defendemos o fumante, não o fumo: 
quer parar de fumar ou reduzir?
 

quero parar de fumar ou reduzir
depoimento de ex-fumantes 2016

clique aqui para ler os de 2015 e anteriores

clique aqui para ler os de 2017

Quer dar seu depoimento e ajudar quem quer parar?

 

O fumante é tratado como cidadão de segunda classe, mas apoio real, que é bom, nenhuma legislação oferece.

 

Acreditamos que compartilhar as dificuldades e vitórias podem ajudar bastante os que estão querendo abandonar os cigarros.

 

SÓ PUBLICAMOS DEPOIMENTOS DE QUEM PAROU DE FUMAR.

Fumantes, mesmo os que querem parar, devem mandar seus depoimentos através desta página

 

Boa sorte!

 

 

ATENÇÃO: Se não quiser que seu nome apareça, escolha a opção "Anônimo".

Depoimentos com emails falsos não serão publicados.

Favor restringir seu depoimento a não mais do que 800 caracteres.

 

seu nome:


seu email:


sua história:

Você pode usar mais  caracteres.

 



digite a palavra "garrafa" - sem aspas e em letras maiúsculas:



 


 

Faz dois dias que estou sem fumar e estou muito feliz. Nunca mais volto a fumar. Ja é a 4a vez que paro, mas sempre que parei já estava pensando em quando iria voltar. Desta vez não, eu NUNCA mais volto a fumar. Fumei durante 22 anos 2 carteiras por dia.

 

Anônimo

29/12/2016

 


 

Gente, eu comecei fumar com 11 anos de idade e hoje eu estou com 47. Parei de fumar faz 28 dias e estou sentido coisas que eu nunca sonhei na minha vida: náuseas, fraqueza no corpo todo - só dá vontade de ficar deitada, forte dor no peito, cansaço que não consigo sair da sala pra cozinha, a garganta seca como se fosse me faltar o fôlego. Tive tontura estou suando muito, parece que tomei um banho e não estou conseguindo dormir. Meu coração está o todo tempo batendo muito forte mas tenho certeza que vou conseguir em nome de Jesus. Não quero mais voltar a colocar esse maldito na minha vida mim e me arrependo do dia que aprendi a fumar

 

Antônia

23/12/2016

 


 

Parei de fumar com o livro do Allen Curry - Easyway, pela maneira como ele aborda o vício, como nunca gostamos do cigarro, o prazer que sentimos no caso é apenas o fim das pequenas crises de abstinência solucionada pelo próprio causador dessa crise.
Tenho 23 anos, estou 60 dias sem cigarro e um dia ou outro acordo com muita vontade de fumar.
Academia, jiu jitsu e meditação os maiores aliados.
Vai na fé que dá certo.

 

Eduardo

23/12/2016

 


 

Hoje fazem exatamente 6 meses que parei de fumar, um vício de 20 anos. Não sei o que acontece ou se é só comigo mas agora de uns tempos para cá tenho sentido vontades repentinas de fumar, coisa que não senti tanto logo no início. Será que é normal?

 

Anônimo

19/12/2016

 


 

Hoje fazem 6 meses que parei de fumar. Quis compartilhar com vocês porque vejo depoimentos mais recentes e talvez um depoimento de mais tempo possa estimular os que buscam parar. Porém 1 dia s fumar já é uma imensa vitória! Eu fumava desde os 19 anos e já havia tentado parar outras vezes sem sucesso, me sentia mal ao sair com alguém, minha família fazia cara feia por causa do cheiro em mim, etc. Mas cheguei a conclusão que não pararia sozinha. Usei Bup e parei antes de começar a tomar, resumindo... Só consegui parar quando me deu um estalo e encarei o problema. É a tal "força de vontade" e saiba não é fácil e a luta é grande. Até hoje, de vez em quando dá vontade de fumar, mas poder correr, dormir melhor, pele bonita e estar sempre cheirosa são impagáveis!!! Não desistam porque é possível sim.
boa sorte a todos :))

 

Nara

17/12/2016

 


 

Boa noite pessoal guerreiro! Antes de mais quero parabenizar a todos pela sábia e corajosa decisão de parar de fumar. Eu já completei 14 meses sem cigarro e minha saúde melhorou imenso. Não pretendo fumar nunca mais. É difícil para todos, mas não é impossível! Acreditem, tenham confiança em vós próprios. O cigarro é veneno, que nos mata lentamente. Mas somos mais fortes que ele, e o vencemos dia após dia. Deixo aqui as 3 palavras que me deram alento nesta luta contra o tabagismo. Força Fé e foco.
Todos vocês conseguem, um dia de cada vez. Não desistam!!
Água gelada palitos de cenoura ajuda bastante no início, com o tempo tudo fica tranquilo e suave. O segredo é nunca mas nunca mais dar um único trago, Porque é o suficiente para nos tornar escravos novamente. Queremos ser livres e com SAÚDE.

 

Lua

13/12/2016

 


 

Tenho 51 anos de idade. Fumei desde os 14 anos. Tenho um leque de doenças autoimunes que adquiri com o cigarro: periodontite (perdi vários dentes), vitiligo e psoríase. Já havia parado outras vezes, porém voltava sempre com desculpas. Quando a psoríase veio forte, deixando-me descamando, abandonei outra vez. Largar o vício é fácil. Após uma semana você já é livre e a cada dia vai deixando ele mais para trás. É muito bom, também, deixar de pagar "mensalidade" para as fábricas de tabaco e para os botecos. Basta que você mantenha a determinação. Vale muito a pena. A próxima doença autoimune que eu iria pegar certamente seria o câncer, como vi muitos colegas assim morrerem. Não existe essa coisa de que o cigarro não faz mal.

 

Mario

12/12/2016

 


 

Fumei durante 12 anos com 27 anos foi a última vez que tentei parar de fumar. Hoje estou 1 ano e 6 meses sem fumar, estou conseguindo na sexta tentativa.
O cigarro é extremamente vicioso e acredite todos que fumam são escravos dos cigarros. Cigarro engana, cigarro mata. Vamos beber muita água e caminhar todos os dias pensando positivo e pedindo a Deus forças pra combater o mal e querer vencer

 

Henrique

12/12/2016

 


 

E aí galera quero dividir com vocês minha experiência longe dessa porcaria.
Comecei a fumar com 16 anos por brincadeira com amigos, quem não fumava era careta e foi com aquelas tragadinhas apenas 1 ou 2 cigarros por noite que se tornou um vício que durou 10 anos. Dia 26 / 11 / 2016 às 17:00hs fumei meu último Carlton, e disse que não ia mais colocar na boca. Hoje 15 duas após sem cigarro e mesmo usando Bup, sinto o gosto na língua da vontade de comer esse trem... Mas o diagnóstico de apnéia e ter que usar um aparelho pra dormir foi mais forte do que cair nessa armadilha de novo, o médico disse que não eh só o cigarro que causa apnéia mas minha consciência não diz ser outra coisa... Procuro me ocupar ao máximo e ler depoimentos eh mto bom. Gente bjos muita força pra todos nós.

 

Christian

11/12/2016

 


 

Li varias pessoas pedindo ajuda. Porém não tem como entrar em contato com essas pessoas. Só Adm do site. Sugiro uma ferramenta de "comentários" como no face. Ou aparecer o email da pessoa caso deseje.
1o dia sem fumar!
Vamos lá.

 

RMATTOS

11/12/2016

 


 

Hoje total fazendo 17 dias que não fumo. Sinto todas os sintomas da abstinência, às vezes acho que não vou conseguir, de tanta vontade de fumar, o que eu faço?

 

Hygina Froes

06/12/2016

 


 

Estou oito dias sem fumar. O motivo: foi um amigo que havia me feito uma visita em um domingo e na segunda feira, ele me informa que não tinha ido trabalhar, pois ficou a noite acordado. Perguntei porque e ele disse que foi por causa da alergia ao cigarro. Pois coloquei o maço de cigarro em cima do móvel e dali pra cá não estou fumando. Descobri que a vontade de fumar só dura cinco minutos, neste tempo procuro beber água mastigo um chiclete. E assim continuo pois oito dias é muito pouco para quem fumou 22 anos.

 

Sheila da Costa Teixeira

06/12/2016

 


 

2 Dias sem fumar. Inquietação e tristeza. Já respiro melhor, vou superar essa. :)

 

Renan

05/12/2016

 


 

Eu sempre dizia que iria parar de fumar, mas acabava relaxando e pensando que não precisava ser uma coisa imediata. Até eu ter algumas complicações respiratórias. E por causa dessas complicações, não conseguia dormir. E porque eu não conseguia dormir tive crises de arritimia. Esse ano fez 3 anos desde que comecei a fumar. Uma média de 3 cigarros / dia. Acho pouco tempo lendo os relatos aqui de gente que passa uma vida inteira fumando. Mas uma coisa é certa: um cigarrinho apenas, pode acabar com você por dentro. Estou há dois dias sem fumar e o que eu sinto é arrependimento de ter um dia experimentado essa chupeta do cão. Pra quem está na luta de querer parar é só se perguntar o porquê de estar lendo esses testemunhos. Boa sorte a todos.

 

Lucas

02/12/2016

 


 

Boa tarde.
Hoje está fazendo 10 dias que decidir para de fumar, por que não aguentava mais o cigarro. Além de fazer mal (sim isso é comprovado) deixa a gente fedendo, com mau hálito e envelhece precocemente.
Eu estou amando minha nova rotina. Acordo, tomo meu banho, vou para o trabalho, passo o dia bem, faço caminhada à noite, bebo bastante água e as pessoas ja estão notando minha melhora tanto no humor quanto na aparência. Estou muito feliz

 

Vanessa

30/11/2016

 


 

Olá fumo há 18 anos e tenho 32. Parei 4 vezes, 3 delas por 3 meses e a última por 6, estava tranquilo mesmo, só voltei pois perdi um ente querido ano passado subitamente. Agora com mais 1 ano fumando decidi parar e estou no 5o dia sem a droga! Já é a quinta vez tendo abstinência, já estou bom nisso! RS...acho que uma vez refém do cigarro, não temos como escapar! Os fumantes ficam dias, meses e anos e sempre voltam a fumar, só não mesmo quando já estão com alguma doença instalada, exemplo minha mãe fumou 35 anos e esta com DPOC, é triste. Sinceramente não vejo saída, precisamos orientar os q nunca fumaram pra não escolherem um caminho sem volta.

 

Rafael

30/11/2016

 


 

Estou a 2 dias e soquei a parede do quarto. Tá muito difícil e eu só penso em fumar.... Espero que isso melhore e eu me mantenha firme

 

Jéssica Sampaio

29/11/2016

 


 

Decidi parar de fumar há um tempo... tenho 36 anos e fumava desde dos 16 anos. Nos últimos tempos, vinha fumando mais de 1 maço de cigarros por dia!!!
Há 30 dias estou fazendo terapia de grupo (tipo AA), tomando bupropiona e usando adesivos. Tive algumas recaídas, como meu médico costuma dizer, foram 3 cigarros em dias diferentes... minha irmã fuma em casa e foi mais forte que eu! Me envergonho das recaídas... não está sendo fácil! Não fumei pra me livrar de problemas, queria sentir a satisfação em fumar mesmo! Não senti prazer nenhum, mas repeti a dose! O que fazer? Acho que não sou a melhor pessoa para dar dicas... e também não contei pra ninguém das minhas recaídas.

 

Anônimo

28/11/2016

 


 

Hoje faz uma semana que eu parei de fumar, não tem sido difícil como eu pensava que seria. Fumei por 15 anos e o cigarro dominava minha rotina, apesar de ter pouco tempo que eu parei já posso dizer que minha vida melhorou... só de não ter que ficar indo em bar comprar cigarro, esvaziar cinzeiro e ficar fedendo o dia todo já é qualidade de vida.

 

Anônimo

28/11/2016

 


 

Comecei a fumar aos 16 anos. Só parei nas 2x q fiquei grávida porque foi a primeira coisa que eu enjoei. Asmática desde a infância, nesses 26 anos de tabagismo, além da companhia do cigarro, tinha a da bombinha. Chegava a usar para poder fumar com o pulmão limpo. Não imaginava parar porque via nele um consolo para minhas crises depressivas. Pois bem, no dia que fiz 40 anos, no início de outubro senti muita náusea porque eu só fumava Kretks. Achei que fosse do sabor, só que o enjôo perdurou e acabei parando. Vai fazer 2 meses. E toda vez que sinto cheiro, me dá ânsia de vômito. Não sei explicar o que houve, mas minha falta de ar piorou. E estou com medo de procurar um médico e estar com algo grave.

 

Anônimo

28/11/2016

 


 

Parei por conta própria há dois anos. Até hoje sinto aquela maldita vontade.

 

Gislaine

27/11/2016

 


 

Boa noite a todos!
Eu tenho 36 anos e estou sem fumar há 3 meses, fumei por 20 anos. Às vezes sinto muita vontade de fumar, mas me seguro pensando que se eu fumar irei voltar pra estaca zero. Os efeitos colaterais pela abstinência foram e estão sendo, acredito, diversos: tonturas, tosse, falta de ar, nervosismo, etc. Não sei se isso é causado por conta da minha ansiedade, mas tem vezes que esses sintomas ficam bem fortes. Não estou fazendo acompanhamento médico, às vezes acho que deveria procurar um pra ter certeza se isso que sinto é relacionado a abstinência. Se alguém puder me ajudar com algumas orientações pra amenizar essas sensações eu agradeço.
Deus no comando!!!

 

Ana Carolina

24/11/2016

 


 

Segundo dia sem fumar... tá difícil demais, mas eu quero parar... Tenho 52 anos e fumante há 32 anos... Em média 20 cigarros por dia ou 600 cigarros por mes. Ou seja nestes 32 anos fumei 230.400 cigarros a um custo de r$ 86.000,00 jogados fora. Nestes dois dias o que esta me ajudando é tomar agua, nikitin e muita canela... A canela deixa um gosto amargo na boca e evitando um pouco o desejo de fumar. E sem café. Abraços a todos e seu Deus quiser vou conseguir.

 

Nervoso D+

24/11/2016

 


 

Bom dia, estou há 17 dias sem fumar, fumei por 16 anos cerca de 10 cigarros por dia, mas aos fins de semana esse número dobrava ou até triplicava, ja não me sentia bem com esse vício estava me incomodando. Tomei remédios fitoterápicos por 10 dias, me ajudou bastante, realmente não sinto vontade de fumar e o cigarro hoje sinto nojo e penso hoje que nunca deveria ter fumado. Enfim não precisei de ajuda médica. Sei que no início foi difícil, mas não é impossível, e o melhor de tudo sua vida ganha outro sentido sem esse maldito cigarro, a liberdade é única e a felicidade é imensa.
Espero que todos consigam parar de fumar e que aguentem firme e forte a vontade de fumar.

 

Renato

23/11/2016

 


 

Olá amigos. Tenho 23 anos, fumo há aproximadamente 5 anos e meio, Marlboro vermelho (vulgo estoura peito kkk). Estou há 6 dias sem fumar, sem remédio ou adesivo. Apenas na força de vontade. Estranhei que nas 72h primeiras horas sofri muito, depois nos 2 dias sequenciais não tive nada de vontade, porém agora a fissura veio mais forte ainda. Porém estou firme e forte, continuo bebendo meu café e minha cervejinha. Voltarei mensalmente para atualizar minha situação!

 

Vinicius

22/11/2016

 


 

Fumo desde os 17 anos, hoje com 37 (1 maço por dia) e estou há 4 dias sem fumar.
Já havia tentado parar 3 vezes, uma sem medicamentos, depois com o champix (parei por 6 meses) e depois tentei com o Bup que infelizmente não funcionou para mim, não consegui parar nem 1 dia.
Estou tomando novamente o champix, e não posso negar a eficácia do tratamento no que se refere à diminuição da vontade.
É impressionante... Mas sei que ao fim do tratamento à vontade volta, porém mais "light". Acredito ser o método mais eficaz, porém existem vários efeitos colaterais. Claro que esses efeitos variam de pessoa para pessoa, tem gente que não sente nada, mas no meu caso são imensos.
Após tomar o medicamento sinto enjôo tão forte como nunca senti na vida, mesmo tomando após as refeições. A insônia também é demais. E sinto um início de depressao. No pouco que durmo a noite sonho sem parar, à ponto de acordar cansada haha e os sonhos são super reais e loucos.
Mas estou levando esse tratamento o quanto meu estômago aguentar, espero que aguente pelo menos até o fim do tratamento inicial. Se alguém tiver dicas, aceito de coração, serão super bem vindas.
E gostaria de finalizar dizendo que NÃO TOME CHAMPIX SEM ACOMPANHAMENTO MÉDICO. Além dos meus efeitos existem outros, principalmente se você tem problema no coração ou pré disposição à depressão, entre outros.
Desejo para todos vocês a mesma força que desejo ter. Força gente!! Vamos viver sem essa droga e as doenças que traz.

 

Leticia

21/11/2016

 


 

Li vários depoimentos, que nesta decisão tão difícil, sei que não estou sozinha. Hoje só tem 2 dias que parei de fumar, mas já sinto os sintomas da abstinência. Com fé não vou desistir e daqui alguns meses volto aqui para dizer que estou livre dessa prisão que é o cigarro e aí sim dar meu depoimento de apoio à outras pessoas.

 

Hygina

21/11/2016

 


 

Eu fumo desde os 13 anos de idade. Ano passado resolvi parar de fumar durante a semana e só fumar quando estivesse bebendo. A princípio deu certo. Sem remédio, só fazendo atividade física. Mas no começo desse ano, uma série de problemas na minha vida me fizeram voltar a fumar todos os dias. Agora decidi parar de novo. Ontem foi meu primeiro dia sem fumar, vim aqui buscar forças para continuar!

 

Anônimo

21/11/2016

 


 

Olá
Fumei desde dos 16 anos. Hoje tenho 58 e digo: fazem 23 dias sem cigarros.
Vale apena. Difícil não é quando você resolve ter uma vida saudável.
Entrei no grupo tabagismo e foi maravilhoso. Senti vontade, sim, porém resisti

 

Solimara Pereira

20/11/2016

 


 

Gente, boa tarde!
Estou há 3 dias sem fumar. Fumei por 12 anos e de repente me deu essa vontade de parar, mas estou sentindo muita tristeza, solidão, coração acelerado e muito sono. Alguém passou ou está passando pelo mesmo problema? obrigada.

