias, fumava +- um maço por dia...fumei uns 24 anos, mas só de manha, no almoço e a noite em casa, não fumava na rua. Só que depois fumava um atrás do outro.
Tive um infarto um mes antes de parar, sou novo e foi um grande susto. Tentei parar usando Bup e não me adaptei pelos efeitos colaterais... fui diminuindo aos poucos em duas semanas eu estava só puxando e soltando a fumaça até que resolvi tentar. Eu mantenho um maço fechado por conta do psicológico, quem fuma sabe que se está acabando ou se está no último aí a vontade aumenta. Faz 40 dias que parei, o maço ta intacto e a fumaça está até fazendo mal, não consigo ficar perto de quem fuma. Fácil? De jeito nenhum!! Impossível? Não!!

 

Anônimo

22/12/2015

 


 

10 dias sem fumar. Estou feliz.

 

Anônimo

21/12/2015

 


 

Olá
Fumo há 15 anos e faz 63 dias que parei. No começo foi muito difícil pois foram várias crises de abstinência e tambem estava sentindo muitos sintomas de ansiedade que dificultavam ainda mais. Com 50 dias estava pensando em voltar a fumar, pois não aguentava mais sofrer por causa do cigarro, quando comecei a tratar minha ansiedade assisti todos os vídeos sobre ansiedade do youtube e consegui diminuir muito meu grau de ansiedade. Continuo praticando os exercícios para controlar a ansiedade e hoje está muito mais fácil mesmo permanecer sem fumar. Fica a dica a todos.

 

Fabiano

20/12/2015

 


 

Eu fumei durante 12 anos, agora resolvi parar de fumar, pois o mesmo estava enterferindo na pressão arterial, nos batimentos cardíacos, gastrite etc... Hoje já faz 3 dias sem nenhum cigarro. É muito difícil, mas se aguentei o primeiro dia, aguento mais um, e mais um....até esquecer... Não estou tendo muito apoio, porem o que me da força é que sou muito nova ainda: 33 anos. Mas minha maior força é meu filho de 2 anos...

 

Anônimo

18/12/2015

 


 

Bom dia. Faz uma semana que parei de fumar, hoje esta sendo o dia mais difícil.
Mas, a melhor forma de resistir a tentação é focar no seu objetivo.
Tudo passa muito rápido, daqui a pouco a vontade vai embora.
Que todos consigam.

 

Anônimo

18/12/2015

 


 

Boa tarde galera,
Tenho 21 anos fumei desde meus 11 anos e coloquei na minha cabeça que eu quero parar de fumar. Hoje fazem dois dias e meio que não fumo. Está muito difícil de verdade, chego a tremer de tanta vontade. Mas meu Deus é maior e sei que ele vai me abençoar... Somos capazes sim, basta ter muita força de vontade... Boa sorte a todos os guerreiros e guerreiras.
#ForaTabagismo
#CigarroNuncaMais

 

Anônimo

15/12/2015

 


 

Boa tarde, passei hoje sem querer nesse site e estava lendo o depoimentos das pessoas que estão em processo de largar o cigarro, estou 2 anos sem cigarro, depois de 20 de vícios. Sei que vocês estão procurando algo que lhe ajudem a não ter vontade de fumar. Vou dar alguns conselho força de vontade é fundamental. Evite de sair e conversar muito, sabe como é que é, acaba sempre puxando um cigarro. Tome cerveja sem álcool, tome suco em vez de café, ou seja, mude sua rotina, durma cedo, ou melhor durma muito, principalmente nos primeiros dias. E faça muito ESPORTES, para ocupar a mente e ficar muito cansado para dormir de exaustao. A propósito esporte vai te ajudar a emagrecer pois você vai engordar que nem um porco. Compre geladinho e quando tiver vontade desconte tudo no geladinho (com menos kcal). Até.

 

Marcellus

14/12/2015

 


 

Oi gente, estou sem fumar há 8 dias, graças a Deus! Não quero mais. Não está sendo facil prá mim, sinto arrepios, taquicardia, ansiedade, não durmo direito (sono de dia, e inquietação de noite) e já chorei. Mas estou vencendo!
Não vou desistir, estou alegre por estar livre desse mal. Só tenho que perseverar!
perseverar! perseverar! perseverar! perseverar! perseverar! perseverar!

 

Fabiana

14/12/2015

 


 

Fumei durante 20 anos e hoje se completa 30 dias que mim livrei desta droga... Tudo começou quando no dia 15/11/2015 acendi um cigarro e junto veio um gosto horrível. Joguei o cigarro fora assim como a carteira de cigarro cheia. E falei comigo mesmo: cigarro não tem perna nem braço só vem na minha boca se eu quiser. E com muita força de vontade estou hoje há 30 dias sem tocar no cigarro e vai ser assim para sempre.

 

Paulo

14/12/2015

 


 

Estou há 20 dias sem fumar. Fumei durante sete anos, tendo começado muito tarde - aos 24.
Este período está a ser muito, muito difícil, e a vontade às vezes vem. A vontade vem se estou triste, se estou alegre, se estou cansada ou estressada. Até vem quando estou feliz e parece que qualquer desculpa é boa para fumarmos. Tento focar me na saude que terei daqui para a frente, no cheiro agradável na roupa, na maior resistência física diária nos meus treinos de musculação e sobretudo, no orgulho que quero que as minhas filhas sintam na mãe.
Todos os dias são bons para provar à vontade que sou mais forte e a verdade é que basta Querer, que acontece.

 

Maria

13/12/2015

 


 

Sete meses sem fumar! Não foi fácil após 40 anos de tabagismo, ficar sem o cigarro. Não é fácil, mas é possível e cada dia que passa é uma vitória, uma vez que, a memória desse prazer não se apaga.
Tem que ser firme e se apegar nos benefícios de não fumar: cheirosa, a casa perfumada, os dentes limpos e estar livre deste opressor que é o cigarro. Se mantenham firmes e determinados pois sem força de vontade, nada na vida se torna possível. Sejam fortes e vencedores!

 

Mary

11/12/2015

 


 

Bom dia,
Hoje faz um mês e seis dia que parei de fumar. No primeiro dia que coloquei o adesivo já nao fumei mais, e também uso o bupropiona. Não sinto vontade de fumar, mas as lembranças continuam.
Peço a Deus que daqui algum tempo eu nem me lembre do cigarro. Estou firme da minha decisão e não pretendo voltar a fumar. Me sinto bem melhor sem o cigarro e nem me preocupo em chegar perto das pessoas e abraça-las com aquele cheiro horrível. E olha tomo café normal. Aconselho a todos que pararam que continuem firme e nem pensem e dar uma tragada sequer, para não terem recaída.
Abraços e boa sorte a todos.

 

Anônimo

11/12/2015

 


 

Eu fumei durante 38 anos e, aos 52 anos, já sentia falta de ar, principalmente na hora de dormir. Há três meses parei de fumar cigarros usando vaporizadores eletrônicos, em geral conhecidos como "e-cig" ou "cigarro eletrônico". Comecei experimentando líquidos com 18 mg/ml de nicotina. Era forte demais. Reduzi imediatamente para 10 mg / ml e hoje uso 6 mg / ml. Logo após parar com o cigarro, passei a respirar melhor e sentir grande disposição, porque meu sono melhorou muito. Ganhei uns quatro quilos de peso, mas hoje sinto um ganho excepcional em termos de saúde e bem-estar. Livrei-me do pigarro e da falta de ar.

 

Anônimo

09/12/2015

 


 

Gostei muito de ler os comentários deste post, acho que me fortaleceu muito! Estou há 7 dias sem fumar! Embora esteja decidida, a fissura e a vontade são fortes, mas estou tomando o bup e fazendo o uso dos adesivos. Sinto que está me ajudando, e espero vencer esta batalha, se Deus quiser!

 

Anônimo

06/12/2015

 


 

A notícia da morte de Marília Pera com câncer de pulmão me deixou muito triste e preocupada pois soube que ela havia parado de fumar há 10 anos. Hoje completo 1 ano e 5 meses sem o cigarro. Consegui parar após receber o diagnóstico de enfisema moderado no pulmão. O susto me trouxe o medo. Parei com ajuda de medicamentos, chocolates, laranjas e muita força de vontade. Temo ainda as doenças que posso ter por ter fumado por 37 anos. Me preocupo com minha filha que fuma. Me arrependo muito por não ter parado há mais tempo. Pois aprendi que não é impossível como eu pensava que seria. Sem cigarros a vida ficou muito mais fácil, leve e cheirosa. Pedi muito em orações para que eu me tornasse uma ex fumante. Precisei de um susto. Deus me escutou.
Em orações peço agora por minha filha que fuma há 20 anos.

 

Margô

06/12/2015

 


 

Olá guerreiros! Hoje completo 1 mês sem fumar. Fumei durante 40 anos, desde os 13. Resolvi parar nas férias por que achei que seria mais fácil administrar o estresse. Fiz bem por que me deu todo tipo de reação nos primeiros 15 dias: muito sono, cabeça oca, dor no corpo, tontura. Usei adesivo só nos 4 primeiros dias. Só quem é fumante sabe da vitória que é conseguir ficar 1 dia sem fumar. Percebo minha pele mais hidratada e clara, bem menos cansaço ao subir escadas, nenhuma secreção quando espirro, fora que eu, minha casa e minhas roupas não tem mais aquele cheiro horrível. Ainda sinto falta dele e não sei se algum dia a vontade vai passar, pois nem lembro de mim sem um cigarro na mão. Mas é melhor parar agora enquanto não tenho problemas de saúde. Força a todos que estão na batalha!

 

Anônimo

06/12/2015

 


 

Olá,
Hoje faz 30 dias que não fumo. Achava que não era viciada até parar de fumar. Nas primeiras 48 horas foi fácil, mas depois foi piorando. Tive sudorese, fraqueza, dor de garganta muito forte e aftas, daí percebi que era drogada pela nicotina. Engordei dois quilinhos, mas estou bebendo mais água quando a vontade vem. Me sinto mais feliz, cheirosa e saudável. A sensação de vitória por não fumar é irradiante, é diária, é muito bom. Falo pra tudo mundo que parei de fumar como seu eu quisesse me orgulhar de mim mesma. Na verdade, quero mesmo... rs Gosto de beber cerveja e mesmo tomando consegui não fumar. Desejo que todos nós consigamos vencer essa batalha para termos a dádiva de vivermos saudáveis e livres de qualquer coisa que nos domine. Com fé em Deus e preserverança sigamos em frente.

 

Anônimo

04/12/2015

 


 

Olá, meu nome é André. Estou há 4 dias sem fumar. Fumo desde dos 16 hoje completando 22, decidi parar. Não está sendo fácil, fico super ansioso e às vezes acho que não vou dar conta. Tento ser super firme e tento me distrair com várias coisas, por enquanto está dando certo espero que com o tempo não sinta mais vontade e me veja livre de um vício que é uma coisa a se lamentar.

 

Anônimo

03/12/2015

 


 

Olá deixei de fumar há oito meses. No primeiro dia chorei tanto como se tivesse perdido um companheiro de todos os dias. Perdi a vontade de tudo, não havia prazer que me fizesse feliz, só o cigarro. Sofri muito mas nunca mais toquei num cigarro. Mas digo a todos que queres deixar de fumar: tem mesmo que ter vontade própria senão jamais vão conseguir tem que ter muita força mesmo. Não estou nada arrependida essa luta para mim já venci. Obrigada

 

Anônimo

01/12/2015

 


 

Meus bons amigos resistentes.
Voltei para vos ajudar e também me ajudar, pois já lá vão quase 17 meses sem tabaco, com todos os benefícios daí resultantes e com a vigia permanente para não me deixar surpreender.
Quando passo na rua frente às lojas, vejo sobretudo senhoras e meninas fumando, deixando uma fumaça mal cheirosa naquela zona, coisa que outrora não notava. Mudo de passeio frequentemente para não inalar o fumo dessas fumadoras. Não frequento locais de fumadores e quando tem que ser, faço um esforço grande para aí permanecer. Logo que posso saio e vou respirar ar fresco.
Com o Natal e Fim de Ano próximos, é boa altura para decidir largar o vício.
Estou com vocês, torcendo e fazendo toda a força possível perante os meus amigos fumadores para que deixem. Dizem que sou muito chato.

 

Enes

30/11/2015

 


 

Bom dia,tenho 30 anos e desde os 13 fumava, ultimamente até 2 maços e meio por dia.
A verdadeira compulsiva! Ano passado com ajuda do cloridrato de bupropiona fiquei 20 dias sem fumar, mas caí na besteira de fumar aquele unzinho pra ver se iria sentir nojo ou algo assim. Como disse, besteira. Quem é viciado sempre seré viciado.
Hoje estou tomando novamente o remédio e estou há 5 dias sem fumar e controlando as fissuras com o chiclete de 2mg, mas só mastigo nos momentos críticos. O restante do dia bebo bastante água e a vontade passa.
Hoje sei que não posso experimentar aquele unzinho.
Minha mente está tranquila. No 3o dia me deu muita dor de cabeça, do resto tranquilo.
Antes passar vontade agora, do que sofrer com as crises de falta de ar... Logo tudo isso vai passar e vou ficar livre em nome de Jesus!!

 

Darlene

30/11/2015

 


 

Hoje completo 22 dias sem fumar, depois de 16 anos fumando sem pausa. Estou usando adesivos então não sinto os sintomas da abstinência mas isso não quer dizer que não sinta falta do hábito de fumar. Estou fazendo acupuntura e isso tem me ajudado a manter a ansiedade mais baixa. Nas primeiras 2 semanas precisava lembrar a todo o momento que não fumava mais, depois do almoço, depois do café, antes de dormir... Agora isto está muito mais fácil. Quando esse pensamento de fumar aparece eu foco na minha resolução de vida: "Eu parei de fumar" Já sai com as amigas, tomei cerveja com fumantes em volta sem nenhum problema. Eu achava que nunca ia conseguir mas o adesivo ajudou muito! Além disso a determinação e outras historias de sucesso ajudam demais! Se você está em duvida, não fique. Você consegue!

 

Anônimo

29/11/2015

 


 

Fumava no mínimo 1 maço de cigarros por dia durante pelo menos os últimos dois anos. Parei dia 01/10/2015 há 58 dias. Parei na raça sem ajuda de medicamentos adesivos ou coisa do gênero. Foi difícil, mas não tão difícil como imaginava. A primeira semana é a mais difícil conseguindo superá-la basta ter força de vontade para não ter uma recaída. Conforme passa o tempo as vontades vem com bem menos freqüências e vão embora mais rápido. Mas no entanto não posso dizer que nao sinto mais vontade, quase 60 dias sem cigarro e ainda de vez em quando bate aquela vontade. Quando será que essa vontade era embora de uma vez por todas?

 

Eduardo Dias Lopes

29/11/2015

 


 

Boa tarde amigos.
Fumei por apenas 3 anos!! Estou há 23 dias sem fumar, foi difícil nos primeiros 10 dias, com crises e muito choro. Depois de 2 semanas passou, conseguia ficar o dia todo sem pensar em cigarro.
Fisicamente estou uma maravilha, faço caminhadas de 6 km por dia, e alterno com pequenos percursos de corrida; e sem cansar!!! Aleluia. Milagre!!!
Ainda tenho vontade de cigarro, prendo a respiração quando alguém passa fumando pra não sentir o cheiro, pois me dá vontade de fumar.
Sinto um tipo de baixo astral e tal, mas passa. Porém passei a ser estranhamente mal humorada, meu marido já não me aguenta.
Uma estranha irritação acaba com meu senso crítico e tolerância, uma coisa de nada se torna o fim do mundo.

 

Anônimo

25/11/2015

 


 

Estou a 40 horas sem fumar. tenho 43 anos fumo desde 17 anos. está muito difícil. mas quero parar de fumar. preciso conseguir me livrar deste vício maldito. força para todos nós.

 

Rinaldo

25/11/2015

 


 

Olá amigos
Fumei durante 5 anos e parei faz 1 mes. Para mim os primeiros dias foram difíceis, mas agora está normal. Quando me dá vontade como cenoura e passas. O duro é que fiquei viciado em cenoura mas acho que faz menos mal rsrs e resolve mesmo

 

Anônimo

23/11/2015

 


 

Parei de fumar. Hoje faz 43 dias que fumei o último cigarro e vou confessar aqui que é muito difícil, mas não é impossivel. Há pouca hora quase fumei um cigarro. Nossa, quando vi o que eu iria fazer joguei ele dentro da água. Deus me livre ter uma recaída. Logo agora que estou me sentindo tão bem respiro melhor tudo melhorou! Ainda sinto vontade de fumar mas nada que eu e algumas pedrinhas de gelo não supere. Boa sorte a todos que lutam contra este vicio maldito. Força aí galera

 

Anônimo

22/11/2015

 


 

Estou há 2 dias sem fumar. Fumo desde os 17 anos agora estou com 30, meu principal motivo por parar de fumar é minha saúde, pois estou com um refluxo muito forte e está se agravando por causa do cigarro. Estou muito aflito, ansioso e muito mais muito nervoso, porém tenho fé em Deus que vou conseguir. Semana que vem eu volto fiquem com Deus e boa sorte!!!

Conrado

18/11/2015

 


 

Boa noite,
Parei de fumar há 4 noites e três dias... Não é fácil, estou a fazer um tratamento de acupuntura e está ajudar muito.... Por segundos a noite apetece me fumar... Mas penso, se já não fumo a (x ) dias não tenho que fumar agora!!! E penso noutras coisas para esquecer o cigarro. Entretanto estou a tomar os comprimidos naturais (5HTP) LAMBERTS para me tirar ansiedade, e poder dormir!
Acredito se outros conseguem deixar, eu também consigo!!!
Temos que ter muita força de vontade...
E pensar nas próximas férias com o dinheirinho amealhado...

 

Ana Costa

18/11/2015

 


 

Sou fumante há 16 anos. Comecei aos 14 anos. Hoje com 30 anos, cheguei no ponto de fumar 2 maços por dia. Notei que estava fumando desnecessariamente (até mesmo quando não tinha vontade de fumar, fumava) e com saudades de subir uma escada correndo sem me cansar.
Estou no tratamento com o Bupropriona (bupium), por enquanto sem efeitos colaterais. E realmente "segura" os efeitos da abstinência, mas a força de vontade tem que prevalecer. Estou indo pro 3º dia sem o cigarro. A fissura de fumar ainda é grande, mas estou persistindo e vou conseguir.

 

Anônimo

18/11/2015

 


 

Me sentindo orgulhosa depois de 20 anos fumando conseguir parar. Estou completando hoje 39 dias sem cigarro nenhum se quer. Não usei medicamento e nem adesivo, somente a minha força de vontade. É dificil principalmente nos primeiros 3 dias mas sei que podemos conseguir. Às vezes ainda me lembro do maldito cigarro mais logo me esqueço. Fumar não quero mais e cigarro é ilusão. Quando vir a vontade muito forte chupe uma pedrinha de gelo porque isto manterá suas mãos e boca ocupadas até passar o periodo da vontade. Obrigada

 

Nilda

18/11/2015

 


 

Boa noite aos guerreiros e guerreiras que estão por aqui. Tenho 51 anos e fumo desde os 15. Com exceçao de duas gravidez que parei, praticamente fumei minha vida inteira. Estou cinco dias e seis noites sem cigarros. Esta difícil, taquicardias, mas diminuindo bem os sintomas de abstinência. Decidida! Não fumarei mais. Todos vamos vencer!!!

 

Cristina

17/11/2015

 


 

Fumei durante 40 anos. Hoje faz 5 meses que parei, mas infelizmente a vontade não parou. Vou firme não volto!

 

Anônimo

17/11/2015

 


 

Hoje completo 15 dias sem fumar. Aliás, no oitavo dia fracassei e fumei 2 e comecei a pensar em fumar o resto do ano e começar em janeiro. Mas no outro dia fui a mercearia pra comprar o cigarro e chegando lá o cigarro tinha aumentado o preço e eu tinha levado o valor exato. O moço da mercearia falou que podia levar e podia pagar o restante depois. Mas sabem, quem fez isso por mim: Deus. Não comprei o cigarro e cheguei em casa mais forte e mais convicta que não vou fumar mais. Fumei mais de 40 anos. Não esta sendo fácil. Estou usando o bup e adesivos. Tudo posso Naquele que me fortalece. Força, foco, fé.

 

Anônimo

17/11/2015

 


 

Boa noite. Hoje exatamente 82 dias sem cigarro está ficando mais fácil. As primeiras 6 semanas são as piores. Força galera a gente consegue.

 

Silas Paiva

16/11/2015

 


 

Faz 32 dias que parei de fumar foi de repente que resolvi não está sendo fácil pois sinto muita angústia, ansiedade, e não estou conseguindo dormir.
Estou firme e forte, não sinto vontade de fumar não. É so a abstinência mesmo que é ruim. Força a todos que querem parar, vale a pena. Alguém pode me dizer quanto tempo ainda vou sentir essa coisas ruins?

 

Anônimo

16/11/2015

 


 

Hoje faz exatamente 81 dias sem cigarro. As primeiras semanas são as piores, depois de um mes vai ficando mais suave. É só tomar cuidado com a recaída. Hoje em determinados momentos, sinto muito pouca vontade, são mais lembranças. Estamos na luta. Esses blogs ajudam demais. Desabafem sem vergonha.
Grato pelo espaço,

 

Silas Paiva

15/11/2015

 


 

Comecei a fumar aos 14 anos, hoje estou com 36 anos. Fumei por 22 anos 3 maços por dia. Faz 5 dias que parei, aliás fui forçado, pois sofri um acidente tomei uma descarga elétrica de mais de 13 mil volts e fiquei 3 dias internado no C.T.I. sem poder fumar. Quando eu saí resolvi não fumar mais. Esta sendo difícil mais vou conseguir. São 5 dias sem fumar.

 

Moisés

13/11/2015

 


 

Olá pessoal,
Fumei por 25 anos 1 maço por dia e hoje está fazendo 84 dias que não coloco nenhum cigarro na boca.
Nos primeiros dias sem fumar o que me incomodava era a falta de ar, respiração pesada, mas agora esse mal estar passou. Respiro muito bem, aquele pigarro da garganta desapareceu, e tudo melhorou.
Que maravilha, já são 1.680 cigarros que deixei de fumar nesse tempo. Já está marcado quando fizer 1 ano sem essa droga, vou fazer uma festa pra comemorar.
Muita força a todos amigos!

 

Paulo Henrique

13/11/2015

 


 

Faz 20 dias hoje que não fumo. Tomei bupropiona e naltraxona. Quase morri, tive depressão e alucinação pensei em suicídio mas graças a Deus estou firme e forte. Creio em Deus que não voltarei mais a fumar. Perdi meu pai por causa de câncer de pulmão e tenho uma tia que também está doente por causa desse inimigo chamado cigarro. Estou caminhando e creio em Deus que nunca mais fumarei, pois optei pela VIDA.

 

Anônimo

12/11/2015

 


 

Olá,
Tenho 25 anos. Tudo começou com arrepios. Era uma segunda-feira, cheguei ao trabalho e tive que voltar para casa. Nesse mesmo dia tive que ir ao hospital pois não aguentava com tantas dores e com falta de ar. Depois de tantos testes descobriram que estava com pneumonia...
Amanhã faz 11 dias que não fumo... É complicado, mas nascemos sem o cigarro não vou "morrer" por causa do cigarro! Cada dia é uma batalha, é um desejo incontrolável, ansiedade, sinto-me sem vida... Mas não passa de um desafio do nosso cérebro... Somos fortes, não desistam!
Beijinhos,

 

Cintia

12/11/2015

 


 

Fumava há três anos. Admito que fumava por gostar, um cigarro e uma cerveja era tudo de bom pra mim. Porém vivia sem fôlego pra nada, pálida, fedorenta e desanimada. Dois lances de escada e o coração saía pela boca. Isso é ridículo, só uma idiota continuaria com um vício desses.
Agora estou há 10 dias sem fumar. No 1º dia usei um adesivo de 7mg Niquitin, pois fumava até 10 cigarros por dia. Controlou bem. No 2º dia tirei o adesivo e agora é na raça mesmo. Sinto uma vontade constante, mas fraquinha de fumar, o tempo todo. Às vezes crise de choro e vontade de acender só unzinho, até parece que a vida perdeu o sentido. Sou uma pilha ambulante de nervos, cada vez maior. Minha irritação com tudo(e com nada) atingiu um nível que me fez perceber que nem eu me aguento. Na saúde melhoria de 100%.

 

Anônimo

12/11/2015

 


 

Alô meus amigos resistentes.
Como já estão decorridos 16 meses sem tabaco, tenho algumas novidades para dar:
Os efeitos secundários estão terminados, mas foram muito duros.
A satisfação total é não ter tosse de fumador, respiração normal e suave, olfacto apurado, apetite controlado, peso dentro do IMC (23,46).
Foi conseguido, e está a ser mantido, graças ao esforço diário de ginástica, passeio, controlo na alimentação, boa disposição e amor próprio.
Economia, quase dá para dar a volta ao mundo, 2500,00 €, que teriam sido queimados (5€ / dia).
Não há milagres para conseguir largar o tabaco, apenas vontade e coragem forte nos primeiros momentos, depois tudo será mais fácil.(água, exercício físico, respiração profunda, abstracção do tabaco). Trocar o vício do tabaco pelo exercício físico.
Abraço

 

Enes

11/11/2015

 


 

Faz 3 dias que parei de fumar. Realmente não é fácil depois de fumar durante 38 anos, cerca de 30 cigarros por dia. Mas pensando bem, nesses 38 anos de tabagismo fumei 416.100 cigarros, a um custo de R$.145.635 (considerando que a marca que eu fumava custa R$7,00). Pensando assim, fica mais fácil lidar com os sintomas da abstinência. Outra coisa que faço para esquecer do "bastão nicotífero" e ler na internet os depoimentos de ex-fumantes e os benefícios que conquistaram depois que romperam com o tabagismo. Uma das situações que me incentivaram a largar esse vício maldito, foi minha ficha médica preenchida por meu cardiologista, onde se destaca a expressão "Tabagista Crônico". Dá a exata impressão do que realmente somos "Viciados em Droga". Boa sorte a todos e vamos vencer esse vício.

 

Flávio

11/11/2015

 


 

Hoje completam exatamente seis meses sem fumar. Ainda me lembro dos 03 primeiros dias, foi muuuuito difícil, não conseguia nem concluir uma frase, muito nervosa. Porém mantive firme no meu propósito, vivendo um dia de cada vez. Hoje raramente me lembro do cigarro, não tenho vontade de fumar, não tomo nenhum medicamento, valeu a pena todo o sofrimento, mudei meu modo de viver, faço academia todos os dias, corro no parque final de semana, enfim sou bem mais feliz.

 

Anônimo

11/11/2015

 


 

8 dias sem fumar, está sendo muito difícil. Hoje quase fracassei. Cheguei a ir na mercearia comprar. Chegando lá o cigarro que fumo, alias, fumava, tinha aumentado muito. Voltei pra casa e pedi força pra Deus que vou continuar firme. Fumei por mais de 40 anos. Tenho muita fé que vou conseguir. Estou usando adesivo e tomando o bup.