 

Jaqueline

18/11/2016

 


 

Eu sou um ex fumante não fumo já há 3 semanas e 4 dias. Quando decidi parar de fumar foi assim: eliminei todas amizades do mesmo acto passei a ser uma pessoa sozinha mas para, não voltar mas ao vício fui ocupando minha mente com escola, namorada por ai... Hoje me sinto uma nova pessoa embora não esteja totalmente seguro mas no que depender de mim, nunca mas irei fumar... Cosegui parar de la para cá com ajuda da força de vontade sem nenhum medicamento. O vício entrou muito cedo na minha vida, com os meus 16 anos. Graças a Deus com os 18 consegui parar mas ja atrasei muita coisa inclusive a escola mas assim que me livrar do vício vou retomar tudo. Deixar de fumar depende de você antes de tudo.

 

Anônimo

17/11/2016

 


 

Tenho 29 anos, fumei durante uns 10 anos em torno de 15 cigarros por dia. Hoje estou 1 semana sem fumar, às vezes a vontade vem, do nada quando vejo estou mexendo meu pé, ansioso, minha respiração ainda não está boa, parece que perdi capacidade em meus pulmões. Vou começar academia, estou bebendo muita água, mascando muitos chicletes, estou me sentindo melhor. Tenho mais apetite, sinto mais cheiro, o que realmente me incomoda é não conseguir encher meus pulmões com ar, parece que trava no meio do caminho. Espero logo melhorar. Só basta força para parar. Não leva a nada, apenas a destruição própria. Força a todos fiquem com Deus!

 

Luiz Henrique

16/11/2016

 


 

Largar essa porcaria nao é fácil, sei por mim. 25 anos fumando e agora há 8 dias sem cigarro. É horrível mas aos poucos a vontade passa. O segredo é se ocupar e esquecer essa porcaria né? boa sorte a todos.
Valeu.

 

Rodrigo

14/11/2016

 


 

Fumei por mais de 30 anos, pais fumantes, irmãs fumantes, parei o ano passado com ajuda do posto de saúde, programa anti-tabagismo, mas não me adaptei ao bup, só usei o adesivo e os chicletes... voltei no dia que meu pai faleceu... mas voltei com força total, como se pudesse compensar 9 meses que fiquei sem... Sou profissional da saúde, não basta saber o mal que faz, vejo pacientes arrastando cilindro de oxigênio, e mal conseguem subir uma escada. Sempre procurei fazer o exercício de tossir no banho quando o banheiro está todo cheio de vapor. Agora parei novamente, pedi ajuda no grupo anti-tabagismo, estou sem fumar há 20 dias, tem hora que vem a fissura, estou usando o adesivo e chicletes, que também comprei e não são baratos... é muito difícil... mas já decidi, não quero mais ser fumante!

 

Anônimo

13/11/2016

 


 

Depois de muitos anos fumando resolvi encarar esse monstro de frente e me libertar. Estou a 15 dias sem cigarro, vencendo um dia de cada vez. Estou usando o adesivo de nicotina e diminui muito as crises de abstinência. Estou há uns 4 dias sem passar por aquela fissura desesperadora, o que não quer dizer que já esteja curada. O que sinto hoje é tristeza, um vazio profundo e uma saudade infinita do cigarro. Sei que é só mais uma fase a vencer, mas me sinto muito fragilizada. Será que um dia isso passa? Me ajudem se puderem, mas apesar dos sintomas uma certeza eu tenho: cigarro nunca mais, se Deus quiser!!!!

 

Rosimere

13/11/2016

 


 

Olá, eu estou conseguindo viver melhor sem o cigarro, esse vício me acompanhou durante 15 anos da minha vida, hoje estou com 35 anos e 6 dias sem fumar. O que me fez ter coragem e força para parar foi a mudança de hábitos. Hoje eu faço um esporte que é luta, não consumo mais bebidas alcoólicas, isto é, o cigarro não combina mais com o estilo de vida que tenho, só me fazia mal. Hoje eu sou muito mais feliz e forte, já sinto a diferença nos meus treinos e respiração, não fumo haja o que houver, é só por hoje, evite sempre a primeira dose ou tragada, obrigado e tmj

 

Renato

11/11/2016

 


 

Pessoal, boa tarde.
Eu tenho 37 anos e fumo desde os 19. Quando tinha 34 fiquei sem fumar por um ano inteiro, mas estava sem beber também, voltei a beber e consequentemente a fumar. Minha filha de 4 anos me pediu para parar, Eu já parei há 5 dias e vou ficar para sempres sem este maldito.
Cigarro é como uma divida que fazemos no banco: caso paremos até os 50 anos, nos é dado um desconto de 70% mas tem um preço (a fissura) caso não paremos, o preço vira sem desconto e vamos morrer SOFRENDO.
Morrer todos iremos, mas o sofrimento é opcional, eu escolhi não sofrer.
Força gente, ele não vem sozinho para nossa boca.

 

Daniel

11/11/2016

 


 

Tenho 25 anos e fumei desde dos 16 anos, fumava cerca de 1 maço por dia. Parei de fumar duas vezes e voltei, estou na terceira tentativa pois agora é definitivo. Devido ao fumo hoje sinto falta de ar, garganta inflama direto, queimação no estomago e fora a bronquite que ataca direto, sinusite, rinite... então mesmo que eu sinta vontade eu não vou fumar, chega! Minha saúde em primeiro lugar, não fumo desde ontem e sem fumar hoje já acordei com falta de ar e sei que é devido a tabaco, não quero fumar e não vou!

 

Anônimo

11/11/2016

 


 

Boa tarde povo!
Tenho 33 anos e fumava desde os 15 (18 anos). Cheguei a fumar 2 carteiras de cigaro por dia. No dia 06 de agosto de 2016 eu senti uma tontura muito forte seguida de uma falta de ar horrível e pensei: opa! tá na hora de parar. No dia seguinte não fumei mais e estou há 93 dias sem furmar. Ainda tenho vontade às vezes, mas já não é mais aquela vontade desesperadora, é como se fosse um pensamento malígno me tentando. kkkkk Não quero mais isso pra mim, mas sei que preciso ter muito cuidado ainda. Agora depois de quase 100 dias, eu já começo a esquecer o mal estar que o cigarro causava, o cheiro, o pigarro e me lembro ainda muito fortemente do como era bom fumar. Isso é um primeiro passo para recaída, mas estou preparado e não vou cair nessa! Sorte a todos!

 

Marcelo

10/11/2016

 


 

Estou há uma semana sem fumar, sentindo às vezes algumas tonturas e fome de ar, será ansiedade? Alguem já passou por isso?

 

Vagner

09/11/2016

 


 

Parei de fumar faz11dias e não estou sentindo nada so lembro de vez em quando mas e suportável.

 

Rosimeire

09/11/2016

 


 

Parei de fumar faz 22 dias e as crises de abstinência estão muito fortes, ansiedade extrema, às vezes insônia, está dando síndrome do pânico e uma grande agonia e rigidez e tremores na regiao do pescoço e dores insuportáveis como se eu tivesse uma sensação de enforcamento. Está difícil mas não fumo: sei da minha decisao e sei que essa abstinência vai passar só não sei quando mas com fé em Deus vou conseguir...

 

Anônimo

08/11/2016

 


 

Oi
Já faz 7 meses que não fumo.. foi bem difícil parar mas não impossível, quem esta parando agora a vontade ainda vai longe às vezes ainda sinto vontade mas assim com ela vem ela ja vai embora... Então não desistam na primeira.
Foram 30 anos fumando!!!

 

Anônimo

05/11/2016

 


 

Não fumo há menos de uma semana, sinceramente não fumo há tanto tempo, mas criei dependência igual... é complicado, cada vez é uma desculpa para tentar fumar... mas tenho conseguido. Minha dica: Allen Carr, comece por esse nome e fume o seu ultimo cigarro, be strong!

 

Joel Slonczewski

04/11/2016

 


 

Olá pessoal,
Tenho 35 anos, fumei por muitos anos... mas hoje graças a Deus estou há 8 meses sem fumar. Não foi e nem está sendo fácil, sinto muito os sintomas da abstinência... ate hoje sinto uns enjôos muito grandes no estômago, ansiedade, queimação no peito, dores de cabeça... Fiz todos os exames necessários, graças a deus deu tudo OK !

 

Herllan

28/10/2016

 


 

Boa noite
Fumei por mais de 15 anos e antes de parar estava fumando uma quantidade absurda de 3 maços pra mais. Dei um basta há 1 ano e alguns meses. É bom manter a cabeça ocupada pra não dar vontade. Viva um desafio dentro de vocês que querem parar. É difícil mas é prazeroso ver que consegue vencer o vício. Não desistam, lutem sempre: a vitória depende de vocês. A recompensa é grandiosa. Sentia muita vontade de fumar hoje pego cigarro até por brincadeira mais não vou mais fumar.

 

Bruno

28/10/2016

 


 

Comecei a apanhar cigarros do chão com 6 anos e a fumar a sério aos 13, tenho 41 por isso fumei durante 28 anos.
28 anos é muito tempo. Mas pior foi a heroína e a cocaina, há tratamento de opiáceos com Metadona. Há 10 anos deixar de fumar parecia uma miragem pois a Metadona, um opiáceo, puxa pelo tabaco. Mas com VIH e curado agora recentemente com este novo tratamento da Hepatite C, e com 41 anos, o Universo ou Deus ou Poder Superior chamem o que lhe quiser, disse-me um segredo... "continua assim e daqui a poucos anos estas MORTO". A verdade é que eu senti isso no meu mais profundo âmago. Faz 7 dias hoje sem fumar. CUSTA DEMAIS.
Ao meu redor quem me ama não dá valor a este sacrifício, mas eu não o faço por eles faço por mim, por isso não me interessa se me dão valor ou não.

 

Miguel

27/10/2016

 


 

Dia 13 de Outubro de 2016. 5 Meses sem fumar, me sinto ótimp mas preciso de um outro prazer, porém saudável. Estou procurando. Pedi a Deus que me ajudasse. Me sinto vitorioso. Aleluia.

 

Anônimo

27/10/2016

 


 

Eu sempre sonhei em um dia fazer parte do grupo de ex fumantes, e pensava que nunca seria.
Hoje sou uma exfumante, há dois anos decidi que cigarro não vai mais fazer parte da minha vida.
Não é facil, é muito difícil, mas são duas vontades que andam juntas, a vontade de fumar e a de não fumar, uma tem que prevalecer, que seja a de não fumar. Eu acordava três vezes à noite para fumar, fumava 60 cigarros por dia, o cheiro do cigarro já fazia parte de mim. Qualquer perfume que usava, não destacava, colega fumante, faça um compromisso com você mesmo, e tente. Um dia você não vai mais aguentar essa coisa tão pequena que tem tanto domino sobre você.
Abraços

 

Nilda

27/10/2016

 


 

Fumei por 25 anos, fazem 9 meses que parei. Ainda sonho que estou fumando, ainda tenho crises de ansiedade e irritabilidade, mas agora já consigo lidar melhor com a falta de nicotina. Tenho certeza que logo vou esquecer do vício, é possível sim sair desta, pois no mundo existem muitos ex-fumantes que vivem tranquilamente, serei igual eles.

 

Anônimo

26/10/2016

 


 

Olá,
Deixei de fumar quando fiz 50 anos de idade. Fumei durante 20 anos. Não está sendo fácil. Ando irritada, respondo torto às pessoas; Ando tonta da cabeça, enfim. Espero superar isto e não engordar.

 

Anônimo

26/10/2016

 


 

Boa tarde!! Estou no meu segundo dia sem cigarro, mais um dia sem o maldito, que estava me fazendo muito mal. Estava cansada de ser escrava de um vício que só estava me deixando cheia de problemas de saúde. Não está sendo nada fácil, mas quando decidimos de parar a vontade não nos vence. Estou tomando muita água e comendo muito tempo rs... pelos meus filhos e por também quero parar e ter qualidade de vida... Gente não é impossível, tudo passa e basta pensarmos que valerá a pena... seremos muito mais felizes... não vamos desistir eu NÃO FUMO MAIS... eu fumava 20 anos...

 

Veronica

25/10/2016

 


 

Tenho 61 anos comecei a fumar aos 16.
No inicio era para inclusão social, mas agora a verdade é de exclusão.
As pessoas veem os fumantes como se fossem marginais, não temos mais lugar para fumar, até mesmo nas ruas nos olham com cara feia.
Fazem 05 dias que parei de fumar, após sentir falta de ar, dores pelo corpo até coceira. Gosto muito de sucos, mas todas as vezes que ia à geladeira para preparar um, me deparava com uma latinha de cerveja e o suco sempre ficava para depois, hoje tomo todos os sucos que sempre tive vontade, estou ganhando peso, dormindo melhor e com mais disposição.
Eu sou mais forte que este maldito vício!

 

Lucelio

24/10/2016

 


 

Fumei durante 25 anos, e estava com 2 maços de malrboro red por dia, as vezes um pouco mais e parei de fumar há pouco mais de nove meses. Escolhi um período de férias para parar, já sabendo que seriam dias terríveis. Fiquei dias e dias sem sair de casa, sem sair sequer do sofá. A vontade era muito grande, mas ia diminuíndo a cada dia. Me foquei nisto, não fiquei controlando a vontade de comer, nem nada mais. "Me permiti" cometer todos os deslizes enquanto estava no início da jornada. Claro que engordei (20 quilos em 4 meses), fiquei triste e sentindo falta do danado. Parei na "raça", mas rapidamente fui atrás de apoios: bupropiona e acupuntura. Com um mês e meio sem fumar, meu pai faleceu (em decorrência do fumo). Hoje já perdi dez quilos, estou tranquila e feliz por ter conseguido!

 

Patricia Sposito Mechi

24/10/2016

 


 

Um dia poderei beber normalmente sem sentir vontade de fumar?

 

Anônimo

23/10/2016

 


 

Olá bom dia,
A minha história é simples e idêntica a tantas outras. Certo dia depois de me sentir mal fui ao hospital onde acabei por ficar 7 dias, tinha os pulmões cheios de líquido, e estava quase a morrer com o coração a 270/min. Findo os 7 dias de internamento pensei, posso parar agora de fumar, mas decidi não o fazer, continuei a fumar os meus 50 cigarros por dia até ao próximo internamento para operação cardio torácica e finda a qual pararia de fumar, e foi assim, uma vez operado não mais toquei nos cigarros. Se custa? Claro que sim, logo de manhã é terrível, depois das refeições também, e quando estou com amigos é por demais. É assim e vai continuar a ser, mas uma coisa é certa, é a força de vontade que manda, com o tempo o dizer não torna-se cada vez mais leve.

 

João Varzielas

22/10/2016

 


 

Eu tenho 32 anos e fumava desde os 12 anos de idade e depois de longos anos fumando parei por causa de uma pneumonia. Desde então faz 40 dias que não coloco cigarro na boca e agradeço a deus por cada dia sem fumar. Minha pele está linda, meu paladar mais apurado voltei a sentir o cheiro das coisas que já havia esquecido pois só sentia em mim aquele cheiro de cigarro. Meus filhos já me disseram que estou cheirosa, tudo de bom, mas eu ainda sinto muita vontade de fumar, vontade que vai e volta. Tenha vontade e fé que só não damos jeito pra a morte mas para o resto damos um jeito inclusive parar de fumar...

 

graziele

13/10/2016

 


 

Fumava desde os 11 anos de idade, hoje estou com 59 anos e 3 dias sem fumar me sinto perdida sem rumo desorientada está muito difícil mas vou continuar sem fumar.

 

Anônimo

11/10/2016

 


 

Meus cumprimentos aos corajosos que resolveram parar de fumar. Fumei por 42 anos em torno de 1 maço/dia. Resolvi num belo dia que já estava enjoado de fumar e estava na hora de largar o hábito/vício. Dito e feito, já estou há 44 dias sem fumar. Estou me sentindo muito bem, até pensei que seria mais difícil, às vezes dá vontade. Os 3 primeiros dias foram desafiadores, mas aquela vontade logo passa. Tem que ser na vontade mesmo. Nunca havia tentado. Aos que me perguntavam - dizia que fumava porque gostava. Aos que me perguntam como parei digo que é só uma questão de escolha.. Força e boa escolha a todos!!!

 

Carlos

11/10/2016

 


 

Estou há uma semana sem fumar. Gostaria de estímulos de ex-fumantes.

 

Silvania

09/10/2016

 


 

Estou há quinze dias sem fumar, estou tremendo irritada, mais estou superando tudo isso. Penso no cigarro com ódio, pois estive internada quase morri, tudo por causa do cigarro. Basta de cigarros. Amo viver. Um abraço.

 

Ermelinda Garcia

09/10/2016

 


 

Fumo há 40 anos. Ao longo destes anos, várias tentativas para deixar este maldito vício. Pastilhas de nicotina, pensos, e algumas vezes com champix. Deixo por algum tempo, mas sem perceber o porque, passados alguns meses volto a fumar. Neste momento a tomar champix, e há 15 dias sem fumar.

 

Anônimo

09/10/2016

 


 

Saudações, galera. Parabenizo a todos pela luta contra o tabagismo. Fumei por mais de 10 anos, e estou há quase 4 dias sem fumar, porém, com a ajuda de Nicorette. Tenho medo de não conseguir, mas decidi não comprar mais cigarros, principalmente quando as gomas acabarem. É díficil, pois causa uma tristeza pela nostalgia de algo que esteve com você por tanto tempo. Abandonar o tabaco é como abandonar alguém que se gosta muito. Nas horas de ócio, fica difícil conter-se, porém, tento me ocupar, inclusive no trabalho (mais do que o normal). Para começar essa luta, fiz lista de benefícios após deixar o cigarro, malefícios ao continuar fumando, e anotei as atividades diárias. Por enquanto, tudo está saindo conforme planejado. Todos nós somos capazes. Força, pessoal. Deus abençoe a todos.

 

Samuel

04/10/2016

 


 

Olá pessoal... Parei de fumar durante 10 anos. Voltei fumar logo após um divórcio em 2008. Durante o período que fiquei sem fumar me senti muito melhor. Eu não sentia vontade de fumar na época, apenas no início foi muito difícil logo após poucos meses não senti vontade. Porém com algumas dificuldades na minha vida pessoal a ansiedade bateu forte e comecei fumar novamente, estou com problemas respiratórios como rinite e durmo mal. Porém não desisti ainda vou parar de fumar, já passei 10 anos sem o cigarro não precisamos dele. O grande problema é a angústia a ansiedade que aflige cada dia, mas não é impossível sei que posso e consigo parar, já parei uma vez. Desejo ânimo e força de vontade para todos que lutam por isso.