 

3mgl

11/11/2015

 


 

Oi,
Hoje faz 1 mes e 5 dias sem cigarros. Eu acho que cada dia fica pior, uma tristeza, muito choro não acho graça em nada. Estou desesperada mas todos nos depoimentos disseram que isso vai passar. Eu peço misericórdia de Deus, que me livre dessa abstinência. Não tenho com quem falar sobre minhas crises, aí fico muito sozinha com essa dor.

 

Heloisa Maurin

10/11/2015

 


 

Olá amigos, tenho 24 anos e fumei por 4 anos uma carteira por dia. Estou no meu segundo dia sem cigarro. As primeiras 24 horas foram mais "fáceis" tive poucas crises e a vontade de fumar era controlada. Nesse segundo dia esta sendo mais difícil, a vontade de fumar é intensa, a cada 5 minutos lembro do cigarro. Estou bebendo bastante água e isso está e ajudando. Eu vou conseguir!

 

Leonardo

10/11/2015

 


 

1 mês sem cigarro. Minha mãe, uma fumante convicta, estava usando bombinha de asma para poder respirar. O pior é que ela sentia falta de ar, usava a bombinha e fumava ao mesmo tempo! Quando vi isso entrei em pânico. Comprei o milagroso Champix pra nós duas, afinal não teria como minha mãe parar comigo fumando do lado, né? Parei de fumar no tratamento inicial do Champix, mas minha mãe só parou agora. Fiz a burrada de doar o restante do tratamento pra ela. Gente, estou tendo crises de abstinência bizarras por causa disso. O Champix segura muito a onda! Tinha que ter largado aos poucos, mas enfim, agora já era! Rs. Fui parar no hospital com crise de ansiedade aguda. Me deram um rivotril desses da vida e fiquei ótima. Eu sei que tudo isso vai passar, quando é que é o problema... Mas não fumo!

 

Dani

08/11/2015

 


 

Boa tarde,
Hoje é o segundo dia que estou tentando parar de fumar, mas acho que vou fracassar... A vontade de fumar a cada minuto que passa esta aumentando... :(

 

Maria Claudia

04/11/2015

 


 

Hoje faz 8 dias que parei de fumar. Está sendo complicado em virtude da depressão pois passam coisas muito terríveis na minha cabeça. Estou me apegando a Deus e confio nele que nunca mais na minha vida coloco um cigarro na boca. Agora é esperar essa depressão passar e vai passar.
Eu creio.

 

Força

31/10/2015

 


 

Olá pessoal, hoje completo 10 dias sem fumar. Não estou usando nenhum tipo e remédio. Fumei por 15 anos e resolvi parar depois que senti uma falta e ar muito intensa que durou várias horas, e relembrar daquele dia é o que me faz manter firme em nunca mais fumar. Sei que vou conseguir. Cigarro nunca mais, pois não quero parar depois que ja tiver com alguma doença causada pelo maldito e talvez possa ser tarde demais. Um abraço a todos, vamos conseguir: é possível sim.

 

Fabiano

28/10/2015

 


 

Meu nome é Ricardo. Hoje faz 03 meses que parei de boa sem remédio. Tomo café, fico perto de pessoas que fumam não sinto vontade: ao contrário, fico com mais nojo do cheiro. Fumava 20 cigarros por dia mas fiquei maluco de imaginar de deixar meus filhos orfãos por causa desta merda, mas confesso tem momentos que queria fumar só um kkkkk mas não pode. Boa sorte a todos

 

Ricardo

23/10/2015

 


 

Hoje estou há 15 dias sem fumar... Tive uma crise de estress e optei por parar de fumar. Me sinto meio triste às vezes. Onde eu vou vejo sempre alguém dando um tragada, e a vontade vem. Mas continuo no foco em não fumar... Com ajuda do nosso Deus. Peço misericórdia e ele tem dado... E os comentários tabém tem me ajudado muito ... Força Galera...

 

Anônimo

22/10/2015

 


 

Hoje fazem quinze dias que parei de fumar. Comecei fazendo um tratamento médico para ansiedade e na segunda semana de tratamento pedi junto o tratamento para parar de fumar. O médico receitou ibupropriona (comprado somente com receita médica). Na primeira semana fui reduzindo de 15 para 5 cigarros / dia, e estipulei os horários que eu fumaria, carregando na bolsa somente a quantidade que iria fumar naquele dia. Depois 4, 3 e fiquei fumando 2 por uma semana. Consultei novamente o médico, que aumentou a quantidade do medicamento (era um comprimido pela manha). Foi para um de manhã e outro próximo do horario de almoço. No segundo dia com dois comprimidos, o dia passou eu esqueci de fumar e o segundo dia me esforçei um pouquinho e depois pensei já deu mais de 24 hrs sem, agora vai...
Sinto enjôo

 

R.ps

20/10/2015

 


 

Olá, tudo bem? Tenho 26 anos de idade, o cigarro entrou na minha vida há 13 anos quando experimentei uma bituca jogada. Na época não sabia fumar, mas peguei o gosto. Aprendi a fumar mesmo há 5 anos e em menos de mês já estava viciado. Fumava em média de 10, 15 cigarros por dia até que um dia resolvi parar. Parei, mas sempre tive recaídas. De vez em quando fumava um e acabava comprando um maço. Até que fiquei sem fumar por um ano, mas há duas semanas atrás fui na casa de uma amiga, e ao ver ela fumando não resisti a dar uma tragada, e agora estou com muita vontade de voltar a fumar de novo! Até porque é bom e dé muito prazer. Pena que faz mal!

 

heloisa marin

17/10/2015

 


 

Hoje fazem seis dias que estou sem fumar, fumei durante 40 anos. Decidi parar quando o telefone tocou e subi 4 degraus e fui atender era minha filha, estava tão ofegante que não conseguia nem falar. Ela me convidou para ir no feriado de 12 de outubro no CEVISA, uma clinica de reabilitação. Nesse dia era especial para as crianças e não havia tratamento, mesmo assim fui com o objetivo de parar de fumar. Fumei o último cigarro quando cheguei às 18hs. Ouvi muitas palestras e conselhos de médicos e enfermeiras. Não é fácil tem horas que sinto muita vontade de acender um, mas estou resistindo. É muito gostoso ouvir elogios e parabéns dos amigos e familiares. Vou conseguir e voltarei para contar. Bjs e força a todos que tomarem essa decisão sábia.

 

Eliane

15/10/2015

 


 

Pelos relatos lidos aqui eu fui a que menos fumei, porem fumava bastante... Fumei durante 9 anos 2 maços de cigarro por dia. Comecei em 2006 e parei exatamente dia 01/08/2015. Dois meses e 7 dias, com muita força de vontade e determinação estou conseguindo me manter sem o vício. Já ganhei uns quilinhos por causa da melhora do paladar mas proucuro me exercitar. O melhor de tudo é o cheiro meu cabelo. Hoje lavo e fica cheiroso por dias, minhas unhas não mancham mais da nicotina e o melhor: a vontade de viver. Não vou negar que ainda sinto vontade de fumar mas a minha força de vontade é maior. Eu não nasci com o cigarro, ele não me faz e Deus é quem nos dará a força para com este vício acabar.

 

Renata

08/10/2015

 


 

Parei de fumar depois de 35 anos fumando. Alguém sabe me dizer quanto dura esta vontade de fumar? Meu Deus, quando vai parar esta vontade...

 

Veiga

06/10/2015

 


 

Fumei por 17 anos.... hj tenho 35 e a 3 dias não coloco o cigarro na boca. Até ontem senti muita dor de cabeça, mas hoje acordei sem essa dor horrível... Mas me sinto triste sem rumo, estou com medo.

 

Vanessa

06/10/2015

 


 

2 dias sem fumar, segunda tentativa. Eu preciso de deixar esta droga. Eu quero ser livre.

 

Anônimo

06/10/2015

 


 

Hoje tenho 44 anos fumei por 26 anos. Graças a Deus hoje já fazem 2 anos que não fumo. Não sinto falta de maneira alguma.
Melhorou muito a minha vida.
Todos os dias pedia para Nossa Senhora Aparecida pra me dar forças pra parar e consegui. Levei o meu último maço na sala dos milagres, me emocionei muito ao largar o maço lá, foi uma libertação total. Muito obrigado Mãe.

 

Maurício Quiksilver

06/10/2015

 


 

Há quatro meses parei de fumar. Não é nada fácil, eu sei, principalmente para quem fumou por 40 anos. Ultimamente, estava fumando 2 maços por dia, aí resolvi parar e consegui graças a DEUS. Até o momento não estou fumando, estou de boa, só não estou gostando porque estou engordando rsrsrsrsr. Me sinto inchada, dores no corpo todo, nervosa, sem paciência, desanimada. Meu Deus, como é dificil isso.

 

Anônimo

04/10/2015

 


 

Depois de fumar há 5 anos! Não foi difícil, na verdade não foi nada difícil. Nas últimas semanas comecei a enjoar bastante do cheiro e do gosto. Falei prá mim mesma: "esse é o último cigarro". E foi. Faz exatamente 1 ano que não ponho um cigarro na boca, e minha vida melhorou 100%. Não consigo ficar perto de quem fuma, me dá nauseas.
Pra você que quer parar de fumar e não consegue, amigo, bote na sua cabeça que a MENTE DOMINA O CORPO. Você é quem manda. Vontade dá e passa. Quando der aquela vontade forte, beba muita água até a barriga encher pra valer. Evite beber alcool. E, principalmente, trace uma meta para o seu corpo. Comece na academia, por exemplo. Direcione todo o seu foco pro seu corpo e saúde. Esqueça o cigarro. Treine com força. Voce PODE. Boa sorte!

 

Anônimo

03/10/2015

 


 

Tenho 49 anos, fumo desde os 15 anos. Já parei por 3 anos e depois voltei.
Um coisa falo pra vcs, quanto mais vc para e volta, mais dificil se torna.
Hoje tenho 4 dias que não fumo, graças ao meus DEUS. Isso mesmo gente, todo dia eu agradeço a DEUS por não ter me deixado fumar. Peço dia após dia.
DEUS tem me sustentado até aqui.
Força galera. Quando a vontade vir, bebam bastante agua.

 

Anônimo

01/10/2015

 


 

Hoje estou há exatamente 7 dias sem fumar! A 3 e meio estava tentando parar e a cada cigarro que acendia jurava que seria o último e quando chegava no último cigarro do maço eu comprava outro e cada um que acendia me sentia culpada e ao mesmo tempo aliviada ao sentir o trago do cigarro. Não fumava na rua só em casa na sacada do meu apartamento com ventilador ligado! Mas me sentia suja. Quando eu fumava tinha que tomar banho se não, não passava nem perto do meu marido e não deixava ele chegar perto de mim por nada! Aproveitei que mudamos de cidade por conta do trabalho dele e por 30 dias estamos morando num hotel. No dia que cheguei peguei uma dor de garganta que fiquei na cama então os 4 primeiros dias nem pensei muito no cigarro. Mas agora que já estou melhor ta batendo o desespero!!!

 

Lilly

01/10/2015

 


 

Boa Noite,
Tenho 19 anos estou aqui pra relatar um pouco minha historia com o maldito cigarro.
Foi 2 anos e meio, fumando uma carteira por dia! Mas resolvi parar com força de vontade e DEUS.
Hoje já faz 31 dias sem cigarro, as vezes sinto vontade mas é fraca, aí vou e escovo os dentes, bebo aguá, aí a vontade passa!
Estou muito feliz, Graças a Deus!
MUita força de vontade e Deus acima de tudo que todos conseguimos parar.
FORÇA !!!!!

 

Anônimo

28/09/2015

 


 

Dia 17/09/2013 foi o dia da minha vitória. Parei de fumar, algo que nunca pensei conseguir. Foi tudo muito rápido. Decidi, parei e nunca mais tive vontade de fumar... E fumei muitos e muitos anos. O cigarro fazia parte de minha vida. Hoje agradeço muito a Deus por esta felicidade de viver sem fumar. Hoje sou feliz. Todos que estão tentando, acreditem, nós temos uma força muito grande dentro da gente e temos que saber usá-la para o nosso bem. Tenham fé, eu consegui e para mim eu achava impossivel porque eu nao tinha vontade de deixar de fumar. Foi de repente. Agarre a chance se você quer parar. Abraços, força e fé.

 

Anônimo

25/09/2015

 


 

Parei de fumar tem 4 dias, a vontade de voltar é enorme mais estou com uma falta de ar imensa e coloquei em minha cabeça que tenho duas saídas: viver ou morrer e o pior não é morrer é ficar sofrendo por doenças ocasionadas pelo cigarro. Comecei a fazer atividades físicas para melhorar meu condicionamento. Vou seguir em frente sem olhar pra trás e tenho certeza que já sou vitoriosa. Não desista por mais dificil que seja. Força, Foco e Fé.

 

Anônimo

23/09/2015

 


 

Fumo desde os 9 anos de idade fumei por 18 anos resolvi parar de fumar devido as dores de cabeça que tinha frequentemente. Hoje faz 20 dias que parei de fumar e que não tenho dores de cabeça mas gostaria que alguém me respondesse se e normal ainda ter tanta vontade de fumar. Meu Deus parece que só aumenta e não diminui isso. Estou só usando remédio pra ansiedade e não estou mais usando adesivos está sendo bem difícil. Dá a impressão até que era mais feliz quando fumava, mas a qualidade de vida que estou tendo agora sem dor é o que me segura a não acender mais cigarros.

 

Camila

22/09/2015

 


 

Aleluia...90 dias sem cigarros. Como disse no comentário anterior ...é difícil, mas não impossível. Às vezes tenho uma fissura violenta mas resisto bravamente... Já não penso muito no cigarro, engordei 3 kg mas continuo fazendo caminhada e Pilates. Estou muito orgulhosa de mim. E tenho certeza que cigarros nunca mais. O que me ajuda muito enfrentar essa fase difícil é ler os depoimentos dos ex-fumantes. Vou postar meus depoimentos trimestralmente. Abçs é até breve.

 

Tati

21/09/2015

 


 

Hoje faz 12 dias sem cigarro. fumei durante 20 anos uma carteira por dia. Tres idas a emergência por crise de abstinência. Falta de ar, dor no peito, pressão arterial irregular, tontura ...Muiiiiito dificil, a sensação é que a pessoa vai parar. Mais com fé em Deus eu vou melhorar, porque fumar nunca mais. Algume poderia relatar se tiveram esses sintomas e quanto tempo dura? abraços e boa sorte a todos!

 

Cristiane

21/09/2015

 


 

Olá, tenho 33 anos e fumo desde os 16 anos. No início fumava até 4 carteiras de cigarro no dia, lembro que as vezes deixava de me alimentar para comprar cigarros. Ele sempre foi um parceiro de todos os momentos, mas tive problemas de saúde e há algum tempo vinha querendo realmente parar, e estou há 2 dias sem fumar. Parece pouco, mas é uma vitória. É estressante, difícil, mas tenho fé em Deus que vou conseguir seguir minha vida de pura liberdade. Desejo a todos sucesso e liberdade, nós vamos conseguir; nós já conseguimos.

 

Anna

19/09/2015

 


 

Primeiro pessoal parabéns a todos nos, porque sabemos o quão difícil é parar dr fumar. Eu moro em uma casa com mais dois fumantes: sempre tem um com um cigarro aceso e isso dá muita vontade né? Mas estou sendo forte, já tem 5 dias sem cigarro.
Huhuhu! É muito bom essa vitória, e como é bom sentir o resultado, cabelos e roupas cheirosas, poder abracar as pessoas falar pertinho sem se sentir fedida de cigarros, o gosto de comida é muito diferente. antes eu só sentia o gosto do cigarro.

 

Anônimo

19/09/2015

 


 

Hoje 25 dias em fumar... não e fácil mas com força de vontade consegue. Se acreditem. Fumei durante 15 anos e fui eu que tomei a iniciativa de parar... Faço tudo igual ao que fazia antes bebo café, estou junto a quem fuma, bebo cerveja com amigos... e cigarro, nada!! O que custa mais e depois das refeições mas ultrapassa-se tudo!! Boa sorte a todos

 

Sofia Silva

17/09/2015

 


 

Fumei durante 30 anos e hoje faz 4 dias que estou convicta que não fumarei mais. Está sendo muito difícil pois não estou tomando nenhum tipo de medicamento só força de vontade mesmo. Sou atleta mas o que me faltava era ficar livre do cigarro. Estou me sentindo muito bem, só que tem horas que bate uma vontade incontrolável, aí respiro fundo e tomo um copo de água. E o principal peço a DEUS forças para não fumar mais. Não desistam gente.

 

Anônimo

16/09/2015

 


 

Estou há 15 dias sem fumar, confesso que são os piores 15 dias da minha vida. Gosto de fumar, me alivia. Fumava há 25 anos estou parando por causa dessa sociedade de merda e da familia que enche a porra do saco pra eu parar. Queria poder fumar meu cigarro em paz. Não roubo pra fumar, não fumo em ambientes fechados, fumo apenas na minha casa e mal, se é que existe, faço a mim. Estou me sentindo triste, depressiva, aí me pergunto: está valendo a pena parar??! #ApenasUmDesabafo

 

Anônimo

16/09/2015

 


 

Comecei a fumar com 6 anos de idade. Hoje tenho 44 anos e estou sem fumar Há uma semana. É dificílimo largar este maldito cigarro mesmo, mas acho que não é impossível. Se eu não ficar louco eu consigo largar sim.

 

Livercino

15/09/2015

 


 

Estou há 26 horas sem fumar, estou me sentindo uma vitoriosa, ha tempos tenho vontade de parar mas quando minha filha de 9 anos disse "Mãe não quero que você morra, pare de fumar" doeu e caiu a ficha, minha filha vai precisar de mim e não sei se vou estar aqui para ajudá-la, claro que posso morrer amanhã por qualquer motivo, mas vou fazer minha parte.

 

Adriana

15/09/2015

 


 

Estou completando 57 dias sem fumar e estava indo bem, tranquilo, mas de uma semana pra cá venho tendo muita fissura e até mesmo me perguntando se vale a pena parar ou passar por isso. Hoje soube da possibilidade de uma doença da minha mãe, me abalou muito, por muito pouco não saí pra comprar um cigarro...
Parei por 3 anos depois de fumar por 10 anos e voltei há um ano, com muita culpa por ter voltado e por isso sempre com a intenção de parar. Hoje foi o pior dia de todos, vim pra internet tentar ver outras experiências, mas estou emocionalmente instável ao mesmo tempo que não quero jogar esses quase 2 meses no lixo. Mas aos que dizem que os primeiros dias são os piores, comigo não foram, no começo se está entusiasmado em largar o vício, depois esse entusiasmo passa, mas tentarei ser forte.

 

Anônimo

14/09/2015

 


 

Eu fumo desde que tinha 15 anos, já parei algumas vezes, períodos de gestação eram até fáceis, tinha alguém que não podia fumar comigo dentro de mim, mas passado esse período voltava a fumar, hoje com 40 anos e muitas cobranças familiares, estou sem fumar há seis dias, e esses dias estão dificílimos, eu sei que não devo mais fumar e que como viciada não posso acender apenas um, minha vontade é acender todos, tenho tomado controlados para me manter afastada, mas tenho sentido sintomas terríveis de abstinência, desde a sensação de febre, calafrios principalmente a noite, e de dia parece que o mundo perdeu a cor, parece que nada mais tem graça,tenho muita vontade de chorar e dormir por um mês talvez quando acordasse sentisse menos, gostaria de ajuda.

 

Anônimo

14/09/2015

 


 

Parei de fumar no 10° dia de tratamento com Champix, simplesmente não comprei mais cigarro e segurei a vontade, foi tranquilo, o efeito que o remédio causa com relação à abstinência é ótimo, sua contribuição realmente é pouca e estou decidida e motivada a não voltar a fumar, agora chegou a fatura do cartão de credito, o remédio é caro e tô pagando a parcela do cigarro que não comprei nesses 15 dias sem cigarro, sinto falta, mas logo ela passa, tem que ter um pouco de esforço.
Estou formando grupos na empresa e na faculdade para estimular os colegas, se eu consegui, acredito que eles vendo isso se sintam mais motivados ainda e vou ficar muito feliz por eles.

 

ci

11/09/2015

 


 

Tenho 43 anos sou fumante desde meus 18 anos tem 7 dias que não ponho um cigarro na boca. Está muito difícil estou tendo até crises de choro. Hoje numa dessas crises eu peguei um cigarro do meu marido acendi e dei um trago, acreditem senti um gosto horrível de acetona que na hora tive vontade de vomitar. Isso me fez muito bem pois vi que isso sempre foi uma porcaria que a gente coloca para dentro do nosso organismo. Agora mais do que nunca decidi que não vou fumar nunca mais FORÇA AMIGOS não desistam dos seus sonhos pensem numa vida saudável DEUS ABENCOE.

 

Suely Magalhães

07/09/2015

 


 

Alo, meus Kambas (amigos).
14 meses sem tabaco e feliz por este blog estar resistindo com as lamentações de de todos nós.
Fumar não tem mais assunto, foi fácil largar, mas difícil suportar os efeitos secundários. Mas, Deus ajuda e continuará a ajudar.
Os 50 anos de fumo não conseguiram aniquilar a resistência deste organismo que sempre resistiu.
Sim, tem segredos: alimentação, exercício físico, determinação, coragem, economia e amor próprio. A família que tem horror ao tabaco, fica feliz por ter acabado o cheiro desprezível...
Passear junto ao mar e sentir o cheiro a maresia, os pulmões sentindo a frescura da brisa do mar, a respiração calma contendo o oxigênio necessário à vida, vale a pena o ligeiro esforço de ter deixado o fumo.
Vamos dar coragem aos fumantes.
Abraço e coragem Kambas

 

Anônimo

06/09/2015

 


 

Fumei durante muitos anos, posso dizer 45 anos. Comecei aos 16 anos tenho 57 anos, hoje..05/09/2015 está fazendo 30 dias de abstinência da nicotina. Não usei medicamento indicado pelo meu médico (devido aos efeitos colaterais). Se é para parar... então nao fume. Não se iluda com os aderentes à pele. Não use nada a base de nicotina. Use teu cérebro use apoio de pessoas que não fumam. Use força... use coragem... beba muita água, acredite em N.S. Aparecida. Nao vou jurar... mas a satisfação de respirar melhor .."É O SUFICIENTE". Nunca pensei que eu poderia criar essa atitude. Se eu parei antes de ser forçado por alguma moléstia derivado desse produto. Por Deus... qualquer pessoa para. Não estou brincando e nem tão pouco ofender um amigo e veterano tabagista. Ainda estou me reabilitando. Irei vencer

 

Hugo Fraca

05/09/2015

 


 

Hoje, 40 dias sem fumar. Não está sendo fácil. Tem dias que não lembro do cigarro, outros dias, sinto uma vontade imensa de fumar, sofro com isso, aí penso que existem sofrimentos maiores que atingem tantas pessoas e com isso, me conformo. Penso que este prazer não mais me pertence, mas obtive outros prazeres: casa perfumada, cabelo, pele bonita, sem falar no orgulho que sinto de ter conseguido após 40 anos fumando. Na verdade estou experimentando pela primeira vez, como é viver sem cigarro, pois, nem lembro como era. A todos que estão querendo parar, acreditem: é difícil mas possível, tenham força, não se desistam, o sofrimento vai amenizando, a gente vai se sentindo mais fortalecido e vence. Abraço, muita força e coragem a todos.

 

Mary

31/08/2015

 


 

Três dias sem fumar, nossa tá muito difícil, tem horas que dá aquela vontade violenta, dá uma vontade de chorar, uma falta de ar, vontade de gritar.... Mas sei que vou superar. No começo é muito difícil!!! Estou muito feliz, estou orgulhosa de mim!!! Não vou fumar mais, não quero mais o cigarro na minha vida!! Bjim boa sorte turma

 

Anônimo

31/08/2015

 


 

Estou a 5 dias sem fumar, fumei durante 15 anos, tentei diversas vezes parar de fumar, mas não conseguia, então comecei a pensar nos danos que o cigarro já me causou e o quanto poderá ainda me causar. Penso nos meus filhos, o futuro deles, então decidi por um ponto final no cigarro para garantir mais dias de vida.
Posso dizer que é maravilhoso, o paladar, o cheiro, o animo de viver mais.
Estou tomando o BUP, as vontades surgem devido a rotina, mas não me esqueço nunca que parei de fumar e isso basta para passar as vontades.
Tentem pessoal, cigarro não é mais forte que nós, não podemos deixar o cigarro acabar com nossas vidas e com a alegria das pessoas que nos amam.
Abraços, e boa sorte.

 

Anônimo

31/08/2015

 


 

Estou muito feliz, hoje faz 63 dias sem cigarros. Fumei durante 42 anos e resolvi parar depois de uma gripe muito forte com muita falta de ar. Não utilizei nenhum remédio ou adesivo. Fácil não é,principalmente nas primeiras semanas,mas não é impossível. Todas pessoas do meu convívio diziam "se você parar,qualquer um consegue também". Gente eu era muito viciada,minha vida era o cigarro mas agora estou muito bem, tenho recebido vários elogios sobre minha pele,dentes e cheiro. Tenho feito Pilates e caminhada e por enquanto não engordei nada. Os depoimentos de pessoas que também deixaram de fumar me ajudam muito, todos nós estamos lutando pelo mesmo objetivo,ter uma vida saudável. Força e fé a todos nós.

 

Tati

25/08/2015

 


 

Há 90 dias que parei de fumar. Os primeiros dias foram difíceis pois tudo na minha vida estava associado ao cigarro - lembrava dele o tempo todo e tinha muita vontade de fumar. Fiz enorme esforço e com muita força de vontade, consegui superar tudo isso. A abstinência me deixava nervosa e eu evitava de sair e estar em contato fumantes. Parei por vontade própria, sem a ajuda de adesivos, remédios chicletes etc - vivia cansada e com respiração ruim quando fazia o mínimo esforço.
Gripava e adoecia com facilidade. Hoje minha saúde melhorou demais_minha respiração voltou ao normal - já consigo correr e me exercitar sem cansar. Olfato e paladar voltaram ao normal. Nunca mais pretendo fumar sem contar que não tenho mais aquele cheiro horrível dos fumantes. Valeu a pena tomar essa decisão!

 

Iza

13/08/2015

 


 

Tenho 42 anos e fumei durante 27.
Adorava fumar, mas esse vício prejudicava demais a minha saúde e a minha vida (a sociedade é viciada em discriminar!). Tudo isso sem contar o grande desgosto que eu, como uma mulher muito vaidosa, sentia ao perceber que não tinha cheiro gostoso dos bons perfumes que usava, mas sim o odor podre de nicotina velha!
Faz 5 meses que parei de fumar. Frequentei grupo de terapia, usei adesivos e antidepressivos. Mesmo assim os dois primeiros meses foram difíceis.
Agora, não uso mais nada! Estou totalmente limpa e PERFUMADA!
Tudo em mim mudou para melhor quanto a saúde e, pásmem! Não engordei um grama!
Minha pele está parecendo uma porcelana, passo horas concentrada nos estudos!
Não sinto mais vontade de fumar e sei q não vou voltar, pois estou mais feliz agora!