 

Professor

01/10/2016

 


 

Fumei desde os meus 16 anos para me sentir sabe coisa tola de adolescente hoje tenho 44 anos e parei de fumar dia 23/09/2016 seis dias livre de fumar estou me sentindo muito bem respiração, nossa muito melhor mas ainda bate vontade de fumar mas estou firme. Vamos lá pessoal vamos nos libertar do vício uns ajudando os outros força pessoal vocês também vão conseguir.

 

Celia

29/09/2016

 


 

Tenho 32 anos e fumei durante 10 anos, dos 15 aos 25. No dia 21/04/2009, resolvi parar de fumar e assim permaneci ate janeiro desde ano, o cigarro eh um vício perigoso, traiçoeiro e acabei voltando a fumar depois de 6 anos sem por essa porcaria na boca... Logo já vieram os pigarros, a tosse, a voz, o cheiro horrível e o pior: você fica refém do cigarro, você dá uma escapadinha do trabalho para fumar, acorda fuma enfim...
Hoje faz 9 dias que resolvi parar novamente. Estou conseguindo e nunca mais volto a cair nessa armadilha....

 

Bruno

27/09/2016

 


 

Fumo um maço por dia há 14 anos. Estou há uma semana sem. Resolvi parar de uma vez. Exercícios me ajudam a segurar a fissura e controlar a abstinência. Faço musculação e caminhadas. Tive muita dor de cabeça, ainda tenho. Não existe milagre. Mudar os hábitos e praticar exercícios é essencial. Não quero voltar.
Sinto sabores e cheiros. Estou redescobrindo a vida, mas se passo um dia sem exercícios fico com ansiedade, raiva, depressivo. Ainda tomo uma cerveja nos finais de semana, o cheiro do cigarro nas mesas me causa repulsa. No meu caso exercícios são fundamentais pra lidar com a abstinência psicológica e física. Ainda sinto e sentirei dores horríveis de cabeça, mas vontade de fumar não. Pratiquem exercícios se puderem, é melhor que qualquer remédio.

 

Anônimo

27/09/2016

 


 

Olá
Fumei meu primeiro cigarro com 16 anos, e aos poucos aumentei a dose até manter em meio maço por dia.
Tentei parar umas 5 vezes antes de realmente conseguir. Sobre o remédio, água gelada, e um aplicativo qualquer que conta os dias. E o principal, trabalhe sua mente, trate como um jogo, cada dia, mais um passo cumprido (o aplicativo ajuda essas horas). Por minha felicidade, meu pai que fumou por uns 25 anos de sua vida me acompanhou nesta brincadeira.
Estou há uns 6 meses sem fumar, nesse meio tempo até uma depressão surgiu. Mas em vez de desistir procurei um psicólogo. E hoje aos 23, procuro pedalar quando posso, o efeito da endorfina liberada no esporte é muito parecido com o da nicotina, fora outros N benefícios.
Esqueça as desculpas, e bora pro desafio!

 

Anônimo

26/09/2016

 


 

As pessoas me perguntam como é a abstinência do cigarro... Imagina você cagar e não limpar. Essa é a sensação. Falta algo! Quando dá fissura forte, parece que, além de não limpar, não dei descarga. Horrível! Hoje estou há duas semanas sem fumar. Com adesivos, bup e chiclete que estão me dando alergia, mas o bacana é que não penso mais em fumar. Apenas sinto a abstinência. Já era, não fumo mais! Força galera!!!

 

Mario

25/09/2016

 


 

Tenho 38 anos, e fui fazer um tratamento para deixar de fumar a Beja.
Hoje é o primeiro dia sem tabaco e só me apetece chorar. Estou muito em baixo, mas ao ver estes testemunhos já me alegrou um bocadinho.
Vou deixando aqui o meu depoimento neste trajeto que a ser muuuuuiiito difícil.
Eu vou conseguir.

 

Anônimo

21/09/2016

 


 

Tenho 55 anos e fumo desde os 14 anos. Entrei para um grupo na Unimed antitabagismo. Estou fazendo uso do Champix, hoje faz 6 dias que estou sem o cigarro, mas está muito difícil. Que Deus me ajude mais uma vez a superar mais uma batalha na minha vida.

 

Anônimo

20/09/2016

 


 

parei de fumar por conta de problemas de ansiedade. Precisei encarar que o cigarro estava me deixando mal e não me relaxando, como pensava. Já foram 5 dias sem fumar. Já havia tentado outras vezes, mas agora sinto menos vontade. Acredito que esteja sendo um pouco mais fácil em razão de eu estar praticando atividades físicas. Quando sinto vontade de fumar penso nos benefícios de estar sem ele. Não tenho tido crises de ansiedade. Respiro melhor. Me sinto mais disposto. Não quero mais me sentir como me sentia antes.

 

Anônimo

16/09/2016

 


 

Minha sogra arrumou um namorado e casou há 4 anos, ele fumava muito. No dia 14/09/2016 ele teve infarte e faleceu, não aguentou. Há dois dias não fumo, coloquei na minha cabeça uma coisa que li em um texto da internet sobre o cigarro. A nicotina, faz com que o cerebro tenha a SENSAÇÃO de prazer, tranquilidade e etc... Mas é um Vício! Vício!!!
Vicio é ruim e não pode me controlar.
Boa sorte pessoal e vamos parar de fumar.

 

Anônimo

16/09/2016

 


 

Estou há 4 dias sem fumar, essa é minha terceira tentativa, preciso de uma força pessoal... está dificil... mas eu vou conseguir! obrigada

 

Anônimo

14/09/2016

 


 

Cada dia que passa a vontade de fumar diminui mas as sensações que o corpo sente faz lembrar do cigarro da falta dele. Vontade de fumar para parar de sentir isso.

 

Anônimo

14/09/2016

 


 

Fumei durante 15 anos um certo dia resolvi parar pois minha respiração era ofegante tudo me incomodava mas por livre e expontânea pressão resolvi parar. Tive alucinações, pensamentos suicidas mas segurei firme e pedi a Deus força pra abandonar esse vício triste e consegui estou há 11 meses sem fumar e peço todos os dias a Deus que não voltarei, creia você também consegue.
Força meus amigos e Fé.

 

Anônimo

14/09/2016

 


 

Há exatamente 55 dias parei de fumar, minha carteira de cigarros esta com os 17 cigarros e o meus isqueiro na minha cozinha me olhando. O tirei de meus olhos, por que ele tem de saber que eu sou mais forte, mas não é fácil!!! Mas eu consigo, cada dia é uma luta diária com minha ansiedade, mas eu consigo, quando fico nervosa, olho para ele e digo, sou mais forte, não desisto, cigarro nunca mais. Dicas: tome bastante água diariamente, coloco na minha mesa de escritório uma garrafinha de água com pedaços de limão e hortelã e vou tomando, ajuda bastante, evito café, refrigerante, cerveja, doces, e vou substituindo por outras coisas saudáveis, fácil não é, todo dia é uma luta, mas foco no desejo de nunca mais fumar.

 

Giana Koch Tomilim

14/09/2016

 


 

Minha concentração está em frangalhos, sinto um vazio no peito, parece que nada faz sentido, acho que estou deprimido, penso no cigarro o dia inteiro e a noite não consigo dormir, tenho pesadelos. Tomo água, escovo os dentes, como chicletes ou balas e respiro profundamente, às vezes ajuda, às vezes não e pra falar a verdade, ainda não sei se vou resistir.
O que me segura é a decisão de parar, ela é a fortaleza do meu espírito e é com ela que controlarei minha vontade, basta deste vício maldito. Eu não tenho medo de morrer pelo cigarro, meu medo é passar os últimos anos da minha vida em sofrimento, com um câncer ou um enfisema pulmonar a limitar minha respiração, a corroer meu corpo, a matar minha vontade de viver, um sofrimento muito maior, do que parar de fumar enquanto ainda tenho tempo.

 

Anônimo

13/09/2016

 


 

Hoje completo 105 dias sem fumar! Tenho 36 anos e fumei durante 20 anos. Conto todos os dias pois é uma lembrança da enorme força de vontade que tive que ter para largar o cigarro. Hoje tenho muito orgulho de mim, pois só quem fuma sabe como é difícil parar. Acreditem, foi a melhor decisão da minha vida! Se quiser parar, DECIDA parar! Não pare de repente. Marque uma data, tipo daqui há um mês, e cada vez que voce fumar, lembre-se que naquele dia você irá parar. No dia marcado PARE! Não compre mais nenhum maço. Tenha muita força no seu objetivo. Comece a contar os dias não fumados. Evite álcool e café nos primeiros dias. Evite fumantes. Corra ou caminhe. Beba muita água. Masque chiclete. Seja forte e determinado! Vale muito a pena. Eu prometo, vale todo o esforço!

 

Marcelo

13/09/2016

 


 

Ola, tenho 23 anos e fumo há 5. Estou há um mes e três dias sem fumar. No inicio apesar da impaciência estava feliz por esta conseguindo driblar o vício. Sou estudante e moro sozinha em outro estado. Tenho passado dias de pesadelo estou cada vez mais irritada... meus sentimentos oscilam de alegria intensa a tristeza profunda! E quando bebo fico embriagada muito rapido e acabo falando besteiras ou me irritando também! Na faculdade minha vida tá uma bosta! Fico sentada e não absorvo nada! Ou seja minhas reações pessoais e vida estão um completo caos! Acho que vou voltar.

 

Anônimo

12/09/2016

 


 

Fumo desde os 18 anos, hoje estou com 41. Não imaginava minha vida sem o maldito cigarro até que um dia resolvi parar e fumei o último cigarro simples assim, continuo tomando minha cerveja o meu café me sinto bem não quero consumir uma coisa que me mata da forma mais cruel 'devagar' e ainda pago por isso não quero mais.

 

Anônimo

12/09/2016

 


 

Parei de fumar faz 4 meses mas sinto muitas coisas ruins ainda como dor no peito nas costas falta de ar tontura. Mais vou ser firme.

 

Remo

11/09/2016

 


 

Tenho 28 anos, estou tentando parar depois de 13 anos como fumante. Hoje completa-se 5 dias que estou longe do cigarro. É mais difícil do que imaginei, mas está valendo a pena. Já sinto a mudança no meu organismo. Estou mais disposto, cheiroso e respiro bem melhor!
Que Deus me dê forças para continuar essa jornada.
Abraço e força para todos.

 

Anônimo

09/09/2016

 


 

Tenho 77 anos, fumava desde os 18, há 1 ano e três meses parei de fumar tentando melhorar minha saúde que estava abalada por uma labirintite. Efetivamente consegui me livrar do cigarro e da labirintite, porem, alem de engordar 14 quilos, volta e meia sinto forte cheiro adocicado do cigarro, e quando isso acontece fico com falta de ar, coisa que nunca tive quando fumava. Queria saber se alguém já passou por isso.

 

Alberto Guimarães

08/09/2016

 


 

Tenho 39 anos. Sou publicitário e tenho um caso de amor com o cigarro há 23 anos. Caso de amor mesmo porque minha vida é contada de cigarro nas mãos. Tabagista daqueles fervorosos, que levava a sério o estilo hollywood de fumar, James Dean, Humphrey Bogart e que tais.
Ao longo desses 23 anos foram 5 tentativas de me afastar do cigarro sendo 2 realmente sérias, mas que ficaram nos 90 dias. 90 dias, prazo que muita gente se sente tão bem por ter parado que se considera curado. E aí é que põe tudo a perder. Agora vou eu para mais uma tentativa. Vou parar de fumar. Ou morrer tentando.
A má notícia… Não existe cura para o seu tabagismo. É uma doença crónica que requer eterna vigilância. ETERNA VIGILÂNCIA
A boa notícia… Você pode ignorá-la para viver melhor.

 

Anônimo

05/09/2016

 


 

Sou fumante há 45 anos, já parei 3 vezes e voltei, mas agora é prá valer. Estou sem fumar há 6 dias e espero nunca mais voltar. Estou me sentindo muito bem. Agora tenho que ficar alerta com as armadilhas da recaída: não quero fumar nunca mais.

 

Anônimo

05/09/2016

 


 

Parei de fumar no dia 23/09/2015 após 45 anos como fumante, hoje não sinto mais vontade, coisa que nos primeiros 30 dias foi cruel a falta. Força pessoal que é possível superar tal vício.

 

Anônimo

02/09/2016

 


 

Ola a todos. Faz 1 mes e 10 dias que parei de fumar!
Tem sido difícil para caramba pois não usei nem tomei nada, apenas a minha força de vontade. Hoje é verdade que já me lembro menos do tabaco, mas quando me lembro ui...
Mas a força de vontade é maior que qualquer outra coisa, e nada mas nada mesmo é mais forte que nós proprios!
Eu quero eu posso e eu consigo.
Todos podemos conseguir.
Força!!!

 

Carla

02/09/2016

 


 

Bom dia galera, fumo a 12 anos, 1 maço de Marlboro por dia, aos finais de semana são 2 maços de Marlboro vermelho... Estou sem fumar desde sábado à meia noite ... São 60 horas sem o cigarro .... Os sintomas estão fortes, o mais forte é a ansiedade... Muita força a todos ... abraços.

 

Gustavo

30/08/2016

 


 

Hoje fazem 12 dias que parei de fumar, me sinto a pessoa mais feliz do mundo. Sempre desejei isso!
Fumei por dez anos. Comecei aos 17, odiava cigarro, e por idiotice comecei a fumar, mas nunca gostei do cigarro, mas viciei! (ansiedade pura)
Resolvi procurar um Psiquiatra, que me passou medicação e estou usando o adesivo, estou super bem, sinto sim vontade de fumar, mas bem pouco. E quando sinto, bebo água, pego uma bala..distraio a mente...
Quem persistir consegue sim, não é fácil, mas consegue sim!

 

Natália

30/08/2016

 


 

Pessoal esses últimos 5 dias fiquei muito mal por causa de cigarro e tive até que ir pra urgência do hospital por falta de ar e muita tosse. Decidi por mim mesmo que não quero passar por isso novamente... Eu li os depoimentos de vocês, e me incentivaram muito e me deixaram bem, vou ir colocando novidades de como vai ser essa nova etapa.
Abs a todos

 

Saulo Rodrigo

28/08/2016

 


 

Olá parei de fumar a 4 meses ainda sinto muita vontade, alem da vontade sinto dores de cabeça tonturas, umas coisas esquisitas será que é normal?

 

Anônimo

24/08/2016

 


 

Tenho 60 anos, fumei por 28 anos. Resolvi parar de fumar pois comecei a sentir tosse e falta de ar isso foi em 2010. Em meados de 2015 senti muita falta de ar e um pouco de tosse e um ardor no leito quando aspiro o ar comecei a ficar preocupada resolvi procurar ajuda médica. Feitos os exames de espirometria e TC do tórax (tomografia computadorizada). Deu: bronquiectasias pneumonia intersticial crônica e expirometria moderada. Fui parar 2 vezes no pronto socorro com falta de ar muito grande, tusso de dia de noite não tem hora, tusso tanto que sento ânsia de vómito. Estou sobre investigação acompanhada por um pneumologista que me adiantou um prognóstico DPOC! Estou tao triste pois depois de trabalhar tanto tenho medo de não poder usufluir pois até para tomar banho fico cansada. Que Deus nos ajude!

 

Pseudônimo Desespero

29/08/2016

 


 

Parei de fumar há alguns meses. Comecei a fumar quando entrei na faculdade, sabem como é: festas e bebida nos fins de semana, cafezinho nos intervalos das aulas, muito estresse, ansiedade, curiosidade, além de tudo achava 'cool' fumar, todos os meus ídolos fumam, tudo me levava ao vício. Nessa brincadeira fumei durante 6 anos. Decidi parar pela saúde mesmo, comecei a sentir muita falta de ar, dificuldade de fazer exercícios, e senti muito medo de ter alguma doença grave. Sei que esse vício não vai me levar a lugar algum, além do gasto em cigarros. Sinto muita falta, fumar me acalmava, adoro fumaça, acender um cigarro pra mim era quase um ritual, mas estou firme no meu objetivo. O meu 'vício' hoje em dia é café, um por dia e já fico feliz.

 

Lisa

24/08/2016

 


 

Eu parei de fumar há quase 2 anos,foi quando eu engravidei era uma promessa. Só que tentei parar de vez e não consegui quase enlouqeci, foi então que eu pedi ajuda a Deus, porque eu vi que sozinha eu não conseguiria. Foi então que ele me mostrou um modo para parar, eu fumava em média uns 10 cigarros/dia, nisso eu diminui para 5/dia, e a cada semana eu diminuía 1 cigarro por dia. Tipo em uma semana eu fumava 4/dia na outra 3/dia, até que foi 1/dia e 0. Foi a melhor coisa que eu fiz, hoje estou liberta,e também não tenho cheiro de cinzeiro rsrsrsrs. Mas tenho a plena certeza que sozinha não conseguiria, Deus foi Meu grande aliado nessa luta, que só quem fuma sabe o quanto é difícil parar.

 

Anônimo

21/08/2016

 


 

De Portugal, deixei de fumar ontem, às 23h. Ainda não completei um dia inteiro sem fumo, mas estas primeiras horas já mostraram que o que vem aí não é fácil. Na realidade esta é uma experiência que não é totalmente nova para mim. Tenho 47 anos e dos 43 aos 45 parei de fumar. Um "cigarro social" foi o suficiente para acabar com todos os benefícios de não fumar, que são muitos, e eu próprio experienciei. Vale a pena deixar de fumar! Dois anos depois decidi que já não voltava a fumar mais. Não queria tomar esta decisão aos 50, nem aos 60 anos, tinha que ser agora. Também ja sei que nem aquele cigarro "inocente" pode ser fumado, pelo menos por mim. A todos os que agora começam boa sorte, sei que é possivel! (Nota: quando aquela vontade vier, acredite, ela vai embora, podem ser cerca de 5 min)

 

Anônimo

21/08/2016

 


 

Há cerca de 2 anos meu namorado terminou comigo e a partir sai comecei a fumar... Sempre fui muito ansiosa então comecei a fumar...
E isso me ajudou muito no primeiro instante. Mas o problema é que não sabia que tinha bronquite asmática. Há 10 dias atrás comecei a sentir muita falta de ar e dor no peito. Desde então não fumei mais. Fui ao médico e ele me passou exames e medicamentos. Estou aguardando os resultados dos exames, mas eu ainda me sinto muito mal.