 

Cris

07/08/2015

 


 

Fumei desde meus 15 anos, e agora com 46 tive um infarto, com direito a massagem reanimação e tudo, angioplastia e logo em seguida 2 paradas cardíacas. Estava fumando uma carteira de cigarro ao dia e noite, depois disso faz dois meses que não coloco cigarro na boca e não sinto falta dele, ou seja, o vício do cigarro é um pouco da cabeça da gente, quer parar de fumar, tenha um infarto, doi tanto mas tanto que você pensa mil vezes antes de colocar cigarro da boca, sem falar que estar de frente pra morte é uma experiencia que ninguém jamais esquecerá. Aos que desejam parar de fumar, boa sorte e força de vontade.

 

Anônimo

29/07/2015

 


 

Fumei durante 40 anos, quando estava na Universidade. Há 10 anos tirei um seio e linfonodos - esquerdo - quando teria alta estava com carcinoma no seio direito. Dois anos depois comecei a tossir muito e o diagnóstico foi carcinoma no pulmão esquerdo. Tive que tirá-lo. Meu filho procurou um dos mais famosos médicos de MG.-Dr. Nilson - fiquei no Hospital Madre Tereza em B.H. por 30 dias. Eu fumava mais de 35 cigarros / dia, mas a poluição na região metalúrgica do Vale do Aço é intensa e contínua também. Hoje me sinto uma sobrevivente, graças a Deus. Mas meu problema é que, após a cirurgia há 18 meses quando parei com a nicotina, já engordei 8 quilos; isto me incomoda : QUEM QUISER E PUDER pare, pois o sofrimento a que estamos sujeitos, é maio que a sensação de paz, que sentimos ao tragar.
Abraços
Ce

 

Ce

15/07/2015

 


 

Parei de fumar há dois meses, fumei durante 35 anos hoje tenho 56 esta sendo difícil pois o meu maior problema está sendo a ansiedade que estou sentido após largar o cigarro, pergunto: é normal acontercer isso com pessoas que passaram muito tempo fumando?

 

edvaldo andrade

14/07/2015

 


 

Olá pessoal estou sem fumar há 16 dias tenho 28 anos de idade e fumo desde os 16. Não estou usando medicamentos estou na base da fé em um poder maior. Estou me sentindo melhor são 16 dias de vitória a cada hora me liberto. Porém ainda me dar bastante vontade e algumas reações indesejadas. Mas eu sei que passa em alguns minutos ou algumas horas irá passar eu fumando ou não. Quando da vontade eu faço uma oração e digo pra mim (é só por agora vai passar) bebo água escovo os dentes ou uma leitura. Está me ajudando. Boa sorte a todos. Infinitas 24 horas sem fumar.

 

Paranhos

30/06/2015

 


 

Estou muito feliz. Porque me sinto importante e uma pessoa forte. Aliás fortíssima. Tenho 50 anos e desde os 12 anos fumo. Fumava 2 carteiras por dia. Consegui parar de fumar por brincadeira. Não estava doente. Um amigo estava fumando um cigarro eletronico, mas um equipamento de primeira linha americano e em 2 semanas parei de fumar.
Dizem que obtive sucesso pelo fato de ter parado de beber bebida alcoolica há 8 anos. Mas eu sofri muito mesmo. Até hoje sonho que estou tomando um chopp geladinho e fumando um cigarro. Acordo com a consciência pesada. MAS POSSO AFIRMAR QUE NÃO É IMPOSSÍVEL.
TEM UM DETALHE IMPORTANTE: não fiz promessa para ninguém, portando embarquei nesta sem compromisso com ninguém mesmo. Ou seja se eu falhasse não teria que me justificar com ninguém. ACHEI ISTO IMPORTANTE.

 

carlos augusto

29/06/2015

 


 

Já parei de fumar várias vezes, mas dessa vez, nunca mais voltarei.
mude seus hábitos, troque de mao, se tinha mania de fumar antes de entrar em casa, trabalho, não faça mais. Isso vai ajudar muito, se precisar compre uma caixa de adesivo e só use uma semana para dar aquela forca.
Tem que ter força de vontade para poder ganhar a batalha. Aí um estou 3 meses e nunca mais vokto, agora sou pai e tenho que fazer minha parte.
Postos fé saúde público oferecem tratamento no Rio de Janeiro tenho certeza.
Fumava 1 maço e meio por dia, bebendo 2,3.
Parei, você também vai conseguir!

 

Marcio Rao

26/06/2015

 


 

Hoje 45 dias sem cigarro, mais um dia sem cigarro, depois de 40 anos de vicio, sem remédios, só com a força de vontade, está difícil, a abstinência está muito forte, dores nos ombros, nos braços, no peito, parece que nicotina se acumulou nessa parte e meu corpo e está me judiando, mas não vai me vencer. Estou decidida, eu mando em meu corpo, eu mando em minha vida. Vou conseguir, meu incentivo...minha saúde. No começo é difícil, mas não impossível. Força a todos que estão nessa luta.

 

rosangela

25/06/2015

 


 

Hoje, um mês sem fumar. Não está sendo fácil depois de 40 anos fumando, mas, estou determinada a viver sem cigarro. Estou valorizando as coisas boas: Casa, roupas, cabelo, carro, tudo sem cheiro de cigarro. Não mais ser escravo, pois, de meia em meia hora eu tinha que fumar, deixava de estar com as pessoas... não frequentava lugares onde não era permitido fumar e sempre me sentindo culpada. Como tudo na vida, não é fácil, mas é possível, tanto que há 30 dias não fumo. Não estou valorizando a síndrome de abstinência, um diálogo interno constante, e assim vou me mantendo firme em propósito. Força à todos e não desistam, um dia essa vontade há de passar. Abraço a todos.

 

Mary

22/06/2015

 


 

Fumei durante 20 anos e parei de fumar há 01 ano. Aconteceu dentro do hospital do INCA RJ, ao lado da minha irmã morrendo de câncer em todo o corpo por causa do cigarro. Começou com enfisema. Depois disso, nunca mais! Graças a Deus!

 

Pascoal

21/06/2015

 


 

Olá Pessoal! Estou a 53 dias sem cigarro, fumei por 19 anos 20 cigarros por dia, gostaria de deixar algumas dicas:
1 - Decida parar e não duvide da sua decisão jamais!
2 - Você vai sentir vontade sim mas lembre-se a abstinencia de nicotina não vai te matar, a intensidade vai diminuir gradativamente.
3 - Procure um livro de auto ajuda - Recomendo o método do Allen Carr Easyway, me ajudou muito a entender como funciona esse vício.
4 - A abstinencia de nicotina é muito parecida com o sintoma da fome. lembre-se não é fome, é vontade de fumar, se você comer a vontade do cigarro vai passar, não faça isso senão vai engordar, aguente firme!
5 - Pratique exercírios e mude hábitos que tinha antes.
Boa sorte a todos!!!

 

Jefferson

17/06/2015

 


 

Olá...parei definitivamente de fumar há 16 dias. Pode parecer pouco, mas a certeza é tanta que não pretendo colocar mais cigarro na boca. Fumei por 30 anos, já deu. Estou com ajuda médica: adesivo e bup. Estou muito calma e confiante. Não é impossível, basta querer.
Boa sorte a todos!!!

 

Anônimo

16/06/2015

 


 

Olá, amigos
Faz, brevemente, 11 meses sem tabaco.
Já não apetece mais fumar depois de 50 anos fumando.
Não frequento locais de fumadores.
Os efeitos secundários estão quase ultrapassados, incluindo a DPOC que passou de 69,2 para 80 %, acabaram os problemas com falta de ar.
Os benefícios são muitos: Mais fácil respirar, apetite melhorado mas controlando o peso. Passei de 70 para 72 kg.
Olfacto apurado, dentes e dedos mais brancos, economia muito melhorada.
Efeitos ultrapassados: Abstinência, tosse, rouquidão, fome devoradora, respiração difícil, refluxo, insónias na fase final.
O exercício físico, com controlo médico, tem ajudado imenso na recuperação.
Coragem a todos os fumadores e ex-fumadores. Lembrem-se que a abstinência apenas dura alguns dias.
Depois tudo será mais fácil.
Abraço.

 

Anônimo

14/06/2015

 


 

Estou a oito dias sem colocar o tal de cigarro na boca estou tomando o remédio bup e coloco o adesivo também e realmente nao esta me fazendo falta o cigarro estou fazendo caminhada e uma corridinha coisa que não fazia qdo fumava. É BOM PARAR DE FUMAR coloquem isto na cabeça e um pouco de força de vontade

 

ROgerio lemos

08/06/2015

 


 

5 meses e meio longe do cigarro ...ainda sinto falta de ar, tonturas. Mas não tenho vontade de fumar mais... Jesus me libertou e vai te libertar também, coragem e fé em Deus.

 

jose carlos FS

07/06/2015

 


 

Parei fazem 45 dias, me orgulho disso, mas sinto que toda vez que vou ao computador, lugar onde fumava muito, ainda sinto vontade, mas creio que desta vez nunca mais volto com a graça de Deus. Olho pessoas fumando na rua e sinto pena.

 

Fabio Petta

31/05/2015

 


 

Tenho 26 anos, fumava há 12 anos e há 15 dias tomo Bup para me auxiliar na cura do tabagismo por recomendações médicas. Inicialmente eu deveria fazer o uso do medicamento associado aos adesivos de nicotina e ao cigarro eletrônico.
No primeiro dia, tive uma reação alérgica ao adesivo e desisti de prosseguir o tratamento com ele. Fiquei 10 dias tomando Bup e fumando o cigarro comum. Na segunda semana passei a sentir um gosto ruim ao fumar e parar na metade do cigarro.
No nono dia fiquei 8h sem fumar - fumava de 25-35 cigarros - até que tive uma recaída. Não décimo dia fumei apenas um, lutando contra a minha vontade de fumar. No segundo, eu simplesmente PERDI a vontade. Pelo hábito, penso em fumar em determinadas situações, mas segundos depois sinto nojo. Estou no quinto dia sem cigarro.

 

Nathália

28/05/2015

 


 

Comecei a fumar aos 15 anos e fumei até completar 38. Fiquei sem fumar durante 12 anos, e há um ano e meio voltei a fumar. Achei que fumaria só quando quisesse. Ilusão. Voltei fumando mais ou menos 30 cigarros por dia. Não aguentava mais, hoje tenho 51 anos e estou sem fumar há 15 dias. Estou frequentando um grupo de apoio na UPA da Gávea. Estou tomando BUP e usando adesivo de nicotina, agora estou consciente que não posso dar a primeira tragada, sou dependente físico.

 

Sonia

28/05/2015

 


 

Eu deixei de fumar e quero saber como fazer para deixar meu corpo mas saudável como sempre foi antes de começar a fumar? O que tenho que comer para poder limpar os pulmões,etc?

 

Anônimo

26/04/2015

 


 

Estou há dez dias sem fumar e cheguei a seguinte conclusão: a vontade que sinto de fumar é a mesma que sentia quando estava fumando. A cada 40 minutos eu tinha que fumar e assim sucessivamente. Agora, a vontade é controlada com minha força de vontade e com o tempo, vai amenizar e creio até desaparecer. Se eu saciar com o cigarro, a dependência será eterna.

 

Mary

24/05/2015

 


 

Parei de fumar por 4 meses, com ajuda de adesivos. Tive um problema familiar e voltei a fumar. Resultado: estava com dois problemas, o familiar e o fumo. Fumei por mais 4 meses e procurei ajuda com pneumologista. O mesmo me receitou BUP e os adesivos. Comecei a tomar o Bup uns 15 dias antes de colocar o adesivo (Niquitin). Está dando certo, estou menos ansiosa, sofrendo menos para me manter firme. Hoje, 12 dias sem fumar e com muita fé que não voltarei a colocar essa droga na boca. Fumei por 40 anos , estou com 58 anos. Vamos com fé, e com a certeza de que é possível sim, se livrar dessa praga.

 

Mary

23/05/2015

 


 

Fazem 05 dias que parei, mas a vontade é enorme. O que faço? Quando vai começar a parar esta vontade?

 

Anônimo

18/05/2015

 


 

A 3 março 2015 tive uma crise pancreatite crônica (alcoólica) aguda (abstêmio há 4 anos até a data) com febre alta e muitas dores a qual me fez estar uns dias sem comer beber e fumar. Passados 8 dias e ligeiras melhoras, a primeira coisa que fiz: acendi um cigarro quando dei por mim já estava a fumar 20 cigarros por dia e ainda bastante doente andava médico em médico mais analises exames pois tinha perdido 9k . Meu médico gastro no dia 15/04/2015 usou umas palavras que foram cruciais: disseme de caras que eu nunca iria deixar de fumar. No dia 16/04/2015, assim fiz comprei uns penssos (14) deixei de fumar hoje faz um mes que não fumo.

 

fumafor 60 cigarros

15/05/2015

 


 

Inacreditavelmente estou no meu terceiro dia sem fumar. Para mim que contava os minutos e os segundos quando parava e não conseguia ir mais longe do que o tempo de uma hora. O milagre de eu ficar já há três dias devo aos adesivos; agora os minutos e as horas passam que eu nem sinto. É um milagre.

 

Anônimo

09/05/2015

 


 

Comecei a fumar com 15 / 16 anos. Achava bacana e de alguma forma, o cigarro me dava a impressão de ser mais aceito no grupo. Fumei até os 24 anos e aí decidi parar. Parei numa Terça-Feira de Carnaval, o cigarro acabou e pensei "Não vou comprar, não vou fumar mais". E assim foi.
Depois de muitos anos, comecei a fumar um cigarrinho ou outro, serrando de amigos fumantes. Fumava um hoje, outro daqui a um ano... quando percebi já estava serrando dos amigos uma vez por semana... depois todo dia... até que voltei a fumar, 16 anos depois de ter parado.
E desde de que voltei, tenho pensado em parar, e desta vez estava muito mais dificil. Tentei várias vezes.
Hoje, estou há 5 dias sem fumar, sem remédios nem nada, apenas na força de vontade. Vou conseguir.

 

Marcio

08/05/2015

 


 

Parei de fumar há 5 meses e 20 dias ainda tenho crises de abstinência sinto coração acelerado, aperto no peito, cabeca tonta e calafrios. Isso e normal?

 

Anônimo

07/05/2015

 


 

Tenho 19 anos, fumo desde os 17(pouco tempo) e já quero parar. Tentei algumas vezes mais parecera que as coisas ficavam sem graça, no meu trabalho, no meu dia a dia, tipo faltava um hobby pra mim. Mas sei que isso é tudo ilusão que criamos na nossa mente.
Hoje faz 17 dias que não fumo, ainda sinto vontade mais só a noite quando chego do serviço e sento pra relaxar (coisa que antes com o cigarro na boca), acho que essa vontade só vem por que me lembra o costume de fumar sempre nos tempos vagos!
Ainda sinto vontade, mais tenho muita fé que vou conseguir parar e não vou levar isso comigo na minha vida.
Agradeço muito as opiniões que virem! E peço a Deus para que possa continuar ajudar eu e a vocês todos que estão conseguindo. Fé!.. Beijos.

 

Diego

07/05/2015

 


 

Por causa de uma crise de asma e uma pontada de pneumonia, parei de fumar. Fazem 12 dias e as crises de abstinência estão diminuindo. Tenho usado adesivo de nicotina que ajuda bastante a suprir a falta no organismo. O cheiro do cigarro já me enjoa. Tenho tomado um copo de água com 4 gotas de agua de melissa para amenizar a irritação. É a 5 vez que para só que essa é definitiva, pois pela primeira vez vi que sou uma viciada, uma drogada e como todo ex dependente não poderei nunca mais colocar o cigarro na minha boca. Um dia de cada vez e a vida vai ficando cada vez melhor.

 

Fernanda

07/05/2015

 


 

Tenho 55 anos e fumei por quase 40 anos. Até que no dia 04.08.2012, fui a uma festa onde, bebi e fumei muito! Dia seguinte, eu era a pura ressaca! Então, assistindo a uma missa pela televisão, pedi muito a Jesus que me ajudasse a parar com aqueles vícios, que me ajudasse a sentir nojo do cigarro e da cerveja, porque sozinha, eu não estava conseguindo! E foi o que aconteceu! Desde então, NUNCA MAIS fumei ou bebi! Digo que a Fé é tudo na vida da gente e, independentemente da religião, temos que acreditar que o impossível acontece, basta CRER e se jogar nos braços do Pai! Todos os anos, comemoro o meu nascimento e o meu renascimento! Sou uma nova mulher, mais feliz e cheirosa!!!

 

Sonia Regina da Silva (Soninha)

06/05/2015

 


 

Galera, é muito simples: Primeiramente, DEUS. Depois: Força de vontade.
Sei que é cedo pra falar, ainda estou no 9o dia mas eu fumava muito, muito, muito mesmo. TUDO que fazia era com o cigarro ao lado. E assim foram durante 13 anos.
Não se trata do tempo que passei fumando mas da relação que eu tinha com o cigarro, que era MUITO GRANDE.
É impressionante, quando coloquei na cabeça que não queria mais, não sinto mais aquela dependência psicológica. Vai uma dica: Não pensem no amanhã, como vai ser quando eu beber, quando eu isso ou aquilo... Viva um dia de cada vez e TENHA FÉ. Em Deus e em VOCÊ mesmo, o resto vem. Não se atenham a relatos de quem passou tanto tempo e voltou, não tenham medo. VOCÊ vai conseguir e não vai voltar. Você pode, você consegue. Torcendo por vocês.

 

Karol

04/05/2015

 


 

Caramba, nunca pensei que fosse sofrer tanto para largar esse vício! Comecei com 15 anos e hoje tenho 30. O cigarro é meu companheiro há muito tempo. Estou há 2 dias sem fumar e, mesmo usando bupropiona+adesivo, sinto as crises de abstinência. Um vazio enorme no peito! Mas o meu recado pra quem está tentando é perseverar e continuar motivado. Eu me motivo praticando corrida... Força e fé!

 

Filipe

29/04/2015

 


 

Ola
Comecei a fumar com 18 anos e fumava há 21 anos. Hoje estou com 39 anos e parei há 48 horas de fumar. A noite passada tive um sono tranquilo. Graças a Deus, parei porque passei muito mal durante o banho, e fiz um propósito com Deus: pedi que cuidasse da minha vida naquele momento e aquela seria minha decisao crucial de largar cigarro e bebida, porque sabemos que um puxa o outro. Enfim estou há dois dias sem fumar pela graça de Deus. Deus é fiel meu irmao, vcs vao conseguir...

 

Marcelo Almeida

28/04/2015

 


 

Oi, tive todos os motivos do mundo para ter uma recaída, rompi relacionamento de 9 anos de casado, perdi parentes próximos e estou aqui, firme e forte, levo uma vida bem isolada, achei que não resistira muito tempo, pois fumava a mais de 15 anos, agora não sinto mais falta, pra falar a verdade nem penso mais nisso, resolvi deixar esta mensagem pois acredito que pode dar forças para alguem.
Não desista, econtre seu tempo, tudo a seu tempo, só nao demore demais, vida é uma só, aproveite da melhor forma possível.. eu estou tentando :) não conte dias ou meses, direcione seus pensamentos a vida, alegria, acorde e busque um motivo para viver melhor, ame seu corpo seus amigos seus pais, aproveite o momento que lhe é dado, que por si.. já é bem curto.. abraço!

 

Anônimo

22/04/2015

 


 

Fumei por mais de 45 anos e atualmente tenho 62 anos. Em 12/04/2015 fez 2 anos que não fumo e fazendo as contas me deu uma satisfação muito grande em saber que evitei colocar para dentro do meu pulmão nesses tempo aproximadamente 15.000 cigarros (1 maço por dia X 730 dias). O meu organismo esta eliminando cada vez mais as toxinas, tanto que hoje eu consegui correr 5 Km com facilidade e meu objetivo é chegar aos 10 km para participar de corridas.
Meu pai, que faleceu há 04 anos, sempre me falou que era facil parar, era só decidir que conseguiria (ele foi fumante também e assim como eu parou sem precisar de auxilio algum - exceto de Deus)e descobri que ele estava certo.Hoje tenho pena das pessoas que vejo com cigarro nas mãos, pois talvez ignorem a força que eles tem para vencer este vicio.

 

Carlos Jacintho da Costa

20/04/2015

 


 

Tem 1 mês que não fumo, já tentei varias vezes anteriormente mas nunca conseguia, meu record era 5 dias e no 6 sempre voltava a fumar. O meu erro era que tinha decidido parar de fumar mais não de beber nosbfim de semana. A bebida alcoólica atraí o cigarro, agora resolvi corta ela e estou conseguindo ate esse exato momento, não é fácil,mas nada é impossível!

 

Binho

16/04/2015

 


 

Oi amigos, quero falar dos efeitos após deixar o tabaco:
Tosse com expectoração, aumento de apetite, insónias, falta de ar, aumento de peso, rouquidão.
Estes são os efeitos que sinto após deixar o tabaco há cerca de 9 meses.
Como actuar:
A tosse durou cerca de 30 dias entre o 5º e 6º meses, já passou. O apetite está dominado, muitos legumes e fruta, água abundante. Insónias ainda continuam, às vezes menos agressivas. Falta de ar poderá ser ultrapassado com ginástica (consultar o médico).
Aumento de peso ocorre sempre, 3 kg será o mínimo.
Rouquidão, estou a lutar com essa situação, evito forçar a voz. Mas os benefícios são tantos que todos os contras ficam compensados.
Abraço e coragem.

 

Anônimo

09/04/2015

 


 

Hj fazem 102 dias que parei de fumar. Confesso que parei obrigado pois o fumo estava me fazendo muito mal. Fiz alguns exames e constatou um problema no pulmão que é irreversível. Parei de fumar imediatamente após saber da dpoc no pulmao. Eu sempre quis parar de fumar mas nunca tive forças: pedia ajuda a Deus mas não tinha atitude não fazia minha parte. Foi quando eu fumava sentia falta de ar e pensei: agora ou eu paro de fumar, ou morro de falta falta de ar. Meu pulmão foi muito prejudicado, afinal 35 anos de fumaça toxica não é brincadeira. Coloquei nas mãos de Deus porque só ele pode me curar nesse momento. Eu não tenho disposiçao para nada. Minha saúde foi toda prejudicada pelo cigarro mas eu acredito que Deus vai me dar uma chance pois eu era um idiota... Saúde é tudo
abs a todos

 

jose carlos FS

05/04/2015

 


 

Vai fazer um ano, no dia 21 de Abril, que deixei de fumar.
Estou a conseguir e se eu consigo qualquer pessoa consegue.
Eu adoro fumar! Falo no presente porque ainda agora quando por vezes alguém fuma ao pé de mim eu adoro! Tenho muito medo de voltar a cair no vício mas por outro lado sei que desta é que é! Para mim acabou!
Por mais stressada que esteja ou quando a vida não corre tão bem e me apetece mesmo pegar num cigarro (que até sonho com isso!), eu paro e penso na minha lista.
A lista do bom que tem deixar de fumar.
O cheiro bom da minha roupa, da minha casa, da minha boca. Respiro melhor, não fico tão ofegante quando corro. O dinheiro que já poupei. As minhas filhas não crescerem ao lado deste vício tão feio e mau.
Isto ajuda muito mesmo!

 

Ana Sofia Silva

31/03/2015

 


 

Fumei por 20 anos. Desde 2007 venho sentindo muita tosse e o catarro com pedaços escuros. Arranjei todas as desculpas possíveis pra não acreditar que era o cigarro o causador do problema todo. Até que um dia acordei realmente me afogando com meu próprio catarro. Descobri que o SUS FORNECE TRATAMENTO GRATUITO PARA LARGAR DE FUMAR. Já na primeira consulta fui em abstinência de 2 dias, sem dormir direito, com o intestino preso, muita dor de cabeça e com muita melancolia. Mas estava decidida, senti que ia morrer se não parasse. Uso fluoxetina e adesivo de nicotina. Vendo minha melhora com apenas um mês, acredito que nunca mais vou usar esse VENENO. HOJE EU RESPIRO AR PURO COM PRAZER, RESPIRAR FUMAÇA É COISA DO PASSADO. O catarro está diminuindo e minha pele é outra. a VONTADE PASSOU. FELIZ!

 

Anônimo

28/03/2015

 


 

Estou sem fumar há 2 semanas apenas e o sofrimento é todo dia. Por quase uma década fumei religiosamente 1 carteira de cigarros por dia, às vezes mais. Estou muito feliz porque pra mim é uma conquista mas ao mesmo tempo estou apavorado com tanta coisa ruim que estou sentindo: tonturas, péssimo humor, raiva de tudo, sono demais, fome demais, fico aéreo como se não estivesse em mim. É tudo muito estranho, eu não quero trocar essa droga por outra, tipo antidepressivos, só quero ser como antes, não precisava disso pra ser feliz. Vou seguir em frente e não fumarei mais, só espero me livrar de tudo isso, estou muito assustado.

 

Eduardo

27/03/2015

 


 

Tenho lido todas as histórias então resolvi vir aqui contar a minha, até porque creio que será de grande utilidade para muitos que estão no processo de parar de fumar.
Tenho 40 anos e fumava desde os 18 anos. Cheguei a parar um ano e meio com a força de vontade, mas voltei. Mais uma tentativa e durou somente 3 meses.
Esse ano decidi pegar pesado contra o cigarro, procurei um médico e estou tomando bupropiona para sintomas físicos, mas o principal está no psicológico, então junto com o remédio comecei a ler o Livro Método Fácil de Parar de Fumar, d Allen Carr, que de uma forma impressionante muda a visão do processo de abstinência.
Estou há 5 dias sem fumar, ainda tomando o medicamento (1 ao dia), sem sofrimento, ao contrário, me sinto muito bem e tranquila e sei que nunca mais vou fumar. Fica a dica!

 

Letícia Oliveira

24/03/2015

 


 

Boa tarde!!! Tenho 48 anos sou fumante há muitos anos. Sempre tive vontade de parar de fumar, mas nunca tive coragem. Só que há pouco tempo tive um problema na perna que o médico disse que era trombose. Tive que parar de fumar, de verdade. Hoje já faz uma semana que não coloco um cigarro na boca. Tenho muita fome e muita abstinência também, mas Deus vai me ajudar e eu nunca mais vou fumar. Não posso ser dependente. Boa sorte para todos que estão nesta batalha.

 

Elisabete

23/03/2015

 


 

Eu parei de fumar há oito meses e ao contrário de muita gente fiz o contrario. Eu gosto muito de tomar minha cervejinha com as amigas o médico havia me dito que se eu não parasse de fumar ele me dava um ano de vida. Minha gente eu tenho 38 anos e fumava 2 carteiras de cigarros por dia. Acreditem depois de uma forte crise respiratória que durou uns vinte dias disse ao meu marido: "Em nome de Jesus não fumo mais."
Disse a ele, "Amanhã nós vamos para a beira do rio pescar, passar o final de semana e a primeira coisa que vou fazer é tomar uma skol bem gelada."
E assim parei de fumar hoje depois de oito meses sem fumar estou grávida de gêmeos.