 

Paula

19/08/2016

 


 

Há 48 horas sem fumar e não consigo pensar em outra coisa. Em um esforço olímpico para parar de vez. Estou usando BUP, adesivo e chiclete de nicotina.

 

Radamés Vieira

16/08/2016

 


 

Galera fumei 8 anos e comprei uma pastilha MARAVILHOSA. Chamada NICORETTI 4 mg ele tem bem pouca nicotina. Mas realmemte quando vc mastiga a vontafe vai embora. Você mascando umas 4 pastilhas ao dia a vontade passa na embalagem vem 30 pastilhas que dura uma semana mais ou menos... Depois dessa uma semana a vontade já não estará forte, aliás nem estará. Então como o vício é triste de você sempre ter algo em mãos...você troca por trident que aquela angústia passará e você ficará livre. Fumava 2 maços por dia.

 

Anônimo

15/08/2016

 


 

25 meses sem tabaco, com a economia respectiva de 5 € por dia.
A respiração está quase normalizada e o coração agradece.
O peso aumentou 3 kg, nada mau, até estava a precisar.
É necessário escrever bem forte no centro do cérebro «TABACO NUNCA MAIS» e tudo ficará muito fácil.
Caminhada diária, alimentação cuidada e água abundante, são os ingredientes necessário para vencer.
Repare como o tabaco cheira mal, os dedos amarelos, dentes estragados, respiração ofegante e pouco fôlego ao menor esforço.
A casa cheira mal para todos excepto para você que ninguém lhe pode falar em parar com o tabaco.
Chega, deixe isso de uma vez e sentirá o sabor dos alimentos, o cheiro da maresia, das flores silvestres o perfume de quem passa e nunca mais vai estar à porta com o cigarro na mão.
Abraço meus amigos.

 

Enes

13/08/2016

 


 

Tenho apenas 3 dias sem fumar, tive uma gripe muito forte, a qual me levou a sentir tudo que nunca tinha sentido. Acordava no meio da noite totalmente sem ar, sensação que nunca mais quero sentir e sei que uma grande parcela de culpa é do cigarro.
Simplesmente acordei e disse: Não quero mais fumar!!!
E é isso estou me saindo bem e não vou mais fumar.

 

Anônimo

12/08/2016

 


 

Em um belo dia sem poder comprar meus 'queridos cigarros', fiquei na vontade e isso foi se prolongando até o final de semana. Quando eu peguei uma grana pensei em comprar, porém, já estava há 3 dias sem fumar e decidi ver até onde eu iria chegar. Há dois meses estou sem fumar e digo que se você quiser é possível sim e sem sacrifício.
Só mais uma coisa, com o dinheiro do cigarro posso comprar uns pequenos agrados pra minha mulher e ela ama rsrs

 

Breno

11/08/2016

 


 

Faz 15 dias que parei de fumar, estou feliz não sinto falta. Meu cheiro mudou, minha pele, meu paladar, tudo parece mais saboroso. 40 anos fumando, incrível sem remédio... Quero deixar o segredo, o que me fez parar de fumar foi o amor dos meus netos, um casal de gemeos de 7 anos 'João e Maria" moram comigo. Eles me chamam de mãezinha e mamãe para minha filha, eu sou a base o suporte deles e existe muito amor... Sei que eles dependem muito de mim do meu amor... Com os olhinhos cheios de lágrimas me pediram para eu nunca morrer pois nunca queriam ficar longe de mim. Estavam todos os dias rezando a Deus para eu parar de fumar... Por isso parei amor aos netos e realizar seus sonhos, esses 15 dias é uma festa em casa com eles só alegria

 

Anônimo

10/08/2016

 


 

Parei de fumar há 25 dias e está sendo terrível! Não consigo me concentrar, não consigo produzir e em vários momentos penso que viver sem fumar não vale a pena. Parei pois fiz uma cirurgia e era nescessário ficar sem fumar pois a cirurgia foi no rosto e poderia trazer mil complicações. Já queria parar faz tempo pois estava com gastrite e com muita secreção no pulmão ao acordar além de não ter fôlego para quase nada. Sinto-me mais saudável porém sinto-me muito triste. Hoje descobri esse site e também não aguentei e fumei (na verdade dei duas tragadas) em um cigarro. Por sorte era um cigarro que eu já não gostava muito e por sorte, dessa vez, achei ruim o gosto e não segui em frente. Me senti culpada por essa recaída mas acho que foi bom sentir um gosto ruim!

 

iara

08/08/2016

 


 

Faz 6 dias sem o cigarro e a vontade não passa. Pensei que passava mas não. Tô quase desistindo.

 

Anônimo

07/08/2016

 


 

Tenho 39 anos, fumo desde os 16 anos e estou no quarto dia sem fumar, não diminui e não estou usando remédios, estou na raça e na vontade! Meu Deus... Como está difícil. Será que vale mesmo a pena parar de fumar e sofrer tanto assim? Estou na luta, mas em alguns momentos a crise é tão intensa que dá vontade de fumar e aliviar o meu estado atual. Só quero que esses dias passem rápidos...

 

Alexandre Camargo

05/08/2016

 


 

Começei a fumar aos 14 anos, naquela fase de festinhas e só bobagem. Fumei durante 22 anos. Já tentei diversas vezes parar. Mas só consegui parar agora, porque meu filho vai nascer em setembro. Quando sinto vontade de fumar, penso no meu bebê Henrique e a vontade passa, pois quero passar um bom exemplo de saúde e educação. Cigarro nunca mais.

 

guilherme

04/08/2016

 


 

Tenho 40 anos e fumei desde os 17. Sempre que me perguntavam quando eu iria parar de fumar, respondia que aos 40 anos. E esse dia chegou no dia 3 de junho de 2016. Comemorei minha idade nova e fumei meu ultimo cigarro às 5 da manhã. Confesso que nem eu acreditava que ia conseguir.
Passei o primeiro e o segundo dia na cama. Achei que seria mais difícil, mas consegui.
Quando completou 15 dias sem fumar, quase desisti... A falta de nicotina é algo avassalador. Mas substui o cigarro por chá, parece brincadeira, mas foi como consegui diminuir a vontade de fumar.
Assim, sem remédios, e com muita garra, estou há quase 60 dias sem fumar. Foi difícil, mas não impossível.

 

eU

29/07/2016

 


Olá...
Estou na luta, tentando abandonar o vício, já parei por 5 anos outras 2 vezes, mas agora está muito difícil.
Usando há alguns dias o Bup.
Efeitos colaterais terríveis, mas a vontade de largar o vício é maior... aceito dicas.

 

Anônimo

29/07/2016

 


 

Olá a tds, estou há 8 meses sem fumar e parei também sem tomar remédios ou adesivos, mas está muito difícil ainda porque sinto vontade e meu corpo sente também. Óbvio que a respiração melhorou muito mas engordei 11kg um absurdo porque estou me sentindo muito mal. Ainda sinto peso nas pernas e tonturas mal estar também incômodos no abandonem. Já fiz até endoscopia que graças a Deus não resultou em nada grave. Mas ainda continuo ansiosa e com muita vontade. Não sei mais o que fazer para me sentir melhor. Mas uma coisa é certa: é muito bom viver sem o cigarro. Um abraço

 

Cleide

28/08/2016

 


 

Estou há 39 dias sem fumar!!!
Fumei por 15 anos e me sentia um lixo quando fumava, tinha que sair dos locais para fumar, sempre fedendo cigarro, minha família e alguns amigos saiam perto quando estava fumando ou quando fedia a cigarro. Me faltava o ar, saia igual loucaa a qualquer horário para comprar cigarro, era um tormento.
Apesar de ter me livrado disto tudo não pensem que vem sendo fácil, achei que após algum tempo fosse deixar de sentir vontade, ledo engano!!!!
Há momentos em que parece que deixei de fumar ontem e a abstinência me perturba, tento driblar estas crises ocupando meu tempo. Matriculei-me na academia, comecei a fazer trabalhos voluntários com crianças carentes e assim vou vivendo... um dia após o outro.
Mas não penso em desistir e sei que a vontade diminuirá e você que está tentando parar não desista!!!!!

 

Nara Mendonça

27/07/2016

 


 

Queria agradecer ao administrador da página... meu caso é que nem de todos, sou fumante a 31 anos, fumando atualmente 2 maços. Hoje estou a 4 dias sem fumar. No 2º dia estava ficando maluco e conheci este site, por sorte, pois acabei lendo diversos depoimentos e vi que todos nós passamos pelos mesmos problemas de abstinência. Graças a ler os depoimentos das pessoas, respirei fundo e não fumei, hoje estou no 4º dia, o pior já esta passando, li diversos blogs e depoimentos de médicos, as 72 horas são a que os fumantes desistem, passado isto você começa a melhorar os sintomas... Sei que é duro por que estou sentindo que todos sentem, mas com fé todos nós vamos vencer o vício... Boa sorte a todos e obrigado a quem fez a página está me ajudando muito ler os depoimentos

 

Anônimo

27/07/2016

 


 

Boa noite amigos. Fumei 22 anos, estou completando 2 dois meses sem fumar, mas essa semana foi uma das mais difíceis, tive muita vontade de fumar. Depois de quanto tempo essa vontade diminui? Peço ajuda dos amigos, enquanto isso continuamos na luta diária contra o vício, ou seria uma doença? Sei lá, boa sorte a todos.

 

Ricardo Frasson

26/07/2016

 


 

Tenho 30 anos fumei 15 anos, parei tem 04 meses sem remédio e sem nada, a vontade agora esta bem mais controlada mas no começo não foi fácil, sonho muito que estou fumando e acordo desesperado, alguém aqui também sonha que está fumando?

 

Anônimo

22/07/2016

 


 

Meu nome é Jaime Thalles, tenho 44 anos e moro em Betim(MG). Gostaria de dividir com vocês minha alegria, e minha gratidão todos, Fumei durante mais de 20 anos, e sei o quanto é difícil abandonar o vício.
Doei algumas horas de minha vida durante 5 dias, encontrei um porto seguro, e ganhei certamente mais alguns anos de vida para mim e para as pessoas que amo.
A minha respiração ficou mais leve, meu fôlego aumentou consideravelmente, acabou todo pigarro da garganta; a voz ficou mais bonita. Engordei 2 kilinhos e acabei descobrindo os benefícios da caminhada e dos exercícios físicos.
E saibam que na verdade precisamos viver um dia de cada vez longe do cigarro, evitar colocar um cigarro na boca só por hoje!
Tentei 3 vezes até conseguir.
Nossa maior fraqueza está em desistir.
O caminho mais certo de vencer é tentar mais uma vez.

 

Jaime Thalles Vieira

20/07/2016

 


 

Tenho 24 anos e fumava todos os dias desde os 15, ou seja 9 anos fumando. Há 12 dias acordei com dores nas costas, no peito, falta de ar e dor para respirar. Fui ao hospital e o raio x apontou um quadro de pneumotorax espontâneo. Ou seja, meu pulmão estava furado e murcho. Colocaram um dreno em mim e fiquei internada por tres dias. Não existe uma causa específica para isso, mas o cigarro pode ter sido a causa. Ainda mais no ritmo de cigarros que eu estava... Cheguei a um maço e meio por dia. Me culpo, minha consciência me diz que foi sim o cigarro que estourou meu pulmão direito. Vou fazer uma cirurgia mes que vem pois tenho bolhas de ar no pulmão direito que podem estourar e causar outro pneumotorax. 12 dias sem cigarro. Não é facil. Ainda mais porque eu nao queria parar, mas fui obrigada.

 

Anônimo

18/07/2016

 


 

Gente já é a segunda vez que entro neste site e me pego lendo algumas histórias de vitória contra o vício... Hoje faz 10 dias que aboli o cigarro da minha vida e olha que fui fumante grau severo durante 11 anos aquela que surtava se não tivesse cigarro... De ir de madrugada de posto em posto até achar o bendito... Mas enfim um dia acordei e pensei: Sr. eu não sou fumante, só por hoje eu não vou fumar... No dia seguinte a mesma coisa... Só por hoje não vou fumar e foi assim até a presente data. Acredito que seja pelo resto da vida, uma vez que não desejo voltar ao vicio. Mas é exatamente como eu li aqui. Cada um tem o seu momento.
Gente eu fumava porque gostava mesmo, tragada longa, gostosa... Parei de fumar do nada, nem planejei e deu certo e dará a todos que desejarem de coração...

 

Ingrid

17/07/2016

 


 

Fumei praticamente por 20 anos. Já estava fumando quase dois maços por dia. Parei há três anos. E digo que somente consegui com ajuda médica. Por isso, digo: não sinta preguiça ou vergonha de procurar tratamento. O tratamento ajuda de verdade! E persista, não se entregue. Os benefícios nem preciso dizer, a ciência e os doentes terminais por causa do fumo falam por si sós. Engordei muito, ainda sinto falta do cigarro, mas se Deus permitir e me der forças, cigarro nunca mais.

 

Cesar

16/07/2016

 


 

Olá meus amigos sinto também de passar um pouco desta triste história chamada vício...
Fumei desde os meus quartoze até os 42 anos. Comecei com cigarros de maços e depois com fumo de corda. fiquei nesta situação até no dia 11 de julho por não estava me sentindo bem, passei no médico e fiz um raio X. O médico descobriu uma pneumonia em um dos meus pulmões que estava feio demais... Depois deste dia estou sem fumar há cinco dias mas precisamos lutar contra este vício maldito que não nasceu com a gente mas podemos vencelo sim.
Vamos vencer por nós pela nossa saúda e pela saúde daqueles estão em nossa volta dentro de nossa casas que são nossos filhos, esposa.
Muito obrigado pelo atenção, que Deus possa cumprir o desejo de todos vocês que estão deixando este vício. Que todos possamos conseguir vencer.

 

Anônimo

15/07/2016

 


 

Boa tarde Amigos(as). Eu mim chamo David Souza. Ex-Fumante, fumei 35 Anos uma carteira ou mais todos os dias. Hoje já tem 8 meses e 5 dias que parei este Maldito, usando adesivos até hoje. Como tem sido difícl para mim. A minha família não me compreende. Minha esposa nunca fumou. É logico que quem entende um fumante é outro fumante.
Além de usar a medade de um Adesivo de 21 mg, uso também 1 Diazepam de manhã e outro à noite. Gente após 11 meses ainda tem sido muito difícil para mim, embora nunca pensei em voltar fumar esta terrível droga chamado Cigarro, altamente mortifira.
Eu odeio o cigarro. Estou fazendo meu tratamento com ajuda do Senhor Jesus Cristo, sozinho jamais conseguiria. A minha saúde está ficando ótima dia após dia.
Vale apena sofrer, passar momentos que pensei que fosse morrer.

 

David Souza

15/07/2016

 


 

Bom, eu estou há exatamente 11 dias sem cigarros. Está sendo uma luta, lembro do maldito a cada hora, mas estou indo bem. O problema sempre vem com a tal "mudança de rotina", amanhã tenho um aniversário pra ir. Não posso beber, senão terá sido tudo em vão. Vamos seguindo na luta, chega de cigarro, essa porcaria nos apodrece.

 

Rodrigo

14/07/2016

 


 

Tenho 22 anos, fumo há 7 anos e já tentei parar de fumar 2 vezes. A primeira vez consegui por um mês e logo voltei a fumar porque bebi uma cerveja. Agora parei novamente e hoje faz 3 dias que não fumo. Antes eu fumava 1 maço por dia e quando bebia eram 2 maços. Foi difícil parar de uma vez por todas.
Sempre senti muita vergonha de ser fumante, tinha vergonha de chegar perto das pessoas e elas sentirem o cheiro do cigarro, nunca consegui ficar em um lugar por mais de 6 horas sem ficar mole e desesperada para fumar a ponto de querer matar alguém, ou pegar restos de bituca no cinzeiro quando acabava o maço. O vício me escravizou durante anos, e finalmente criei forças para largar esta droga, e irei conseguir, assim como todos vocês!!!!

 

Anônimo

14/07/2016

 


 

Tenho 46 anos, fumava desde os 19. Ano passado, 2015, na passagem de ano dia 31 comecei a sentir uma azia muito forte e incomum. Sempre tomei remédio para tal mas nada passava aquilo. A dor apertou muito, meu marido me levou ao hospital. Após me medicarem a ansiedade, o ataque de pânico, finalmente diagnosticaram um enfarto. Sim enfartei aos 46 anos. Sofri muito, acredito que nem seja possível descrever o medo, descrever a dor, descrever a UTI. Foi colocado 1 stenter para me salvar no momento. Após tudo, conversando com médico, o motivo único foi o cigarro. Sim, eu fiz isto comigo, me matei aos poucos. Já faz 7 meses que parei, com todas as bengalas possiveis. Adesivo, bup. Enfim. Queria muito ter acordado antes, antes de ter chegado tão perto do fim.

 

Alessandra Zanine

13/07/2016

 


 

Hoje faz 8 dias que não fumo.

 

Will

12/07/2016

 


 

Fumei 40 anos. Tenho 55 e comecei a fumar com uns 15. No início era um cigarrinho aqui, outro acolá, depois foi aumentando, comecei a comprar maços e já viu né? A nicotina controlando a vida. Apesar de fumar uns dez cigarros por dia depois de tanto tempo a ladeira cansa mais do que deveria. Chega! Já parei várias vezes e nunca consegui levar adiante a determinação que hoje me vem. Estou sem fumar há quase 48 horas (período critico) mas quero ficar livre dessa droga. Aceito boas vibes...

 

Hal

09/07/2016

 


 

Hoje fazem 12 dias que não fumo, mas vou ser sincero, sinto muita vontade, principalmente quando acordo e após as refeições. Estou usando o adesivo para ajudar na ansiedade e lutando contra o hábito de acender um cigarro por qualquer motivo. Hoje estou me sentindo muito melhor que nos primeiros dias. Tem horas que chego a esquecer do maldito, graças a Deus. Confesso que a sensação que tenho que perdi a coisa mais importante da minha vida, mas vou conseguir. Decidi que não fumo mais e não fumarei. Foram 30 anos de um vício idiota sem sentido nenhum e não quero mais isso pra mim. Hei de vencer.