 

Mari

17/03/2015

 


 

Tenho 54 anos e fumo desde os 16, mais de um maço por dia. Nunca consegui ficar mais do que 2 ou 3 horas sem fumar. Viagens internacionais eram uma tortura, obrigada a recorrer a chicletes de nicotina para poder suportar voos longos. Fumar tornou-se algo chato, não se pode mais tragar em bar, em restaurante, em festas, nada! Portanto, o que era prazer (um dos maiores!) tornou-se puro vício. Sexta passada, decidi parar (na base de chicletes, claro!). Não resisti e fumei 2. O mesmo ocorreu sábado e domingo. Comecei a desanimar, mas lembrei que havia deixado de fumar mais de 100 cigarros no período! Ontem, finalmente, consegui não fumar nenhum. Idem hoje. Sinto que vou conseguir, mesmo porque é tanta fissura que só posso persistir, voltar a fumar seria sofrimento à tôa, né? rs

 

Anônimo

11/03/2015

 


 

Fumei durante 20 anos. Hoje depois de 6 meses que parei de fumar me sinto muito bem. Os primeiros tres meses foram difíceis, crise de abstinência, tremedeira, falta de sono, irritação, tonturas, todos esses sintomas fazem com que o ex fumante cogite voltar a fumar porque não vê diferença nenhuma nesse primeiro momento depois de parar, ao contrario, só sente piora, mas isso é a dependencia falando mais alto.
Fiquem firmes pois vai passar, para uns mais cedo, para outros demora mais, mas a recompensa vai vir e voce vai deixar de pensar em cigarro e vai se sentir realmente bem. Procure ajuda se não conseguir sozinho, mas NÃO VOLTE A FUMAR.

 

Anônimo

17/03/2015

 


 

Venho cá outra vez, para dar coragem aos fumantes e não-fumantes.
Parei há quase 8 meses.fumei desde os 16 anos até aos 65.
A luta ainda está presente, mas o cigarro já não apetece.
Gosto de sentir os efeitos benéficos da ausência do cigarro:
Respiração fácil, olfacto melhorado, paladar apurado, pele e dedos limpos, corpo bem cheiroso.Recuperei o peso que tinha quando fumava. Massa corporal cerca de 24,00
O coração agradece, posso fazer ginástica a bom ritmo, passear livremente (subindo ou descendo), sem sentir cansaço.
Usei os seguintes ingredientes:
Água abundante, respirar fundo várias vezes e caminhada, depois ginástica. Isto sempre que a vontade da nicotina aperta.
O difícil e mais duro é do 1º ao 3º dia, depois começa a suavizar.
Força interior e coragem (EU QUERO...)
Abraço a todos.

 

Anônimo

17/03/2015

 


 

Eu fumava desde abril de 2011, nunca fui de fumar muito, nos primeiros 2 anos eu fumava 3, 4 cigarros por dia. Tinha dia que eu não fumava, final de semana eu não fumava porque meus pais não sabiam eu fumava. Só no trabalho. Depois destes 2 anos começei a fumar mas uma carteira durava 2 dias. Já parei de fumar 3 vezes, cada vez fiquei 2 meses. Agora decidi parar de vez: 17 dias sem o cigarro não chego nem perto. Agora tenho medo nojo e sinto pena de quem fuma. Eu tive quase todos sintomas possiveis: senti dor no corpo, falta de ar, taquicardia, falta de apetite. Quando fez 3 dias sem fumar toda noite eu sentia falta de ar. Pensei que ia morrer. Fui ao médico e sentia o corpo pegando fogo, mas era ansiedade. Gente compensa parar de fumar. A gente sofre só no começo e não se compara ao sofrimento que terá depois. Abraço e Firmeza

 

sandro

12/03/2015

 


 

Há quase 6 meses atrás parei de fumar, e pesquisando site de ex fumantes acabei parando aqui, comecei a ler alguns depoimentos e acabei lendo o meu, meu depoimento depois de 24 hrs de ter parado. Fiquei emocionado de estar conseguindo ganhar desse vicio!! Hoje praticamente não sinto vontade alguma de fumar. Lógico que quando bebo ou quando alguém fuma perto tenho vontade, mas nada que não suporte e tire de letra!!! Hoje está bem mais fácil e pode estar certo que você vai conseguir também: foco e força... pode acreditar, como é gratificante!!!

 

Adriano Roberto Zechi

12/03/2015

 


 

Fumei durante 25 anos hoje com 41 anos, fazem 4 dias que estou sem fumar estou sentindo as melhoras ou seja os benefícios de parar, também sinto a abstinência como boca seca, tontura e fissura mais passa após tomar água e respirar profundamente, estou usando adesivos transdérmicos que graças a Deus está funcionando, e vou vivendo um dia de cada vez, força para os que querem parar de fumar , acreditem em vocês mesmo, não faça isso por ninguém e sim para si próprio.
Abraço e Firmeza

 

sandro

11/03/2015

 


 

Parei de fumar dia 31 de novembro de 2014. Estou há 93 dias sem fumar cigarros. Fumei nas férias ou quando vou dar uma relaxada charutos dentro deste período acredito ter fumado uns 8 charutos, mas cigarros não quero mais ver pela frente. A respiração está ótima e a nóia de infartar a cada vez que acendia um cigarro se foi. Acho que temos que entender que prazer não tem nada a ver com vício e ou dependência de algo. É para momentos especiais não para todo o dia, horas, minutos ou a todos os instantes... Força pessoal, joguem esta merda no lixo, dependência nunca mais.

 

HELIO

03/03/2015

 


 

Fumava há 26 anos, decidi parar procurei ajuda médica, hoje faz 45 dias. Usei adesivos as 2 primeiras semanas e depois s&ocaute; com o Bup. Ele me dá insônia então a noite tomo 1mg de rivotril. Estou bem, a vontade ainda aparece, mas a minha vontade de ser livre é maior. Força foco e fé a todos, estamos juntos e para vencer.

 

Rosangela

03/03/2015

 


 

Comecei a fumar em 1972, já fazem 43 anos jogando fumaça para o pulmão. No dia 10 de fevereiro de 2015 parei de fumar, estou tão animado que me arrependo de não ter parado antes. Vou contar algumas coisas que presenciei, que me deu medo de continuar fumando.
1-Um amigo meu fumava muito e teve câncer de pulmão, a dor era tanta que ele rolava no chão pedindo alguma coisa que tirasse sua vida porque não aguentava de dor.
2-Outro amigo meu teve que fazer um furo no pescoço para poder respirar,
3-Outro teve que fazer cateterismo para desentupir, pois a morte estava próxima.
4-Eu não aguentava mais subir uma rua, e ao falar a minha respiração estava ofegante.
5-Hoje não fumo e nem bebo, posso morrer de qualquer coisa, menos de cirrose e câncer do pulmão. Eu venci, vença você também.

 

Anônimo

22/02/2015

 


 

parei de fumar a 58 dias nao usei nenhum tipo de medicamentos. O cigarro estava me fazendo muito mal, fui obrigado a parar passei com a pneumologista ela me pediu varios exames e constatou que havia instalado uma doença que se chama dpoc. Eu fiquei muito triste por saber que eu paguei para ficar doente. Tenho 55 anos e passei quase minha vida toda fumando, quero dizer, me envenenando porque ele mata lentamente... Enfim eu estou passando pela crise de abstinência estou sentindo um monte de sintomas mas firme no propósito de largar definitamente desse terrível vicio ..que Deus estenda suas mãos e nos dê forças nessa batalha. Coragem não desistam vocês só tem a ganhar.

 

jose carlos F.S

21/02/2015

 


 

Tenho 34 anos e fumava desde os 17. Acordava e já acendia 1 cigaro. No fim do dia eram 2 maços. 1 dia acordei, peguei o cigarro e não acendi. Fui adiando o 1º até que já estava de noite. Percebi que em todos estes anos nunca havia ficado um 1 dia sem fumar. Então tentei dormir e lá pelas 3h da manhã consegui. No dia seguinte acordei com tanta vontade de fumar, que parecia aqueles viciados de filme. Pequei o maço e, trêmulo joguei fora, mesmo com toda vontade de fumar. Resisti e quando percebi, já fazia 1 semana sem fumar. Percebi que a vontade diminuía a cada dia e resisti a recaídas para não sentir novamente o que senti nos primeiros dias (2 semanas). Hoje penso por que não parei antes! Tanto dinheiro e saúde jogado fora. Difícil é o começo. Já são 12 meses!

 

Agnaldo

20/02/2015

 


 

Parei de fumar há 57 dias devo dizer que não está sendo fácil. Estou passando por uma terrível abstinência, vários sintomas como falta de ar, tonturas, boca enchendo d'agua, sensaçâo de desmaio. Mas eu creio que Deus vai me dar a vitória. Sem Deus eu jamais conseguiria pois não estou usando remédio nenhum. Deus me disse eu vou te ajudar faça sua parte... Nosso corpo eh o templo do Espírito Santo. Por isso temos que cuidar dele... Chega de ser escravo desse vício que só acaba com nossas vidas
Um abraço a todos. Nâo se esqueça Deus na frente e no controle e perseverança.

 

jose carlos F.S

20/02/2015

 


 

Fumei durante 26 anos e no dia 02/01/2015 acordei e decidi que não fumaria mais, sai sem levar o maço de cigarro comigo, passei muita vontade mas consegui passar o dia. No dia 03/01/2015 fui a um churrasco, comida, bebida e muita vontade de fumar, só que nao levei novamente o maço de cigarro, aguentei firme, mesmo tendo uma pessoa fumando ao meu lado.
Hoje, 48 dias depois, estou sem fumar e ainda sinto vontade, porém, quando isso acontece repito que não vou fumar, não vou voltar a fumar!!! Sigo minha vida normalmente, tomo café, tomo cerveja e às vezes pessoas fumam ao meu lado, vou conseguir vencer esse vício que me perseguiu durante tanto tempo, sou mais forte do que ele, tenho Deus e ele não.

 

Anônimo

11/02/2015

 


 

Há mais de 35 anos que fumava, e sempre pedia a deus que me libertasse desse vício maldito. Então no dia 24 de dezembro de 2014, assistindo o Padre reginaldo Manzott ele perguntou quem queria um presente de Natal, então ali eu pedi, e a partir do dia 25 de dezembro de 2014, para honra e gloria do Senhor Jesus eu não fumei mais. Estou bem não me lembro mais de cigarro.

 

Barrane

11/02/2015

 


 

Fumei, desde os treze anos. Hoje estou com 54 anos e há dois anos e quatro meses sem fumar. Foi difícil? Claro, mas o que o homem quer que ele não consegue? Fica um incentivo para quem pensa em parar. Não é impossível, é s&ocaute; querer...

 

Sebastião

07/02/2015

 


 

Tenho 25 anos fumava desde os 12 anos de idade custei tomar a atitude, eu estava criando coragem a sempre pedia a Deus para me ajudar a ter força por que vontade eu tinha s&ocaute; me faltava força e coragem. Dia 2 de novembro de 2013 parei de fumar e nunca mais voltei
Gente, no começo para mim foi muito difícil. Eu fumava trinta cigarros por dia mas graças a Deus nunca mais Gente! Não é facìl mas também não é impossível. É ter fé, pedir a Deus coragem e força de vontade.
Eu sempre pensei: Meu Deus, não nasci fumando! Mas não vou morrer fumando.
Força Gente nada é impossível vocês também vão conseguir estou torcendo por vocês.

 

Ingrid Rodrigues

04/02/2015

 


 

Olá pessoal... estou enfrentando meu pior pesadelo que são os sintomas da abstinência. Hoje faz três dias que não fumo e tenho crises de ansiedade... boca seca... tonturas... enfim... sei que eh um processo pelo qual tenho que passar para limpar todo o tóxico que inalava para dentro do meu corpo. Eu vou conseguir... não perderei essas batalhas e conquistarei a vitória dessa guerra por que estou colocado Deus a frente do meu caminho e minha família também.
Desejo sucesso aqueles que estão iniciando sua jornada contra o cigarro e dou meus Parabéns para aqueles que venceram suas guerras contra o tabagismo.

 

Lih

03/02/2015

 


 

Fumei 21 anos da minha vida, parei quando fui fazer um tratamento ortodôntico e sai com meus dentes BRANCOS, LIMPOS , após 6 dias meus dentes ja estavam escurecendo, pensei imagino meu pulmão, parei, simples assim, quando a gente quer conseguimos, tudo é pisicológico, quem comanda nosso corpo é nossa mente. Coloque em sua cabeça, PAREI, PAREI E PAREI. BOA SORTE A TODOS!!!!

 

Tony Almeida

01/02/2015

 


 

Bom dia: tenho 58 anos deixei de fumar dia 31 dez 2014 faz hoje 30 dias. Fumava a mais de 40 anos cerca de 30 cigarros por dia, parei sem ajuda médica ou qualquer medicamento. Não foi por motivos de saúde mas apenas porque sei que faz mal. Não esta a ser fácil mas a que ter coragem.

 

Anônimo

31/01/2015

 


 

Parei de fumar no dia 14/01/2015. Estou a 6 dias sem fumar e não pretendo voltar. Decidi que não é o cigarro que controla a minha vida.

 

cesar

19/01/2015

 


 

Deixei de fumar há 6 meses, ap&ocaute;s aparecer um problema de cardiologia.
Deixei de fumar imediatamente, até porque no hospital não é possível fumar e tb não levei cigarros.
Fumei desde o 16 anos até aos 65 e de uma s&ocaute; vez larguei o fumo.
Os primeiros dias foram difíceis, mas com a força interior e começando a sentir os efeitos benéficos:respiração melhorada, olfacto mais apurado, dedos limpos, cheiro corporal mais agradável, aumento de apetite...
Coloquei bem forte na cabeça «CIGARRO NUNCA MAIS».
Iniciei uma dieta, cozidos e grelhados, muitos vegetais, aumentei 3 kg.
Aumentei o exercício físico de acordo com o médico. Atenção à avaliação médica que é absolutamente necessária.
Depois há economias, tenho-as utilizado para melhorar o meu ginásio, que está a ficar completo.
Ainda lembra o cigarro.