 

Anônimo

06/07/2016

 


 

Aí gente hoje faz apenas quatro dias que parei de fumar. Tenho 27 anos e fumo desde os 11 anos. Então tipo é muito tempo. Muitos anos, não está fácil mas meu marido detesta cigarro meus dois filhos tabém reclamam muito então porque continuar se não estou agradando as pessoas que mais amo?! Eu respondo: Eu quero Eu posso Eu vou conseguir sem remédios sem nada apenas força de vontade. Admito, a vontade de fumar é fortíssima principalmente após as refeições na hora do chimarrão mas vou conseguir assim como todos tbm vão.
#BoaSortePraNos!!!!!!!

 

Simone/b>

05/07/2016

 


 

Faz 2 dias q parei de fumar, já arrumei mil desculpas para poder fumar novamente, mas como estou mo trabalho não posso sair. Eu preciso de ajuda.

 

Rosa

05/07/2016

 


 

Estou ha 24 horas sem cigarros... Quero um grupo de tabagistas para trocar idéias...
Gostaria de saber como lidar com os dias difíceis ate cruzar as encruzilhadas...

 

Anônimo

05/07/2016

 


 

Olá.. parei de fumar há 3 meses. Fumei por 2 anos, e já estava fumando quase 2 maços por dia. Nos primeiros 15 dias sofri crises horríveis, ansiedade meio conjunta com episódios depressivos, irritabilidade, insônia (esta sinto um pouco até hoje), entre outros sintomas da abstinencia. A vontade de fumar um cigarro, vem de repente, mas a cada dia que passa ela dura menos... Basta ser forte e aguentar firme, ter força de vontade que você consegue... Lembre-se de todo o mal que ela traz para você e, também, para seus entes queridos (se ainda não traz mal para eles, vai trazer no futuro acredite).
Hoje apenas sinto uma leve insônia, a ansiedade quase nada... Engordei uns 5kgs, mas nada que uma academia não resolva. Minha vida melhorou demais, sem contar o gasto que era com 2 maços por dia. Abs

 

Anônimo

04/07/2016

 


 

Parei de fumar faz 2 meses. Mas pra mim está sendo uma vitória. Eu não conseguia ficar 2 horas sem fumar, mas graças a muita oração Jeová está comigo nesta luta. Espero que todas as pessoas sejam fortes e consigam largar esse vício.

 

beatriz Oliveira

04/07/2016

 


 

Fumei durante 35 anos. Quando meu filho começou a fumar, assim que entrou na faculdade, me senti culpada, pois não me sentia confortável ao pedir para que ele parasse. Porém prometi parar assim que ele também parasse (apesar de achar que não conseguiria). Num fim de semana ele chegou e me falou que não fumava já há 2 dias e eu, cumprindo o que havia prometido a ele, falei: paro tb! Assim foi. Já se foram 15 dias e confesso a vocês que pensei ser muito mais difícil. Pensei que jamais conseguiria e que me tornaria triste e ou agressiva. Nada ocorreu, a não ser vontade em certos momentos! Meu maior incentivo é pensar nos benefícios que a ausência do cigarro nos trás como: mãos sem cheiro, roupas, hálito, o cabelo começa a mudar, a pele enfim, são visíveis as mudanças. Quando me dá vontade, chupo bala, chicletes e tomo água.

 

Anônimo

02/07/2016

 


 

Fui fumante por 19 anos. Estava em processo de parar de fumar há 1 ano, pois fumava mais de 20 cigarros por dia o que junto com um alto nível de estresse me fez parar no hospital por várias noites com taquicardia. Reduzi meu consumo gradativamente até que há 3 dias atrás resolvi parar de vez. Não é uma tarefa fácil, mas estou firme... Estou me sentindo muito bem, não me sinto mais tão cansada fazendo exercícios e parece até que estou mais feliz. Toda vez que tenho vontade de fumar penso nessa sensação de bem estar que estou sentindo e logo a vontade passa.

 

Anônimo

30/06/2016

 


 

6 dias sem cigarro... Muita tosse... Falta de ar... Inquietaçao... Sensação de perda... Mas estou lutando... Não quero mais fumar...

 

Anônimo

29/06/2016

 


 

Comecei fumar com 15 anos. Tenho 46 e sempre fumei muito. Parei várias vezes e cheguei a ficar 3 anos sem cigarro. Agora estou na luta novamente e uma coisa que dá certo é anotar AS HORAS SEM CIGARRO nos primeiros dias. Isso mesmo: anote num papel as razões que te levam a deixar o cigarro: aquele gosto horrível na boca que não sai nem escovando os dentes, o gosto de cigarro na boca quando acorda pela manhã, o cheiro horrível nas roupas e nos cabelos, a aparência da pele, o rosto com a pele ressecada, a vergonha quando você acabou de fumar e alguém vem para cumprimentar você e você com aquele cheiro e hálito horrível. Como mais quando fumo, para tirar o gosto do cigarro da boca e engordo. E fumando meu rendimento na academia reduz muito. Contar as horas é vitória certa para os primeiros dias.

 

Anônimo

27/06/2016

 


 

Fumo há 19 anos, com várias tentativas fracassadas para parar e resolvi tentar com o Cloridrato de Bupropiona, estou adorando, nunca pensei que pudesse acordar e não sentir vontade de fumar. Tenho 36 anos e passei mais tempo fumando do que o contrário, estou há dois dias sem fumar, mas iniciei o tratamento há dez dias. Me sinto ótima e muito feliz.

 

Berenice

27/06/2016

 


 

Bom dia!!!!! Não fumo há quatro dias e me sinto vitoriosa, pois fumava 25 cigarros ao dia. Tem um tempo que venho querendo parar e chegou a hora. Muitas pessoas ficam falando todo o tempo para parar e blá blá blá, mas não sabem a dificuldade que é. Realmente a vontade vai diminuindo, mas ainda lembro muito do cigarro. Ah, tenho 45 anos e fumo há 24 anos. Eu quero sentir ORGULHO de mim. EU tomo conta da minha vida, e não o cigarro. Horrível você entrar em pânico quando vê o cigarro acabando...
Logo mais eu volto pra contar como está essa minha nova vida...

 

Anônimo

27/06/2016

 


 

Boa tarde parei de fumar por causa da impotência sexual parei há 40 dias. Ainda não senti melhora mas estou respirando melhor. Não foi fácil, mas com determinação e vontade consegui e estou fazendo academia para não engordar. Boa sorte a todos que tentarem parar de fumar foi a coisa mais difícil em toda minha vida.

 

Anônimo

16/06/2016

 


 

Olá pessoal em uma ano aproximadamente passei a fumar somente aos finais de semana quando bebia, agora tem um mês que parei definitivamente. Eu não sinto vontade de fumar, porque tenho rinite e vivo com nariz entupido, mas psicologicamente tenho tido uns sintomas horríveis, medo de morrer, ansiedade, medo de passar mal, tristeza, irritabilidade, angústia, medo de sair sozinha, gostaria de sabe se isso é normal e o que podem me indicar ou sugerir para ficar bem, pois sei que não quero mais fumar para quero ficar bem.

 

Anônimo

14/06/2016

 


 

Estou na terceira tentativa, fumei dez anos hoje tenho 27, me sinto muito melhor e motivado. Pensei que nunca ia conseguir mas eu realmente tive uma vontade enorme em largar e posso dizer que estou curado. Ainda sinto vontade mas ela passa e esta diminuindo a cada dia. Persistam, vale muito a pena. Parabens a mim a voces! Vida novaaaa

 

Wanderson

14/06/2016

 


 

Tenho 35 anos e durante 20 anos fumei em média de uma carteira(maço) e por muito tempo tentei de várias formas parar de fumar e não conseguia. Acabei juntando uma grana e comprei o remédio chamado champix e comprei o tratamento inteiro. Durante 1 mês e meio estava tudo ok só com alguns efeitos colaterais mais estava tudo bem e nesse período peguei zica e tive que ter uma opinião pessoal. Hoje já se completa 5 meses sem o cigarro e dou total apoio para uso com um médico especializado e eu fui de opinião e comprei e fiz o tratamento e para finalizar.

 

fernando melo

08/06/2016

 


 

Olá Pessoal! Estou há dois meses sem fumar, e consegui através deste remédio "Bupropiona", o mesmo precisa de receita médica. O tratamento duro 15 dias, tomando um comprimido por dia. Antes de qualquer coisa consulte seu médico para este tratamento. Para quem a bupropiona é indicada: Normalmente a bupropiona é dada a pacientes com dependência elevada ao cigarro e que não esteja conseguindo parar de fumar devido aos sintomas da abstinência ao fumo. É comum que o médico meça o nível de dependência e o indique para quem fume 20 ou mais cigarro ou tenha pontuado acima de cinco em teste específico, chamado de Teste de Fagerström. Pode ser útil para fumantes que também tenham algum transtorno psiquiátrico significativo. Mas isso normalmente é avaliado por um médico.

 

Anônimo

07/06/2016

 


 

Parei de fumar com o bup foi a melhor coisa que fiz na primeira semana de uso já não sentia mais a vontade de fumar. Estou super feliz espero que passe as lembranças, mudei também meus hábitos, tudo que eu fazia quando fumava parei de fazer. Nem café tomo mais. Graças a Deus que estou conseguindo e boa sorte para voces

 

patricia

02/06/2016

 


 

Então galera, estou no primeiro dia sem o cigarro, o meu problema maior é que eu o adoro, gosto do sabor, do cheiro e da companhia.
Em questão de resistência não me preocupo até porque corro e mergulho melhor que muitos não fumantes.
Estou decidindo para ou tentar mais uma vez pois agora tenho a obrigação de dar bons exemplos para meu filho, e poder cobra-lo quando resolver colocar um cigarro na boca! A minha família vem de uma genética fraca contra o câncer, eis então mais um motivo para poder curtir o máximo do filhao!

 

RAFAEL

02/06/2016

 


 

Passei para ler relatos de grandes pessoas!!! Iguais aos meus sentimentos e grandes atitudes!!! Parabéns a todos nós e que Deus nos ajude nesta batalha constante. 11 anos a fumar decidi parar não é fácil!!! Já lá vai o 3 dia. Sinto me melhor. Daqui para frente é só continuar a guerra! Vitória a todos nós.

 

Ana

01/06/2016

 


 

Olá deixei de fumar faz quase 4 meses por motivo de tensão alta. Fumava quase 20 cigarros por dia, só quando consumia bebidas alcoólicas que fumava mais.
Quando deixei tinha muita ansiedade e ia para o meu médico e dizia lhe que a medicação que me receitou para a tensão alta era mais da dose mas não era. Na realidade era ansiedade, a boca muito seca, ia caminhando e com tonturas parece que ia desmaiar. Ainda me dá um pouco de tontura, é muito difícil, mas tem que ter muita força de vontade para deixar. É muito duro.
Vou fazer o possível para não fumar nunca mais. Passei muito mal quando deixei de fumar, minha esposa e filha não podiam falar comigo porque estava sempre nervoso: agora brinco com elas e acho muito mais importante a família do que o tabaco.
O TABACO MATA

 

VITOR MONTEIRO

01/06/2016

 


 

Hoje faz 2 anos e cinco meses que deixei de fumar, um vício que me acompanhou durante 23 anos. O que resultou em mim, foi numa noite de passagem de ano, dizer: "o cigarro não manda em mim, eu é que decido o meu destino". Nunca mais voltei a pegar num cigarro

 

Luis

31/05/2016

 


 

Tenho 34 anos, e parei de fumar há 1 ano e 3 meses. Foi muito difícil, tive até um principio de depressão.... mas logo passou. Hoje não tenho a menor vontade de fumar. Se você acha que a vontade não vai passar, você está errado! Uma hora ela passa e você nem vai se lembrar que era fumante.

 

Anônimo

31/05/2016

 


 

Fumei 35 anos, parei há 01 ano, desde o dia 20/05/2015. Não foi e não está sendo fácil, é uma luta diária. Gostaria de dar o meu apoio aos que pararam e aos que estão tentando parar, pois o cigarro é extremamente maléfico, física e psicologicamente. Hoje aos 54 anos, comprovei que se não tivesse fumado poderia estar muito melhor, muitos dos meus problemas de saúde, surgiram por eu ter me deixado escravizar por ele. Peço a Deus que ainda dê tempo de ter evitado problemas maiores. Não desista desta luta, poupe sua saúde, é o seu bem mais precioso e que nada lhe custou, foi Deus que proporcionou a você. Fumar é desvalorizar a vida, é desrespeitar o seu corpo saudável, é queimar dinheiro .... Não pague pra ver o resultado de continuar fumando, poderá ser desastroso e irreversível. Boa sorte!

 

Shirley do Carmo

30/05/2016

 


 

Estou há 39 dias sem fumar estou sentindo um pouco de vontade nesses dias mas não "aquela" vontade. Me sentindo muito bem sem o cigarro pare enquanto voce tem tempo

 

sandro

29/05/2016

 


 

Deixei de fumar no dia 15 de novembro de 2015, o tabaco acabou no domingo a noite e disse "não compro mais", e assim foi.
Não foi muito dificil, tenho uma profissao que exige muito do meu tempo, nunca fui de fazer intervalos para fumar, não fumava nos dias de folga nem fumava em casa.
Normalmente fumava 3 a 4 cigarros por dia, embora houvesse dias que fumasse mais, principalmente nas ocasioes sociais.
Desde que deixei de fumar engordei 6 kg, peso no momento 76 Kg tenho 1,68 m de altura e não me sinto bem. Tenho uma necessidade enorme de comer doces constantemente.
Sinto que é mais dificil controlar a alimentação para emagrecer do que ter deixado de fumar.

 

solange

29/05/2016

 


 

Já parei de fumar 3 vezes e voltei. Estou há 1 semana sem cigarro. A decisão veio quando tive suspeita de h1n1. Sensação dos pulmões pesando, falta de ar e uma tosse horrível. Felizmente não é h1n1 e meu pulmão está ok. Mas tive pesadelo, cheguei a ter certeza de que estava com algo grave. Foi só um susto, porém interpretei como um recado. Tento esquecer as outras vezes que fracassei, tomo muita água e tento controlar o mal humor súbito que as vezes me toma. Ansiedade e insônia também são recorrentes. Socorro! Vocês sentem isso também?

 

Carolina

28/05/2016

 


 

Parabéns, pessoal!... O fato de estarmos aqui deixando nosso depoimento é prova de que somos uma pequena, mas importante parcela que teve a coragem de dar o 1º passo e vem lutando com garra pra vencer esse vício!... Ninguém aqui nasceu fumando, então vamos conseguir!... Tenho 52 anos dos quais 40 joguei no lixo enquanto fumava!... Desde os 12 anos, ainda criança, venho acabando com minha saúde... Mas sempre é tempo de mudar, principalmente se for pra melhor!... Apenas 3 dias depois que parei, já me senti outra pessoa e a cada dia fico melhor, mais forte, mais disposto e respeito muito melhor também!... Já sinto o sabor dos alimentos, durmo melhor e adeus renite crônica!...kkk... É maravilhoso não fumar!... Força pessoal!... Vamos em frente e cigarro acabando com nossa saúde? NUNCA MAIS!...

 

Anônimo

28/05/2016

 


 

Estou há 3 anos e 2 meses sem fumar. Fumei por 23 anos. Estou com vontade de voltar... Que coisa.

 

Paim

23/05/2016

 


 

Fumei 33 anos. Hoje faz 6 dias que parei de vez! Sem remédio, e olha que fumava 20 cigarros por dia. Acordava e dormia, com o cigarro. Comecei a me sentir fedida, roupa, cabelos, mãos. Não adiantava camuflar com cremes e perfumes. Determinei parar de fumar, porque num certo dia, estava chovendo muito, e não estava muito afim de comprar cigarro. No dia seguinte, pensei...não vou comprar!!! Fiquei 13hs sem fumar. O meu corpo desfaleceu, não tinha energia pra nada, estava parecendo uma doente, sofrendo sem cigarro. Então...
Me perguntei... como posso ficar assim? Como posso depender de algo que me consume aos poucos, acabando com a saúde do meu corpo, dentes, pele, e distante das pessoas que mais amo. Ou seja, um dia na minha casa, eu ficava no total 3hs fumando. Estou aqui, firme e forte!!!! Sem remédios. Pedindo a Deus todos os dias para me dar forças e comemorar todos os dias as vitórias de minha vida! E você? Busque a sua. Não deixe uma coisa tão insignificante te destruir aos poucos. Tome uma atitude e verá que você é vitorioso e Deus lhe ajudará! Acredite!!! Confie e não desanime!!!! Você é mais forte! É capaz de se livrar de algo que não vai lhe trazer benefício. Pense e reflita. Estou firme!!! Graças a Deus!!

 

Anônimo

25/05/2016

 


 

Ai estou há 2 dias sem fumar. Decidi parar e também enfrento tudo. Não me incomodo com cigarro. Fumo há 5 anos e todas as horas me lembro do cigarro. Procuro preencher meus pensamentos com outras coisas tento fingir que está tudo bem que eu posso mais. Há 3 dias, quando decidi, deixei um cigarro apenas. Um, para ver como eu conseguia e estou conseguindo. É tão difícil eu estou com uma crise nervosa já peguei ele 4 vezes. Nesta última fiquei com ele 1 minuto na mão devido o nervosismo querendo muito mas não fumei: consegui concluir mais um dia. Não vai ser fácil mas não é impossível. Podemos, é só querer. Boa noite e força galera

 

fernanda

23/05/2016

 


 

Tenho 33 anos, sou médico cardiologista e sentia muita vergonha de fumar. Deixava Trident, Halls e desodorante no carro para não percebessem no trabalho. Às vezes alguém chegava mais perto, percebia que eu tinha fumado e estranhava. Botava a culpa na minha mulher na época que fumava e mudava o assunto. Alguns percebiam a mentira e me repreendiam. Em eventos dizia que ia ao banheiro e me afastava o máximo para poder fumar. Quando me pegavam, dizia que era só um cigarro e que fumava muito raramente quando bebia. Há dois dias marcaram um encontro em um bar. Decidi que não ia fumar. Já tinha comprado a bupropiona e adesivo. Uma amiga que sabia me parabenizou por não ter escapado nenhuma vez. Confirmei para ela que tinha parado e isso me deu uma força. Estou há 36h. Tá difícil. Muita fissura, mas conseguirei.

 

Anônimo

23/05/2016

 


 

Ola tenho 31 anos fumei durante 15 anos.. já faz 9 meses que parei de fumar.. Não foi facil. Minha pressão oscilava, dor de cabeça, formigamentos nas mãos, vontade de chorar, medo de tudo, coração acelerado. Não foi fácil, ainda tenho vontade de fumar, mais bem pouco. Tenho fé em Deus que nunca mais irei voltar...
Deus é a solução

 

Anônimo

23/05/2016

 


 

24 dias sem fumar. Comecei a fazer o uso de bup e adesivos, mas no 15° dia senti uma crise muito forte de alergia, urticarias, fiquei muito mal tive que tomar tres injeções anti alergicas devido a alergia ao bupropiona. Será que alguem já teve essa reação alérgica ao uso do bup?
Hoje eu estou usando só adesivo que me ajuda um pouco e faço caminhada todos os dias. Ajuda muito, gracas a Deus, e espero não fumar nunca mais. Tenho medo até de beber cerveja pois tenho medo de um recaída, mas melhor não, nao quero passar de novo por aquelas fortes crises de abstinência que passei nos primeiros dias. Peço orações e que Deus nos de forcas pra livrar de vez desse vício maldito. Ttchaau

 

sergio

23/05/2016

 


 

Boa tarde, está muito difícil, mais do que a abstinência são os costumes. Às vezes estou fazendo algo fora de casa e lembro que não estou fumando. É desesperador Às vezes, constantemente brigo e fico com raiva das pessoas, não sei quando isso vai melhorar, mas estou decidido a parar. Eu não contei a ninguém que parei de fumar, já foram 4 dias, hoje é o quinto dia. Eu decidi do nada, peguei meu cérebro de surpresa, no sábado dia 14/05 bebi cerveja em casa com minha esposa e fumei bastante, quando acordei decidi não fumar mais, já fiz isso outras vezes, pois quando fico de ressaca não gosto de fumar. Mas dessa vez foi a que eu fiquei mais tempo. Agora mesmo falando com vocês veio uma vontade absurda de fumar, mas estou resistindo.

 

Douglas Vinícius de Menezes

19/05/2016

 


 

Decidi parar de fumar há 2 dias. Está muito difícil mais eu sei que é isso o que eu quero, tem sido difícil as insônias e os ataques de ansiedade mais tenho que ter fé em DEUS e força de vontade vou conseguir parar... Não se consegue vitórias sem lutas e esta luta vale a pena lutar...

 

Marcos Aurélio

18/05/2016

 


 

No dia 08/02/2016 eu decidi não fumar mais. Na verdade o cigarro eu abandonei em junho de 2011, e substituí pelo cigarro eletrônico. O que me levou a optar por não mais "vaporar" é que desde que me conheço por gente (tenho 32 anos) ou fumava cigarro, ou "cerroteava" um cigarro, ou vaporava. Nunca me vi como uma pessoa normal, comendo, bebendo e respirando ar puro para sobreviver. Parece que sempre precisei de uma "muleta" para conseguir "funcionar". Acontece que no dia 08/02 faltavam 5 dias para meu segundo filho, Eduardo, nascer. E assim como emagreci e mudei meus habitos antes da minha filha nascer, em 05/2014, decidi também por meus filhos abandonar o e-cig. Meu filho nasceu com um grave problema cardíaco, e faleceu nove dias depois de nascer. Acham que voltei a fumar? Não! Foi o legado dele.

 

Vinicius R. M.

11/05/2016

 


 

Tenho câncer de pele, estou indo para a 4a cirurgia de retirada dele no nariz, mesmo com esse problema de saúde não conseguia parar de fumar. Foram várias tentativas e várias desilusões. Comecei a fumar aos 14 anos, hoje tenho 42. Muito tempo juntos, parece que estou de luto mas dessa vez estou decidida e focada. Sempre que vem a vontade tomo muita água, respiro fundo e venho pra internet pro eufumo, ta me ajudando muito. Boa sorte a todos nós que temos que brigar diariamente com esse vício terrorista.

 

Anônimo

18/05/2016

 


 

Fumo a 45 anos, estou com 59. Nunca tentei parar.
Falar que não estou sentindo falta é hipocrisia, estou sentindo e muita.
Mas continuo lutando dia a dia .Tenho insônia, dor de cabeça, irritação, ansiedade, mas reconheço que muita coisa melhorou.
Hj faz 23 dias que parei achava que não ia conseguir.
Vou continuar nesta empreitada, ainda não parei e sim estou sem fumar, espero um dia dizer, não fumo mais.

 

Anônimo

18/05/2016

 


 

Olá galera!
Bom, já faz mais de 48 horas que deixei de fumar, não está tão difícil como achei que seria e isso é que me preocupa...
Fumo desde os 16 anos, é a primeira vez que tento parar realmente, ainda mais que estou com 24 anos. Enfim, até agora não tive nenhuma crise séria - parei na raça, sem remédio nem nada -, só fiquei com o intestino preso. O que me preocupa é que a crise venha depois, porque eu me preparei psicológicamente agora, mas se vim vamos a luta, e é isso ai, não desistir.

 

Kellen

17/05/2016

 


 

Dia sete desse mês graças ao senhor Deus parei. Galera, engordei alguns quilos (pela ansiedade você come muito) mas isso tem jeito. Foi a melhor coisa que fiz na minha vida, você só descobre o quanto cigarro é horrivel quando para. Evite cerveja se você bebe pois vem muita vontade. Agora galera, fé muita fé. Orem a Deus, ele me fez parar - já tinha tentado antes mas nunca conseguia, abraços. Raramente sinto vontade.

 

felipe

11/05/2016

 


 

Olá pessoal!
Caros colegas, faz 14 anos que fumo e faz cinco que tento parar. Desta engatei uma segunda e faz 31 dias que não fumo. Espero que desta vez eu consiga! Mas a vontade judia demais mas estou firme! Boa sorte a todos! Não vamos desistir, vamos vencer este mal! Parabéns a todos pela iniciativa.
ABS!!!

 

Anônimo

10/05/2016

 


 

Hoje faz 22 dias que parei definitivamente de fumar!! Eu &comecei& diminuindo consideravelmente, mas sempre que eu fumava de novo, era como se todo o esforço tivesse sendo em vão. Pois eu passava 3, 4 dias sem e depois fumava novamente. Mas Graças a Deus, desde o dia 18.04 parei absolutamente. Nem um, nem meio, e também superei momentos de abstinência, crises de ansiedade e outras pessoas e atitudes que facilitariam. Novamente, graças A Deus!!! A cada dia que passa, é uma nova vitoria e o gosto e &hábito& se distanciam mais e mais, para o nosso alívio. Tenho 22 anos e faziam mais ou menos uns 5 anos que eu fumava cronicamente. Hoje eu AMO ser saudável e não sentir mais aquele cheiro em mim. Torço por cada um de vocês para que consigam também. E agradeço e dedico essa vitória a Deus!

 

Anônimo

09/05/2016

 


 

Em 2010 fiz a minha primeira tentativa fiquei 8 meses e voltei. Hoje estou a quatro dias sem fumar e morrendo de medo de fracassar novamente.

 

Anônimo

01/05/2016

 


 

Cada dia é uma luta. Às vezes me sinto vencedora, muito orgulhosa de mim, mas hj... qta vontade... mas me mantive firme; cigarro é feio, fedido e faz mal. Bora aguentar mais um dia. Já tentei diversas vezes, mas desta vez estou muito determinada. Rezo, me distraio com qualquer coisa, pratico exercício físicos, rezo... e muuuuita, muuuita força de vontade. Viva! mais um dia!

 

silvana

30/04/2016

 


 

Fumei por 55 anos aí tive um enfarto e tive que parar. Hoje fazem 45 dias e estou como se fosse o primeiro dia. Estou usando adesivos mas a fissura não passa. Está muito difícil.

 

Beth

22/04/2016

 


 

Olá pessoal, estava a exatos 10 dias sem fumar, realmente não estava em meus planos fumar novamente, mas acabei indo sair com uma galera nesta quinta-feira de Tiradentes, entre uma cerveja e meia me deu uma forte vontade de fumar. Resisti por alguns minutos mas um colega acendeu um cigarro perto de mim e não deu, dai já disparei a fumar novamente.
Foi aí quase um maço. O pior é a sensação de culpa por ter quebrado minha tentativa de parar, mas hoje começo de novo não fumarei!
Vou parar de vez!

 

Kevin

22/04/2016

 


 

Comecei a fumar tinha 15 anos. Hoje tenho 34 anos e pensei que não conseguiria parar de fumar. Antes eu gostava, depois estava ficando com vergonha do cheiro. Não beijava mais meu marido e tal. Teve um dia que estava bebendo com minha família e fumei quase uma carteira de cigarros. No outro dia não estava suportando o cheiro é ai decidi: não fumo mais essa porcaria. Cheguei em casa, joguei o que tinha em casa e decidi.
Nas primeiras semanas foi difícil. Hoje nem parece que eu fumava. Faz 22 dias que não fumo e não faço questão e hoje tenho certeza que não fumo mais! Força compaheiros determinação é tudo.

 

Anônimo

18/04/2016

 


 

Bom fumo desde os 17 anos. Hoje com 34 venho travando uma luta para parar. Já parei várias vezes, sendo duas gestacoes onde nao fumei em nem uma delas mas depois de um ano acabo voltado. Hoje faz sete dias que parei. O pensamento no cigarro é bem mas raro mas a vontade ainda existe. Me preocupo em nao engordar mas perdi a vontade de malhar - acho que é uma fase de conflito comigo mesma. Estou tão decidida que vou na casa das minhas amigas fumantes e fico pensando: não quero isso mais pra minha vida... Acho que quando você sabe o que quer fica bem mais fácil ter força, foco...

 

Regiane

17/04/2016

 


 

Hoje é meu terceiro dia sem cigarro, acredite não esta sendo fácil.
Hoje foi mais tranquilo que os dois primeiros dias, sentir falta do cigarro, mas a fissura já não e mais tão forte e as vontades não são mais tão contante. Graças a Deus! Mas hoje me senti muito sensivel, chorei bastante por qualquer coisa, acho que faz parte.
Mas apesar disso tudo que estou sentindo, sei que sou uma pessoa forte e determinada...

 

Mah

14/04/2016

 


 

Hoje faz exatamente 5 meses que não fumo estou mim sentido bem passei anos estimulando uma data e era sempre no dia de meu aniversário pois era um presente que eu queria me dar. Já tinha botado na cabeça &pow eu tomo um banho uso produtos de boa qualidade, me perfumo toda e logo em seguida um cigarro?&
Eu não estava fazendo nada só jogando dinheiro fora. Então um certo dia fui malhar e levo sempre uma toalhinha e ao terminar o treino fui enxugar meu rosto e não aguentei o mau cheiro do cigarro. Ao chegar em casa, eu falei prá minha mãe: &A partir de hoje eu não fumo mais&.
Não é fácil pois no começo até sonhar fumando eu sonhava e quando acordava ficava na dúvida e dizia &eu não acredito, porque eu fumei?& kkk
Também sou vaidosa e vi entrevistas que o cigarro envelhece e foi o motivo também.

 

Leila lima

12/04/2016

 


 

Parei de fumar a dois meses, não foi fácil as duas primeiras semanas, porém após um mês a vontade diminui. Para mim o único problema ainda é uma falta de ar constante, que não tinha quando fumava, parece que o ar foge de mim. Acredito que a falta de ar seja psicológica, pois quado estou trabalhando e não penso no cigarro não tenho falta de ar.

 

Daniel Padilha

09/04/2016

 


 

Parei de fumar há quase dois meses, dia 13/02/16. Pra quem tem fé, foi milagre, pra mim foi milagre, dia 13, de nossa Sra de Fátima. Descobri uma manchinha branca na língua e corri ao médico, no dia seguinte fiz uma cirurgia para retirada e graças a Deus foi providencial, se deixasse lá provavelmente se tornaria um cancer causado pelo fumo... Juro pela saúde dos meus filhos, NUNCA mais senti vontade de fumar... e vou continuar assim...com minha determinação e minha fé caminhando juntas...

 

Anônimo

08/04/2016

 


 

Olá me chamo Simone vivo na Holanda, decidi parar de fumar porque o cigarro estava me fazendo muito mal, não tinha vontade de fazer nada o cigarro tirava todas as minhas energias como se eu estivesse doente. Fora o estrago que fez na minha pele. Até que um dia me olhei no espelho eu com 32 anos com a aparecia de 45, então peguei o maço de cigarro e joguei no lixo e disse que a mim ele não iria me fazer mais mal.
Ontem fez 2 semanas que estou sem cigarro, e já consigo ver muitos resultados, cada dia sem o cigarro e surpreendente o resultado. Aconselho as vocês também para tomar uma decisão, não é fácil eu sei muito bem, mas como eu disse a mim mesmo se nao e agora é nunca e Minha Vida passa ate eu morrer! Me Sinto Feliz cada dia mais!

 

Simone

07/04/2016

 


 

Estou usando o adesivo há 5 semanas e tomando o Bup. Até aqui estou bem, me sentia mal fumando tanto fisicamente como psicologicamente. Eu e minha irmã começamos juntas. Só que na quinta semana o adesivo começou a dar alergia, ficou inchado e vermelho e coça muito principalmente a noite. Precisou parar. Agora ela vai tentar o de 14 MG de outra marca. Peço a Deus que ajude que dê certo para ela continuar. Está sendo bem bacana nós duas juntas nesta luta.

 

Flor

03/04/2016

 


 

Hoje faz exatamente 45 dias que fui liberta desse vício. Eu adorava fumar, achava impossível isso acontecer em minha vida. E pensava que nunca ia conseguir. Na igreja evangélica A VIDEIRA comecei a pedir pra Deus me ajudar e me livrar disso. E as consequências de parentes e de meu eterno pai que partiram pela doença causadora disso. Comecei a parar para pensar. Minha filha de 06 anos sempre pedia para eu parar... aí foi juntando tudo e comecei a fumar com culpa. Aliás Deus começou agir e eu fui diminuindo e um belo dia resiste e não fumei. Estou e estarei p sempre assim. Sem fumo e livre desse vício. Não foi e não está sendo fácil. Mas o difícil mesmo é nos primeiros dias ou até primeira semana. Hoje em dia com 45 dias eu não sinto tanta vontade. Ela vem e vai. Peço sempre ao Espírito Santo que permaneça.

 

Anônimo

01/04/2016

 


 

Olha, penso na angustia que meu paizinho estava, no leito de morte, e implorava pra Deus só mais 10 anos de vida para ver a única netinha dele crescer!! Minha filha.
Morreu no dia seguinte de câncer de pulmão, pq fumou a vida inteira, 59 anos, novo... descobrimos em dezembro, janeiro ele morreu, sem nos dar tempo para fazer nada!
Estou sofrendo demais, hoje, 5° dia sem fumar, parece que estou de luto, minha terceira tentativa, e em cada momento que penso em desistir, me imagino, implorando 10 anos de vida, que é o que perdemos em fumar, quando estiver morrendo!!!

 

Vagner m. B.

01/04/2016

 


 

Estou há duas semanas sem colocar um cigarro na boca. Me conscientizei do quanto mal isso faz, pretendo nunca mais colocar isso na boca. Só eu sei como em apenas duas semanas meu corpo tem respondido bem sem os cigarros. Trabalho como fotógrafo e quando fumava nos minutos seguintes ao terminar o cigarro não conseguia fazer uma foto devido os tremores. Tudo melhorou, respiração, paladar sem falar no pigarro insuportável que desapareceu em três dias sem fumar. Gente parem com isso, antes que isso parem com vocês. Não esperem ter que descobrir uma doença maligna para só então aí poder parar de fumar. Boa sorte!

 

Rudy

28/03/2016

 


 

Bom dia, estou sem cigarro desde as 22h de domingo 20/03/16. Fumei por mais de 20 anos. Parei 3 meses antes de engravidar e os 9 meses de gestação. Quando minhas filhas tinham 1 mês, não aguentei o estress de cuidar de duas crianças e voltei a fumar. Lá se vão 16 anos completados por elas e a pressão para largar esse vício. Decidi procurar ajuda nos grupos de apoio e estou usando o adesivo que tem me ajudado com a dependência física. Temos que ter consciência de que somos dependentes químicos de uma droga lícita e como dependentes temos que ficar sem a droga um dia de cada vez. FORÇA E CORAGEM PARA TODOS!!!

 

Aurélia

23/03/2016

 


 

Hoje está completando 7 meses sem cigarro, 210 dias sem fumar nenhum cigarro.
A cada dia um motivo pra comemorar, como é bom sentir-se livre desse vício.
fumei por 25 anos, um maço por dia e no dia 22/08/2015 resolvi parar, e parei !..
Abraço a todos, força e fé !..

 

Paulo Henrique

22/03/2016

 


 

Bem, eu fumei 20 cigarros diários por exatos 32 anos (dos 13 aos 45). Mas ultimamente eu estava saturada do vício, seja pela aparência que ele me dava, seja pela saúde que eu assistia ir embora. Eu precisava parar... Mais uma vez joguei fora tudo o que me lembrava o cigarro. Os três primeiros dias foram alucinantes. Seu cérebro faz de tudo para que você fume: diz que sua vida não tem mais sentido e te dá muita depressão. Mas eu resisti, sabe como? Toda vez que a fissura vinha eu lia a respeito do vício: seus malefícios, os benefícios de parar de fumar e, principalmente, as armadilhas do seu cérebro. Hoje, a nuvem negra se dissipou e pela primeira vez eu conheci o amor próprio. Quanto ao dinheiro que eu gastava, agora compro produtos de beleza. Boa sorte amig@!

 

Ana Castro

21/03/2016

 


 

Olá, tudo bem?
Estou há 8 anos sem fumar. Comecei com dez anos de idade e parei em 2008. Mas não parei assim, sem mais sem menos, parei com a ajuda do remédio chamado (BUP), onde não fumei o período que estava tomando o remédio. Claro que assim que acabou tive que tomar uma decisão, continuo ou paro, pois o remédio só ajuda no período em que está tomando. Depois do termino eu fumava palito de dente ou papel vazio para enganar o célebro. Fiquei assim num período de uns 10 dias. Após esse tempo decidi ficar sem fazer nada, e agora estou feliz. Também tive a ajuda de Deus que foi fundamental em minhas orações. ACREDITE VOCÊ PODE PARAR.