 

Anônimo

19/01/2015

 


 

Fumei por 40 anos, estou com 57 hoje. Fiquei sem fumar por 4 meses e com os desafios da vida , voltei a fumar.Fumei por 19 dias ( 2 maços por dia).Estou tentando novamente, já estou sem cigarros há 24 horas. Estou sofrendo, mas com a experiência que tive , de já ter conseguido ficar por 4 meses, sei que é possível viver sem cigarros. Vamos em frente, que Deus nos dá força de vontade e determinação para nos livrarmos deste vício maldito. Abraço a todos!

 

Mary

18/01/2015

 


 

Fumo desde os 17 anos... e vou completar 27 esse ano. Ou seja, praticamente 10 anos fumando, toda minha juventude com um cigarro na mão. Decidi parar no último domingo dia 11/01/2015. Estou ha 5 dias sem fumar. Sinto meu corpo 'respirando', o paladar mais sensível, porém tenho fortes palpitações no peito e o intestino preso. Acredito que isso seja parte da crise de abstinência. Mas estou com fé que vou conseguir!

 

CleitonR

16/01/2015

 


 

Fumei desde os meus 16 anos, tenho 33 anos, sempre disse que não queria para porque realmente eu gostava muito. Simplesmente agora no domingo eu tinha só dois cigarros, eu fumei um e meu marido o outro.... Nunca mais compramos, estou muito feliz, super tranquila, tinha ansiedade antes, hoje não tenho. Continuo fazendo exercícios, me sinto cheirosa e agora a meta é ter meus filhos! Simplesmente muito feliz !

 

Anônimo

15/01/2015

 


 

Tenho 26 anos, fumo desde 15.
Completei hoje 13/01/15 uma semana sem fumar e beber (tambem sou alcoolatra).
Sinto meu corpo leve e nem me lembrava de que eu tinha tanto vigor físico e tanta disposição.
Claro que ainda está dificil, às vezes sinto dores nos pulmões e a cabeça doi.
Tentei vários metodos como nicorete, niquitin, bulpropiona, anti depressivos, adesivos e nada funcionou porque eu não tinha a força de vontade. Dessa vez parei sem usar nada.
Quando a vontade vem forte, eu procuro mexer com a Terra, mexo com meu jardim planto, capino. Descobrir que você pode usar a energia da terra para fortalecer seu corpo e sua mente.

 

Clévis Guilherme Lopes Mendes

13/01/2015

 


 

Olha tenho 29 anos fumo desde os 15 e algum tempo já pensava em parar de fumar mais so agora decidi. Primeiro decidi aí fui na farmácia e comprei uma pastilha que está me ajudando bastante. Ainda é cedo mas estou muito feliz. Fumava em média 60 cigarros por dias e já estou há 4 dias sem colocar nenhum cigarro na boca. Como disse, ainda é cedo mas estou confiante que vou conseguir

 

Elisangela de Campos Olveira

09/01/2015

 


 

Tenho 31 anos e fumos desde os 15. Uma carteira por dia na semana, duas no final de semana. Não sou apenas um fumante, sou um compulsivo apaixonado. Tenho até música enaltecendo o cigarro.

De um tempo pra cá comecei a sentir o resultado dos excessos, inclusive do abuso do alcool. No futebol semanal, sou uma mera lembrança do que fui há dez anos e isso me foi corroendo até que decidi dar um basta.

Hoje fazem 4 dias que não fumo nem bebo nada. Natação das 6 as 7 da manhã e corrida a noite todos os dias. Muita água. Contei aos meus familiares e amigos e pedi que me fossem como uma espécie de força de vigília. Todos estão felizes com a decisão e o parcial sucesso.

Senhores, não é fácil. Penso nisso a toda hora e estou tendo todas as crises possíveis.... Mas vencerei.

Sorte a todos.

 

Rafael

07/01/2015

 


 

Uhull... Parece uma palhaçada pra quem não fuma e pra quem é de fora, mas fazem 42:00 horas que estou sem nenhum Pito, sem tomar remédio nem nada.
Simplesmente botei na cabeça que no começo desse ano iria parar, estou indignado comigo mesmo, por ficar fedendo, por gastar dinheiro, por ter dificuldade em ficar por longos periodos em lugares fechados. Tomara que consigo aguentar, é difícil, às vezes bate aquela vontade louca, mas estou tentando.. Se conseguir ficar mais 24 horas, faço depoimento de novo, e assim por diante..

 

Rafael

06/01/2015

 


 

Olá amigos (as). Tenho 29 anos, fumava 1 maço por dia desde os meus 20 anos. Hoje completo 22 dias sem cigarro. Diferente de alguns, o motivo que me fez largar foi o nascimento de minha filha. Meu sonho era participar das trocas de fraldas, dos banhos, dos mimos, mas com o cheiro de cigarro e as mãos contaminadas não daria. Sinto vontade, e o fato de estar escrevendo este depoimento mostra que neste momento estou pensando no cigarro, mas quando lembro dela o amor é muito mais forte do que a vontade de fumar e logo desencano. Não deixei de tomar minha cerveja, de sair para os mesmos lugares com as mesmas pessoas, que inclusive, muitas destas fumam. Coloquei na minha cabeça e pronto! Desejo sorte a todas as pessoas nessa caminhada! Abraços

 

Ricardo Ribeiro

06/01/2015

 


 

Parei hoje. Ta super difícil mas a vontade de parar é mais forte que a de fumar, e sinto vontade de fumar respiro fundo tomo água o meu apetite já aumentou bastante.

 

marta

05/01/2015

 


 

Êxtase, 48 horas sem o cigarro!!! Que sufoco, mas vou vencer a escravidão de 25 anos de cigarro!

 

Thamy

04/01/2015

 

 

Depoimentos 2014 e anteriores - clique aqui

 

Depoimentos de ex-fumantes famosos

 


Flavio Gikovate

Como me separei do cigarro

 

Quando escrevi Cigarro, um Adeus Possível fazia uns três meses que tinha parado de fumar. Estava orgulhoso. Estava deprimido. De vez em quando, me atacava aquela vontade lancinante de acender um cigarro. Não pela dependência física, que em poucos dias se resolveu. A dependência dolorosa do cigarro acontece porque ele toca em fatos de enorme densidade psicológica. Isso explica por que pessoas inteligentes, determinadas, metódicas, disciplinadas, não conseguem deixar de fumar. Por trás dessa incapacidade está um tema profundo: o desamparo da condição humana.

 

O desamparo se manifesta, desde a primeira infância, na boca. Eu, por exemplo, sempre chupei balinha, mesmo quando fumava. Há uma quantidade imensa de pessoas "viciadas" em chiclete. Chiclete só não vira vício de verdade porque não tem substâncias químicas que causem dependência física. Chiclete, bala, aliviam a inquietação oral que nos acompanha a vida inteira. É através da boca que, desde pequenos, procuramos uma sensação de aconchego. Começamos sugando o seio. Em seguida vem o primeiro vício, a chupeta. Sai a teta, entra uma borracha. Sai a borracha, começamos a chupar o dedo ou a roer as unhas.

 

Sou contra o cigarro porque faz mal à saúde. Não tenho nada contra chupeta, chiclete ou bala — maneiras de atenuar o desamparo, sensação de que nenhum ser humano está livre.

 

Compreendendo a profundidade dessa questão, não subestimando o tamanho da dificuldade, montando uma estratégia lenta e progressiva, calma e ponderada é que, um dia, o viciado pode largar o maldito cilindrinho. Quando tentei parar de fumar há uns 10 anos, sofri muito. Ainda não estava maduro. Desta vez, estava mais preparado. Tinha entendido melhor o por quê da intromissão do cigarro na vida da gente, me sentia mais seguro, um pouco tocado com a noção que os americanos introduziram de que o fumante é um cidadão de segunda classe, e incomodadíssimo com a dependência. Achei que teria condições de não substituir o cigarro, sobretudo por comida. Porque na última tentativa engordei barbaramente. Mas desta vez parei, fiz exercícios, não engordei nada.

 

Há uns dias, um amigo esqueceu um maço de Marlboro em casa. Essa era uma das marcas famosas na minha adolescência. Fumar cigarro americano um pouco, ser Humphrey Bogart. Aquele rótulo vermelho bateu em mim, me deu uma nostalgia funda de um certo charme, de me imaginar num bar conversando, fumando, bebendo... Nem sei se tudo isso tem charme, mas foi o que nos ensinaram. É essa atmosfera que conta. Não é o pulmão da gente que anseia pela fumacinha.

 

Cigarro prende porque a gente se sente especial quando fuma — pelo menos no começo — e porque ele vira um companheiro, passa a fazer parte da identidade da gente. Um cigarro na mão ajuda a abordar uma moça numa festa. Para dar um telefonema difícil, certas pessoas acendem um cigarro. É por isso que o caminho para um controle progressivo sobre o vício consiste em quebrar esses hábitos.

 

Anos depois, as pessoas me perguntam como me sinto. Mais ou menos como um gordo que emagreceu. O gordo acha que, quando emagrecer, a vida vai lhe sorrir para sempre, que todos seus problemas estarão resolvidos. Aí, elo descobre que a vida continua tão complicada como antes, só que agora ele é magro.

 

Tenho os mesmos problemas que quando fumava. A vida é difícil, as incertezas são dolorosas, o desamparo é uma realidade inegável. Continuo frustradíssimo por não ser o Humphrey Bogart. Sou, agora, um desamparado consciente de que aquela vontade de fumar nascia da tentativa desesperada de procurar aconchego em alguma coisa. Rodar o dia inteiro em torno de cigarros que aplaquem minha vontade de fumar não me distrai mais. A vontade de fumar criava uma ansiedade que servia para mascarar essa outra ansiedade profunda e autêntica, comum a todo ser humano.

 

A vantagem é que posso peitar as questões intrincadas da condição humana sem confundi-las com vontade de fumar. Estou muito satisfeito com essa vitória difícil contra a dependência. O antigo orgulho de sentir-me "diferente" com um cigarro na mão, que me levou ao vício, transformou-se no orgulho de não fumar. Gosto muito mais de mim assim. "

 

Flavio Gikovate

Psiquiatra e Psicoterapêuta

 


 

"Só eu sei do prazer que sinto quando consigo aumentar as distâncias debaixo d'água, e vejo o quanto fumar é absurdo"

 

Danuza Leão

escritora e colunista da Folha de São Paulo

 


 

"Fumava porque era moda e sinal de virilidade. Depois se transformou em um vício, dependência.

Sou um ex-fumante poderoso, fumava durante as refeições, tomando banho, em jejum, na cama, levantava cedo para fumar, enfim, fumava muito e gostava. [O cigarro] é um ex-amor, uma ex-amante... Você vai se matando com elegância."

 

Ney Latorraca

ex-fumante, em depoimento no documentário Fumando Espero - G1.globo.com - 25/04/2009

 


 

"Parei há quatro meses. Eu me considero uma vitoriosa porque adorava cigarro. Até hoje, chego a sonhar que estou fumando"

 

Helena Ranaldi

atriz, ex-fumante - Época - 06/06/2003

 


 

"Fazia parte do ritual de afirmação masculina fumar. Comecei para mostrar que era homem [..]. Dei minhas primeiras tragadas aos 18 anos. Tentei parar umas 100 vezes e sempre sofri muito. Minha última recaída foi para fazer um personagem, mas larguei no dia em que acabaram as gravações."

 

José Mayer

ator, ex-fumante - Época - 06/06/2003

 


 

"Quando eu fumava, achava impossível parar. Não concebia a minha vida sem um cigarrinho. Só descobri que isso era um mito, uma mentira, depois que parei. É preciso uma boa dose de vontade para ficar uma hora, meio dia, meio mês, meio ano, até completar o ciclo de dizer não ao cigarro."

 

Luiz Thunderbird

músico e maratonista, ex-fumante

Apague o Cigarro de sua Vida - ed. Alaude, 06/06/2003

 


 

"Depois que parei de fumar, passei a dormir melhor, a acordar menos cansado e a ter menos ressaca de manhã. Como efeito colateral, engordei, mas logo voltei ao meu peso normal com uma dieta. Percebi que a minha grande ressaca não era do uísque porque nunca mais sofri desse mal."

 

Ziraldo

escritor e cartunista, ex-fumante

Apague o Cigarro de sua Vida - ed. Alaude, 06/06/2003

 


 

"Na irresponsabilidade que a dependência química traz, fumei na frente dos doentes a quem recomendava abandonar o cigarro.

Fumei em ambientes fechados diante de pessoas de idade, mulheres grávidas e crianças pequenas.

Como professor de cursinho durante quase 20 anos, fumei nas salas de aula, induzindo muitos jovens a adquirir o vício. Quando me perguntavam:

"Mas você é cancerologista e fuma?", eu ficava sem graça e dizia que ia parar. Só que esse dia nunca chegava.

A droga quebra o caráter do dependente [...]

Quando você larga de fumar, o fôlego melhora em duas ou três semanas. A circulação sanguínea também.

Você começa a sentir o gosto da comida, o cheiro das coisas. O sono fica mais tranqüilo e a respiração, não dá nem para acreditar como melhora."

 

Drauzio Varela

oncologista, ex-fumante - drauziovarella.ig.com.br

 

Atenção: Os artigos do Eufumo não tem a intenção de fornecer recomendação médica, diagnóstico ou tratamento.