 

Everton

17/03/2016

 


 

Fumei por 33 anos, cheguei a fumar dois maços por dia. Há três anos atras resolvi parar, nem eu mesmo acreditava que conseguiria, comia cigarro, e o pior gostava de fumar, e não tinha nenhum problema com o vício. Um dia acordei de manhã e acendi o primeiro cigarro olhei no espelho e me senti um bobo, um ignorante com um vício idiota, cheguei no trabalho e um colega me pediu um cigarro, era outro bobo pensei, procurei naquela noite um amigo que é médico e pedi ajuda. Ele me receitou bup, e adesivos de nicotina. No decimo dia parei de fumar, fiquei livre do vício sem muitos problemas. Hoje pratico esportes e tenho uma vida muito mais ativa e feliz.

 

Edson

15/03/2016

 


 

Boa noite amigos, acho que sou a mais nova ex fumante, estou a dois dias sem cigarro, com dor de cabeça, enjoo, insônia, irritada, só Jesus. Desta vez vai, será uma longa jornada. Abraços em todos sentindo revigorada com tanta força nos depoimentos, muitos conseguiram eu também vou.

 

Anônimo

13/03/2016

 


 

Fumei durante 30 anos. Fumava mais de 2 maços por dia. Era compulsiva. Parei tem 17 dias. Comprei champix, tomei 5 dias apenas pois ele me deixou muito triste. Parei por decisão própria. Mas está muito difícil. Sei e sabia que não seria fácil. A vida fica sem sentido... Fica em preto e branco.

 

Lucia

10/03/2016

 


 

Parei de fumar do nada fazem 2 meses que estou sem fumar. Fumei 40 anos ainda sinto a abstinência mas mantenho me firme ainda mais que tenho doença de crhon senti minhas crise diminuirem, minha pele esticou mais - estava com o rosto enrugado. Já espero não voltar a fumar isso é horrível, o cheiro também. Meu conselho é tentar deixar de fumar - hoje me pergunto quantas pessoas se sentiram mal ao meu lado só com o cheiro do tabaco.

 

Anônimo

08/03/2016

 


 

Boa noite pessoal após 32 anos fumando, fazem agora 01 ano e 5 meses.
Eu nem acredito que consegui. Tomei bupropiona. Porem só o remédio não faz efeito. Força de vontade.
O remédio me ajudou a não entrar em depressão. Porém eu decidi pessoalmente que queria. Foram varias tentativas. Mas desta vez não contei pra ninguém. Após um mês alguns familiares ficaram sabendo. Foco e ser paciente consigo mesmo. Tive 3 recaídas no primeiro mês, porém fui firme. Me permiti errar porém na terceira vez eu disse. &chega&. E não me permiti mais. Foi difícil. Hoje sou mais saudável e nem me lembro que fumava. Abraços e foco.

 

Anônimo

04/03/2016

 


 

Fumei de 2004 tenho 28 anos sou novo agora que minha vida está fazendo sentido. Parei de fumar já faz 2 meses estou numa crise de abstinência e ansiedade. Passei pelo o cardiologista e graças a Deus meu coração não foi alterado. Estou tendo insônia, pernas bambas, suando direto e coração acelerado mas o meu cardiologista me passou um tal de Bup. Com fé em Deus não boto mais esse danado do cigarro na boca.

 

Anônimo

28/02/2016

 


 

Tenho 29 anos. Fumo desde os 15 anos, no dia 17 de fevereiro decidi que iria parar de fumar. Estou no 10 dia sem fumar... Não é fácil. Estou tomando medicação. Somente para ansiedade... Eu espero que nessa luta o vencedor seja eu.

 

Luciana F

27/02/2016

 


 

Fumei por 16 anos, hoje faz 05 dias que não fumo. Tentei várias vezes parar de fumar mas nunca tive forças e esse foi meu maior erro: acreditar nas minhas forças. A partir do momento que passei a acreditar na força Deus eu consegui me libertar, mas primeiro eu tive que dar o 1º passo e parar de fumar, daí em diante Deus assumiu o controle e toda vez que a abstinência vem eu clamo a Deus e ela vai embora. Essa luta não esta sendo fácil mas eu vou vencer em nome do Senhor Jesus.

 

Anônimo

26/02/2016

 


 

Deixei de fumar há 1 mes. Fiz aconpultura a Lazer, ao principio sentia me melhor do que me estou a sentir agora, tenho uma vontade enorme de fumar, tomo uns comprimidos homeopaticos para a ansiedade e irritabilidade.
Sinto me feliz por nao estar a fumar há um mês mas ao mesmo tempo estou triste pq só penso na m....do tabaco:(

 

Sandra A.

25/02/2016

 


 

Boa tarde! Já parei de fumar por 3 meses e tive uma recaída com algumas cervejas. Pensei que nunca ia conseguir. Hoje a bebida não me faz falta. Parei de novo de fumar e não volto mais. Para parar é só querer, estar determinado. Quando sentir vontade, tome agua gelada e tridente...quanto mais vc mastigar o chiclete tridente, cancara a mandíbula, não sente vontade de fumar e não engorda. Querer é poder! De duas a quatro semanas passará o processo de abstinência, aí vc sentirá mais tranquilo. Depois voc diz pra vôc mesmo, e eu com essa droga por tanto tempo!

 

^Helder

20/02/2016

 


 

Boa noite,
Já faz quase uma semana sem fumar. No domingo acordei as 11hr e fiquei deitado assistindo filmes até a noite e fui dormir. Na segunda acordei e vi que domingo fiquei sem fumar, porque não tentar parar de fumar outra vez? Já fiquei 1 ano sem fumar quando era mais novo, aí vai para balada é só um trago para voltar o vício. Boa sorte a todos que querem parar

 

Turbal26

20/02/2016

 


 

Cá estamos de novo para saber como vão os meus companheiros de luta.
Já lá vão 19 meses, tendo fumado durante 5 décadas, é uma eternidade... Mas a verdade é que parei, de uma só vez, acabou no dia 21 de Julho 2014.
Não tenho saudades do tabaco, fumei tudo o que me apeteceu de todas as marcas que encontrei pelo mundo por onde andei, que foi quase todo. Só lamento ter-me apercebido tão tarde de quão tão fácil é deixar de fumar. Pus de parte os cigarros de um maço cheio e disse, vou fumar o último e assim foi. Ainda restam os outros 19 cigarros dentro do maço que mantenho, apenas para recordar.
Os benefícios são muitos, os efeitos colaterais terminaram e consigo respirar tranquilamente, coisa que me preocupava muito.
Fumantes, larguem isso, bebam água, passeiem muito, e poupem o dinheirinho.

 

Enes

19/02/2016

 


 

Estou sem fumar há 36 dias, depois de 22 anos de vício desgraçado. Tudo melhora galera. As dores que tinha nas costas sumiram, a fedentina, o bafo, o cansaço e a dependência também. Voltei a correr e isso tem ajudado bastante! As vontades diminuem a cada dia e a saúde melhora incrivelmente. Como somos fortes, é isso que venho redescobrindo. Na primeira semana chorava muito com a abstinência, hoje, choro de realmente não conseguir entender porque fiz isso comigo mesmo... um suicídio lento durante 22 anos. Credo! Deus me livre dessa desgraça. Quero respirar livremente e não alimentar esses covardes mentirosos que fabricam esses mini caixões, essas mini prisões. Parar é muito fácil gente! Quem diz que é difícil é a própria indústria do cigarro. Força e beleza pra todos nós!

 

Daniel

19/02/2016

 


 

Fumei aproximadamente 18 anos, estou sem fumar há 17 dias. Insônia, mau humor, vontade de chorar, muita fome são alguns dos meus sintomas, mas quero me manter firme, pesar de pouco tempo já me sinto mais "limpa" e cheirosa.
Espero nunca mais voltar. Mas não é facil, digo aos meus familiares e amigos "me sinto uma verdadeira drogada em abstinência" e que Deus me ajude

 

Anônimo

18/02/2016

 


 

Fumei durante 35 anos parei há 90 dias. Travo uma luta porque ainda sinto muita vontade e me falta o ar as vezes fico muito triste por nada, peço a Deus todos os dias para não ter uma recaída. Leio todos os depoimentos de quem conseguiu vencer esse vício para me sentir forte. Me digam quanto tempo leva para passar esse tormento?

 

Anônimo

17/02/2016

 


 

Fumei por trinta anos e estou a 90 dias sem fumar. Participei do grupo do PSF da minha cidade e com acompanhamento e medicamentos como o adesivo oferecido por eles ajudaram um pouco a suportar as crises de abstinências e o desejo de fumar. No começo eu fazia caminhas e andava de bicicleta o que também me ajudou nos primeiros dias e como tive que fazer uma pausa nos exercícios, estou um pouco mais ansioso e com muita vontade de voltar a fumar, mas é claro que vou voltar a andar de bicicleta e fazer as caminhadas que são melhores pra mim

 

Anônimo

16/02/2016

 


 

Fumei por 24 anos. Nos últimos tempos estava fumando 2 maços por dia.
Estou tomando Bup de 8x8h e usando adesivo. Hoje faço 4 dias sem esta droga... Tom firme e vamos pra 5 agora... É dificil mas possível!!!!

 

Gustavo

15/02/2016

 


 

Hoje 14 de fevereiro de 2016 faz 5 dias que não fumo não tenho tanta vontade de fumar assim mas o que acontece é que me lembro do cigarro a todo momento. É uma saudade imensa. Às vezes penso em fumar mas Deus é maior e não peguei mais esta droga.

 

Anônimo

14/02/2016

 


 

Boa noite a todos do site.
Minha história começa assim: estou sem fumar há 17 dias, pois enterrei minha mãe com efizema pulmonar, não desejo o que passei com ela para ninguém pois foi muito triste perder alguém que se ama por causa deste vício maldito. Não é fácil nos primeiros dias mas para quem está parando, tenha muita força de vontade. Hoje não sinto mais a falta do cigarro. Uma dica é não tomar café, mudar os hábitos, tipo não ficar nos mesmos lugares onde costumava fumar, eliminar cinzeiros, isqueiros, isso tudo ajuda, espero que meu depoimento ajude os que pensam em parar com o cigarro.
Jogo futsal e sinto que meu fôlego aumentou muito. Já não tenho mais tosse, minha disposição aumentou muito e meu apetite também, mas sinto limpo, sem o cheiro do maldito. A todos foco, força e fé.

 

Rubens António

13/02/2016

 


 

Fiz tratamento com o Champix, é o melhor medicamento que inventaram, fiquei 4 anos sem fumar, depois relaxei, comecei a beber e voltei a fumar (pior coisa que fiz na vida) voltei a tomar o Champix, parei e não volto mais. Emagreci, nao fiquei nervosa, Deus abençoe esse medicamento.

 

Maria Regina

09/02/2016

 


 

Parei de fumar a mais ou menos 9 meses e ainda sinto ansiedade e tonturas leves fraquezas as vezes, é normal? Eu fumei por 20 anos.

 

Anônimo

05/02/2016

 


 

Oi bom dia a todos,
Nem sei por onde começar mas sei dizer que se você conhece o Deus verdadeiro é sobre ele que eu quero falar. Milagre existe, e eu fui a contemplada. Pedi a Deus dos crentes que me desse coragem pra mim tomar uma iniciativa ter coragem de chegar e falar pra mim mesma: não quero fumar mais e não vou comprar também. E isto aconteceu na minha vida um milagre gostoso que a toda hora eu estou falando: obrigado meu Deus por tudo, pelo milagre, e me pego falando Deus é fiel Deus é fiel. No primeiro dia já não senti mais vontade de fumar, estou bem, estou tranqüila. E gostaria muito em ajudar quem está passando por essa fase da sua vida. Entrega tudo nas mãos de Deus e ele vai ver seu coração e vai pelejar por você. Mas creia que Deus é o todo poderoso.

 

Janete do rocio de oliveira

04/02/2016

 


 

Estou há 48 horas sem fumar, e com aquela sensação de querer matar um, sabe? Deus me ajude, quero parar, vou parar, já parei. Vou começar a ingerir mais água quando a vontade apertar, mas fumar não irei.

 

Anônimo

03/02/2016

 


 

No dia 1 de Janeiro foram os últimos cigarros que fumei até ao momento. Não tem sido difícil mas ultimamente tenho sentido dores junto aos rins e tonturas não sei se será do tabaco, depois passa um pouco.
Eu deixei de fumar pelo preço do tabaco em Portugal e como comprava 3 maços, decidi deixar de fumar, fiz as contas e por ano da cerca de 4500€, parei com a história, vamos crer que consiga, acho que sim.

 

Anônimo

01/02/2016

 


 

Estou há um mês sem fumar, para mim uma vitória, porque nunca fiquei tanto tempo sem cigarro. Fumei por 30 anos um maço de cigarros por dia, as vezes mais. Comecei a tomar semana passada fluoxetina para a ansiedade que tem dias que é quase insuportável. Senti muitos sintomas de abstinência. Na primeira semana foi muito pior e conforme o tempo vai passando fica um pouco melhor de suportar. Tem dias que nem lembro do maldito, outros quando acordo já lembro, que inferno isso. Queria muito que esta vontade passasse de vez... mas todos os dias agradeço muito a Deus pela força de vontade me dada a cada dia.

 

márcia

31/01/2016

 


 

Há duas semanas sem fumar!!! Usando adesivo de Niquitin... tirou completamente minha vontade de fumar!! Mas continuo pensando nele!! Mas resisto... sou mais forte que esta lembrança ruim!!! Indo pra 3a semana... me sentindo muito bem! Dormindo melhor e mais bem disposta... caminhando e pedalando nos momentos que a lembrança vem... não volto mais! Tá decidido!!

 

Sonia Luiza

29/01/2016

 


 

Parei de fumar há duas semanas, fumei por 8 anos uma média de 20 a 30 cigarros por dia, parei sem auxílio de medicamentos. Tenho dormido pouco e com acessos de ansiedade e palpitações. Considero que minha dificuldade em lidar com a dependência fisiológica tem sido infinitamente menor que a dependência psicológica e emocional pois no meu caso o cigarro estava atrelado a tudo de bom que acontecia no meu dia. Se estou feliz, fumo. Se estou triste, fumo para aliviar. Se estou ansiosa, fumo para acalmar. Uma conquista, fumo para comemorar. Uma frustração, fumo para passar a tensão. Em fim, creio que o mais difícil para quem está nesse processo de parar de fumar é desmistificar a imagem que o cigarro tem de grande herói e compreender que ele é de fato o grande vilão.

 

Anônimo

26/01/2016

 


 

Oito meses sem fumar. Fumei por mais de 40 anos. Não foi fácil, não está sendo fácil mas, cada dia que passa a gente se sente mais forte e vai seguindo a vida. Engordei 6 kg, mas há 3 meses não engordo mais e estou no processo de emagrecer. Então gente, quem está começando a luta, vá em frente, seja forte e determinado. Tenha fé e força de vontade. Abraço a todos.

 

mary

25/01/2016

 


 

Cheguei a fumar 80 cigarros por dia.
Ultimamente. só fumava 20.
Desde o dia 7/11/2015 que não fumo.
Consegui com o apoio da consulta de cessação tabágica da ARS Norte e, claro, com os selos de nicotina.
A principal dificuldade, foi vencer o MEDO de deixar de fumar!
Passados 80 dias, já ando sem a ajuda dos selos de nicotina, embora o bicho ainda morda, só que se consegue resistir facilmente.
Um abraço a todos os ex-fumadores.

 

J.Pelayo

22/01/2016

 


 

Fumo há 45 anos, já me esforcei uma tres vezes ao longo desses anos parar de fumar mas o máximo que consegui ficar foram 30 dias, quando sofri um assalto e fui agredida pelos marginais. Depois que tudo acabou a primeira coisa que pedi foi: me dá um cigarro. Isso há 4 anos atrás.
Hoje estou aqui no meu nono dia sem cigarro, torcendo para acabar logo e começar o décimo e assim por diante. Estou sofrendo muito, mas sei que uma hora tudo passará.
Torçam por mim.
Obrigada

 

regina

21/01/2016

 


 

26 dias sem fumar, quase 10 anos de cigarro. me sinto muito bem. de boa na lagoa, sussa na montanha russa, leve na neve, tranquiladspfneiodsfgdsoifjme vnthewtioqwe htqiuweh tuwqe htiqwehruiweqh tiqweçrewitbqpweibrgiqweu hiqp32 rvh23çorgewiurh eors ferfwerew rwetr t r4 gyergqr3tq34rtqregqerg54y143tewtq98ewt980e4984tr4t630e5
r0w.t4qr6
q46r40eqyryqr tq m, q,..,.$%

 

Anezio Moebios

21/01/2016

 


 

Hoje completo 11 dias sem fumar. Quase quebrei o propósito. Pedí forças a Deus para que não permitisse que me intoxicasse novamente com o maldito cigarro. Atendeu-me.

 

Anônimo

20/01/2016

 


 

Tenho 72 anos.
Fumo desde os 20 cerca de 20 cigarros por dia.
Quantos cigarros já fumei meu Deus!!
Parei há 47 dias após uma cirurgia dentária em que me disseram para não fumar. Sem remédios, sem nada. Assim, de um momento para o outro.
Os primeiros dias foram difíceis mas estava super entusiasmada e fazendo os possíveis por andar muito a pé, sair muito de casa e estar em sítios onde não se pode fumar.
Estou um pouco desgostosa pois a última semana tem sido a mais difícil. Não fumo pois sei que 1 cigarro não me vai ajudar.
Só quando fumar a dose.
Comecei a tomar valeríana e 1 comprimido de 2mg de nicotina nos momentos mais difíceis. Adorei a dica do gelo, ajuda um pouco sim.
Quando é que isto vai melhorar?
Agradeço a vossa ajuda.
Estou determinada.

 

Ana C.

16/01/2016

 


 

Sou fumante há mais de 30 anos. Semana passada iniciei o tratamento com o adesivo Niquitin 21mg. Coloquei a noite... de madrugada senti muito frio nos pés, peguei as meias que guardo sempre embaixo do travesseiro e tentei colocar. Aí veio meu desespero. Meu corpo estava pesado, não conseguia levantar os pés, nem o tronco para alcançá-los. Entrei em desespero, estava paralisada. Minha cabeça parecia pesar uma tonelada... fiquei assim por um longo tempo... aí começaram os enjôos e tonteiras... foi aí que lembrei do adesivo. Com muito sacrifício consegui arranca-lo. Depois de muito tempo os enjôos e tonturas passaram e eu dormi... Hoje recomecei o tratamento, coloquei só um pouco mais da metade. Até agora estou bem, 2hs sem vontade de fumar... mas morrendo de medo das reações... mas estou determinada .

 

Sonia

15/01/2016

 


 

Hoje faz 48 dias, e fumo há uns 20 anos!!! Não é facil, precisa estar decidida, eu tentei adesivo niquitim, cigarro eletrônico e não consegui. Acho que precisa estar realmente decidido, todos os dias sinto vontade, mas passa, dá para aguentar. Os primeiros dias que parei fiquei com duas carteiras, então quando a vontade era muita, eu "fumava" o cigarro apagado. E pensava não vou fumar hoje e assim sucessivamente. Agora quando bate uma vontadinha eu masco chicletes (trident) sem açucar. E não pretendo voltar. Tinha vergonha de fumar, o que era bonito quando comecei, se tornou feio hoje e as pessoas criticam muito.

 

Anônimo

14/01/2016

 


 

 

Anônimo

04/01/2016

 


 

Tenho 52 anos e fumo desde os 18. Sou contador e a vida sedentária me fez engordar um pouco.
Em agosto, quando fiz aniversário passei (mais uma vez) a fazer natação, onde estou até hoje. Mas água e fôlego não combinam com cigarro, então estava me devendo mais essa.
A situação complicou bastante quando ví que as articulações não estavam legais, começaram coceiras pelo corpo e o mais grave de tudo: estava ficando impotente sexualmente.
Dia 09/01/2016 foi a última vez que fumei; são quatro dias assim. Sem remédio, adesivos, só mesmo com a força de vontade.
Não está sendo fácil, temos que pegar muito com DEUS, o maior dos remédios.
Está sendo maravilhoso reativar meu casamento de 28 anos, não sentir as coceiras, ter mais fôlego prá vida com o aumento da auto estima.
Força amigos...

 

Anônimo

13/01/2016

 


 

Olá, tenho 33 anos e fumo desde os 17 anos. Tentei parar uma vez e fiquei 20 dias sem fumar, voltei novamente. Fumava uma carteira por dia, diminuí para uns 5 cigarros, porém quando bebia fumava umas duas carteiras e me sentia muito mal no utro dia.
Estou tentando novamente, pois, minha saúde parece está sendo prejudicada. Estou há cinco dias sem fumar, ainda com muita fissura, mas tento controlar. O meu principal problema é na hora de tomar umas cervejas daí a fissura é quase incontrolável.

 

Anônimo

13/01/2016

 


 

Bom dia
Tenho 26 anos e fumo há 10 anos. Estava há 13 dias sem fumar mas hoje pelo nervosismo e preocupação com uma noticia acabei fumando 1 cigarro. Fiquei meio desanimado comigo mesmo por cair em tentação, mas não posso voltar. Em 13 dias engordei 2 quilos minha respiração melhorou muito meu paladar a vontade de comer melhorou, minhas roupas estão limpas sem aquele cheiro de cigarro, minha família está feliz. Mas é difícil pessoal. Muito mesmo. Sabe, é uma sensação horrível parece que estou sozinho que nada tem graça. Durante estes dez anos tudo que fiz foi na sombra do cigarro, hoje posso dizer que estou me livrando, mas queria a ajuda de todos vocês assim como espero ajudar todos com pensamentos positivos de vitoria. Tenho fé que deixarei esse vicio ao qual nao deveria ter entrado nunca. Abraços

 

Cássio Macário

13/01/2016

 


 

Hoje esta com tres dias sem fumar. Está muito difícil segurar mas vou conseguir pois fumei vinte e quatro anos e parar de vez não e fácil não.

 

eraldo

13/01/2016

 


 

Oi pessoal,
Voltei para comemorar com vocês os meus 94 dias sem o maldito cigarro. Estou me sentindo muito bem e continuo nesta luta. Quero desejar a todos vocês que lutam contra o vício boa sorte e quero dizer que é possivel sim vencer. Força galera.

 

Nilda

12/01/2016

 


 

Boa tarde,
Hoje fazem 6 dias que nao fumo, e digo que nao é fácil dominar esse vício. Nestes 6 dias, hoje foi o dia mais dificil para mim, pois quase acendi unzinho, mas resisti e consegui não recair. Tenho fé em Deus que vou ter forças e ser firme e me libertar desse inimigo porque vou fazer a minha parte. Atualmente a pessoa que fuma tornou-se uma pessoa indesejável e discriminada em toda sociedade, e mesmo em familia existe o preconceito. Sem contar o prejuizo a saude.
Estou feliz comigo e vou lutar para vencer essa batalha, Deus me ajudará Amém!!!

 

Sandra

11/01/2016

 


 

Olá! Tenho 29 anos e fumava desde os 13, hoje completa 5 dias que não fumo, tá muito difícil, pois tenho crise de ansiedade, irritação e abstinência durante o dia. A noite está sendo bem tranquilo. Meu marido tem me ajudado muito, e o chiclette de 2ml de nicotina tambem ajuda nas horas de grande vontade, mas principalmente a fé em Deus que tem me ajudado muito. Fácil não é, mais também não é impossível, pois afinal não nascemos com isso.
Força para todos!
#foco!
#força!
#fé!

 

Érica

08/01/2016

 


 

Hoje faz 5 dias que não fumo. Há algum tempo que venho pensando em parar, principalmente porque fumo escondido das crianças e daqueles que condenam o cigarro. Sou uma fumante em crise com o que é certo para a saúde e o prazer de um trago. Antes de parar, reduzi o consumo para 1 a 2 cigarros diários e comecei a caminhar todos os dias. Dia 31/12 o meu maço de cigarros acabou e eu não comprei mais. Tive dor de cabeça forte por um dia e uma noite e hoje estou com gastrite (acho que é nervosa). Me sinto levemente deprimida, como se a vida não tivesse mais graça (afinal são 30 anos fumando)!!! Todas as noites leio depoimentos, vejo pesquisas, enfim, preciso me fortalecer nessa decisão. Decidi não sair para bares ou colegas fumantes nesse momento. Tenho medo da famosa recaída. Força para todos nós!

 

Anônimo

06/01/2016

 


 

Comecei a fumar com 14 anos, hoje tenho 18. Tenho cinco dias sem fumar, não é fácil e muito difícil, mais nada impossível .

 

João vitor

05/01/2016

 


 

Que legal ver esses depoimentos.
Estou a 5 dias sem fumar, entrei 2016 limpa rs e sempre que me vem a lembrança do cigarro, reforço na minha mente que não quero mais isso pra mim.
Estou tomando o Bup, usando as pastilhas de nicotina e estou bem.
Às vezes sinto falta de ter algo nas mãos, algo físico mesmo. O psicológico está mais tranquilo, estranho rs
Mas é isso aí, do mesmo modo que no começo era ruim fumar e nos acostumamos, nos acostumaremos a viver sem ele.
Força galera e parabéns pela iniciativa.

 

Anônimo

05/01/2016

 


 

Tenho 43 anos e fumo desde os 12 anos de idade. Tem 5 dias que não fumo, está terrível mas não impossível. Peço que todos vocês não desistam porque esses depoimentos estão sendo muito importantes pra mim e acredito que esse força que vocês estão passando faça muito diferença na minha vida. Vamos continuar acreditando que um cigarro nunca mais irá destruir as nossas vidas e obrigada pela força gente!! Vamos orar pra que Deus nos dê forças...

 

Anônimo

04/01/2016

 


 

Bom dia pessoas maravilhosas! Gostaria de agradecer imensamente o relato de vocês, pois hoje pela manha decidi que seria meu ultimo cigarro. Tenho 24 anos e fumo desde os 13. Ultimamente ando focada em parar de fumar mas nunca me animava de verdade. Tenho um filho de 8 meses e por ele fico muito decepcionada comigo mesma de ainda não ter parado. Vendo os relatos de vocês me senti confiante a não fumar mais. Não garanto que consigo, mas garanto que estou tentando já com todas as minhas forças!!!! Pois não quero continuar sendo esse péssimo exemplo pro meu filho! Obrigada a todos de coração e volto pra contar!!

 

Taís

04/01/2016

 


 

Gente...
Tem 24 dias que parei de fumar, sinto que se eu parar de fumar, consigo fazer qualquer coisa, porque nunca experimentei sensação mais dificil.
Abraço a todos, desejo força a voces.

 

Fabiola

04/01/2016

 


 

Olá Boa noite
Estou há 7 meses sem fumar. Fumei durante 10 anos, sei que não é fácil, mas se você tiver fé e determinação você consegue. Hoje, devido ao tabagismo, estou com alguns problemas de saúde e tive que mudar hábtos. Durante esses 7 meses tive também algumas melhorias. Hoje sem o cigarro sinto que sou um outro homem, com mas disposição. Só de não ter aquele fedor de bagana está sendo maravilhoso.
Gente, desejo boa sorte para quem está nesta caminhada. Sei muito bem que não é fácil mas com fé e a força de Deus vocês conseguem. Saúde e paz a todos. Só digo mais estou muito feliz por eu está conseguindo parar de fumar sei que a caminhada ainda é grande.

 

Paulo Victor

04/01/2016

 


 

Tenho 38 anos fumo des dos 16 parei na virada do ano hoje faz dois dias sem fumar uma vitoria. Nunca fiquei 1 dia sem fumar. Tive fibrilação arterial aguda por causa do cigarro e nem quando estava internado parei de fumar. Fugia do leito pra fumar, que vergonha. Hoje faz 2 dias. Não quero fumar nunca mais. Dois dias já faz diferença to quase maluco mas vou conseguir.

 

Tarcício

02/01/2016

 


 

Feliz Ano Novo e que seja permanente a decisão de não fumar. Estou sem fumar há três semanas, poxa é quase um mês e quero dizer que tenho sofrido muito com a abstinência, insônia, irritação, nervosismo etc. Porém, me considero vitoriosa pois meu namorado fuma e não deixei de frequentar bar com ele, tomo cerveja, claro reduzi bastante mas estou firme. Ele tem me apoiado, não pede pra acender e fica feliz que to conseguindo. Bom, galera não é fácil mas somos capazes. Muitas pessoas pararam e não são melhores que nós. Força e não vacilem e sim concordo a vontade sempre, sempre ira existir. Um dia optamos por fumar e agora optamos por parar tudo tem seu preço. Temos que aceitar e lutar todos os dias. Boa sorte a todos. Não desistam please! Bjs

 

Tatiana

02/01/2016

 

 

Depoimentos 2015 e anteriores - clique aqui

 

Depoimentos de ex-fumantes famosos

 


Flavio Gikovate

Como me separei do cigarro

 

Quando escrevi Cigarro, um Adeus Possível fazia uns três meses que tinha parado de fumar. Estava orgulhoso. Estava deprimido. De vez em quando, me atacava aquela vontade lancinante de acender um cigarro. Não pela dependência física, que em poucos dias se resolveu. A dependência dolorosa do cigarro acontece porque ele toca em fatos de enorme densidade psicológica. Isso explica por que pessoas inteligentes, determinadas, metódicas, disciplinadas, não conseguem deixar de fumar. Por trás dessa incapacidade está um tema profundo: o desamparo da condição humana.

 

O desamparo se manifesta, desde a primeira infância, na boca. Eu, por exemplo, sempre chupei balinha, mesmo quando fumava. Há uma quantidade imensa de pessoas "viciadas" em chiclete. Chiclete só não vira vício de verdade porque não tem substâncias químicas que causem dependência física. Chiclete, bala, aliviam a inquietação oral que nos acompanha a vida inteira. É através da boca que, desde pequenos, procuramos uma sensação de aconchego. Começamos sugando o seio. Em seguida vem o primeiro vício, a chupeta. Sai a teta, entra uma borracha. Sai a borracha, começamos a chupar o dedo ou a roer as unhas.

 

Sou contra o cigarro porque faz mal à saúde. Não tenho nada contra chupeta, chiclete ou bala — maneiras de atenuar o desamparo, sensação de que nenhum ser humano está livre.

 

Compreendendo a profundidade dessa questão, não subestimando o tamanho da dificuldade, montando uma estratégia lenta e progressiva, calma e ponderada é que, um dia, o viciado pode largar o maldito cilindrinho. Quando tentei parar de fumar há uns 10 anos, sofri muito. Ainda não estava maduro. Desta vez, estava mais preparado. Tinha entendido melhor o por quê da intromissão do cigarro na vida da gente, me sentia mais seguro, um pouco tocado com a noção que os americanos introduziram de que o fumante é um cidadão de segunda classe, e incomodadíssimo com a dependência. Achei que teria condições de não substituir o cigarro, sobretudo por comida. Porque na última tentativa engordei barbaramente. Mas desta vez parei, fiz exercícios, não engordei nada.

 

Há uns dias, um amigo esqueceu um maço de Marlboro em casa. Essa era uma das marcas famosas na minha adolescência. Fumar cigarro americano um pouco, ser Humphrey Bogart. Aquele rótulo vermelho bateu em mim, me deu uma nostalgia funda de um certo charme, de me imaginar num bar conversando, fumando, bebendo... Nem sei se tudo isso tem charme, mas foi o que nos ensinaram. É essa atmosfera que conta. Não é o pulmão da gente que anseia pela fumacinha.

 

Cigarro prende porque a gente se sente especial quando fuma — pelo menos no começo — e porque ele vira um companheiro, passa a fazer parte da identidade da gente. Um cigarro na mão ajuda a abordar uma moça numa festa. Para dar um telefonema difícil, certas pessoas acendem um cigarro. É por isso que o caminho para um controle progressivo sobre o vício consiste em quebrar esses hábitos.

 

Anos depois, as pessoas me perguntam como me sinto. Mais ou menos como um gordo que emagreceu. O gordo acha que, quando emagrecer, a vida vai lhe sorrir para sempre, que todos seus problemas estarão resolvidos. Aí, elo descobre que a vida continua tão complicada como antes, só que agora ele é magro.

 

Tenho os mesmos problemas que quando fumava. A vida é difícil, as incertezas são dolorosas, o desamparo é uma realidade inegável. Continuo frustradíssimo por não ser o Humphrey Bogart. Sou, agora, um desamparado consciente de que aquela vontade de fumar nascia da tentativa desesperada de procurar aconchego em alguma coisa. Rodar o dia inteiro em torno de cigarros que aplaquem minha vontade de fumar não me distrai mais. A vontade de fumar criava uma ansiedade que servia para mascarar essa outra ansiedade profunda e autêntica, comum a todo ser humano.

 

A vantagem é que posso peitar as questões intrincadas da condição humana sem confundi-las com vontade de fumar. Estou muito satisfeito com essa vitória difícil contra a dependência. O antigo orgulho de sentir-me "diferente" com um cigarro na mão, que me levou ao vício, transformou-se no orgulho de não fumar. Gosto muito mais de mim assim. "

 

Flavio Gikovate

Psiquiatra e Psicoterapêuta

 


 

"Só eu sei do prazer que sinto quando consigo aumentar as distâncias debaixo d'água, e vejo o quanto fumar é absurdo"

 

Danuza Leão

escritora e colunista da Folha de São Paulo

 


 

"Fumava porque era moda e sinal de virilidade. Depois se transformou em um vício, dependência.

Sou um ex-fumante poderoso, fumava durante as refeições, tomando banho, em jejum, na cama, levantava cedo para fumar, enfim, fumava muito e gostava. [O cigarro] é um ex-amor, uma ex-amante... Você vai se matando com elegância."

 

Ney Latorraca

ex-fumante, em depoimento no documentário Fumando Espero - G1.globo.com - 25/04/2009

 


 

"Parei há quatro meses. Eu me considero uma vitoriosa porque adorava cigarro. Até hoje, chego a sonhar que estou fumando"

 

Helena Ranaldi

atriz, ex-fumante - Época - 06/06/2003

 


 

"Fazia parte do ritual de afirmação masculina fumar. Comecei para mostrar que era homem [..]. Dei minhas primeiras tragadas aos 18 anos. Tentei parar umas 100 vezes e sempre sofri muito. Minha última recaída foi para fazer um personagem, mas larguei no dia em que acabaram as gravações."

 

José Mayer

ator, ex-fumante - Época - 06/06/2003

 


 

"Quando eu fumava, achava impossível parar. Não concebia a minha vida sem um cigarrinho. Só descobri que isso era um mito, uma mentira, depois que parei. É preciso uma boa dose de vontade para ficar uma hora, meio dia, meio mês, meio ano, até completar o ciclo de dizer não ao cigarro."

 

Luiz Thunderbird

músico e maratonista, ex-fumante

Apague o Cigarro de sua Vida - ed. Alaude, 06/06/2003

 


 

"Depois que parei de fumar, passei a dormir melhor, a acordar menos cansado e a ter menos ressaca de manhã. Como efeito colateral, engordei, mas logo voltei ao meu peso normal com uma dieta. Percebi que a minha grande ressaca não era do uísque porque nunca mais sofri desse mal."

 

Ziraldo

escritor e cartunista, ex-fumante

Apague o Cigarro de sua Vida - ed. Alaude, 06/06/2003

 


 

"Na irresponsabilidade que a dependência química traz, fumei na frente dos doentes a quem recomendava abandonar o cigarro.

Fumei em ambientes fechados diante de pessoas de idade, mulheres grávidas e crianças pequenas.

Como professor de cursinho durante quase 20 anos, fumei nas salas de aula, induzindo muitos jovens a adquirir o vício. Quando me perguntavam:

"Mas você é cancerologista e fuma?", eu ficava sem graça e dizia que ia parar. Só que esse dia nunca chegava.

A droga quebra o caráter do dependente [...]

Quando você larga de fumar, o fôlego melhora em duas ou três semanas. A circulação sanguínea também.

Você começa a sentir o gosto da comida, o cheiro das coisas. O sono fica mais tranqüilo e a respiração, não dá nem para acreditar como melhora."

 

Drauzio Varela

oncologista, ex-fumante - drauziovarella.ig.com.br

 

Atenção: Os artigos do Eufumo não tem a intenção de fornecer recomendação médica, diagnóstico ou tratamento.