defendemos o fumante, não o fumo: 
quer parar de fumar ou reduzir?
 

quero parar de fumar ou reduzir
depoimento de ex-fumantes 2018

clique aqui para ler os de 2019

clique aqui para ler os de 2017 e anteriores


Clique aqui para dar seu depoimento e ajudar quem quer parar

 

O fumante é tratado como cidadão de segunda classe, mas apoio real, que é bom, nenhuma legislação oferece.

 

Acreditamos que compartilhar as dificuldades e vitórias podem ajudar bastante os que estão querendo abandonar os cigarros.

 

SÓ PUBLICAMOS DEPOIMENTOS DE QUEM PAROU DE FUMAR.

Os depoimentos de fumantes e não fumantes devem enviados através desta página

 

Boa sorte!

 

 

 


 

Tenho 24 anos e a dois anos estava fumando antes era só quando saía, depois passei a fumar quando estava em casa também. Fiquei uns três meses sem fumar e hoje faz 3 dias que não fumo. Estou usando adesivo sempre que bate vontade penso em outra coisa saio ou fico na net. Força aí galera.

 

Katheryne

03/12/2018

 


 

Tenho 38 anos e comecei a fumar com 12, venho de uma família tabagista. Vou ser bem honesta com todos e comigo mesmo, é gostoso o ato de fumar é prazeroso como todos os vícios, mas todos cientes do estrago que um vício faz.
Comecei a preparar meu cérebro que precisava parar com o cigarro. Comecei fazer natação, pilates, musculação, hidroginástica e às vezes me aventuro em uma zumba kkk. Exercício físico me ajudou a tomar a decisão, depois parti para o golpe final no meu cérebro. Comecei imaginar meus filhos sendo obrigados a conviver comigo doente por conta do cigarro, eu iria odiar ver o sofrimento deles, meus filhos.
Meu filho de 7 anos sempre me comprava pelo meu vício e decidi por eles, meus filhos.
Estou indo pra terceira semana sem fumar com ajuda do adesivo.
Obrigada é boa sorte nós

 

Anônimo

22/11/2018

 


 

Olá pessoal, fumei por 14 anos e resolvi parar tem uns 5 meses. Não foi nada fácil, porque fumar é muito gostoso, é prazeroso...
Fui firme na minha decisão e parei, passou 5 meses e ainda lembro dele e àas vezes tenho vontade de fumar de novo. Mas vou continuar firme sem fumar! Abraço a todos!

 

Anônimo

19/11/2018

 


 

Olá pessoal hoje jaz 31 dias sem cigarros fumei por 35 anos tenho 57 de idade estou contando a vocês como a gente se sente outra pessoa sem o cigarro. No começo, primeira semana é mais complicada depois controle evite os gatilhos como café, cerveja, ok?

 

Paulo

13/10/2018

 

-->

 

Pena que esse site só tem relatos até 2017.
Mas vamos lá:
Depois que descobri um enfizema e descobrir (TAG) transtono de ansiedade generalizada, resolvir parar de fumar. Fumo há 32 anos e estou há 4 dias sem fumar. Não sei se vou conseguir, mas estou disposto a enfrentar a temível abstinência.
Tinha muita dor no tórax, e como um passe de mágica, não tenho mais. O que me deixa esperançoso em parar, é saber que vou aumentar um pouco o meu tempo de vida. Ainda que seja um dia a mais vai valer a pena.

 

Antonio

23/10/2018

 


 

Antonio e todos que acompanham o Eufumo Tivemos que parar as atualizações por um tempo, mas agora seguirá normalmente.
Desculpem-nos por isto e obrigada por todos os depoimentos, vocês ajudam muita gente a parar.

 

11/03/2019

 


 

Fumei 24 anos tenho 42 e estou sem fumar há 46 dias. Tomei Bup, mas parei assim que completei 30 dias sem fumar, o que está me assustando agora é que choro todos os dias sinto uma tristeza sem tamanho, não sei se a falta do cigarro está desencadeando uma depressão ou se o cigarro estava mascarando uma depressão que já existia...
Se alguém puder me ajudar agradeço...

 

Cláudia

16/10/2018

 


 

Tem mais ou menos um mês que parei de fumar. Está sendo difícil mas só porque minha mãe fuma, eu moro com ela e todos os dias eu sinto o cheiro da fumaça e vejo ela fumando.
Na primeira semana quase tive uma recaída. Peguei uma cigarro, acendi e quando eu puxei a fumaça lembrei do problema que eu tive quando decidi parar de fumar que foi pressão na cabeça e falta de ar terrível. Logo, desesperado, joguei o cigarro fora e à partir daí tenho trauma de cigarro. Sei que é pouco tempo mas nunca mais coloco esse maldito em minha boca.

 

Anônimo

16/10/2018

 


 

23:59 do dia 11/10/2018 terminei de fumar meu último cigarro. O pior é que além de cigarro eu bebia praticamente todos os dias e fumava maconha, também quase que diariamente. Larguei todas as drogas de uma vez só e estou me sentindo um monstro sagrado do livre arbítrio, hehehe. Estou escrevendo esse relato para deixar registradas as minhas intenções. Cigarro nunca mais volto a fumar (talvez lá pelos 70 anos, creio que não fará muita diferença depois dessa idade). Maconha é algo que não quero mais fumar diariamente também. Talvez algo como não mais que 10 baseados por ano. E em relação ao álcool, não vou beber mais que 30 vezes ao ano (pra quem bebia umas 300 vezes ao ano, acho que está de bom tamanho por enquanto). Bom, era isso. Só pra deixar registrado mesmo. Abraços

 

Alexandre Ritter

15/10/2018

 


 

Fumei 45 anos sem parar. Tive uma tentativa e fiquei 1 ano e meio sem cigarro. A família e mais amigos colaboraram com a minha recaída. Resolvi tentar de novo este ano e aos 14 de Setembro , parei de fumar, dei a mim um carro novo no mesmo dia. É difícil. Está difícil... ando triste, com dor de cabeça e sem vontade de nada. Porém eu sei que vai passar, por isso não vou fumar nunca mais. Quando a vontade vem, penso no maior motivo que me levou a parar: ficar velha e depender de alguém . Tudo que fiz de errado da outra fez, não farei agora. Enfim, não vou desistir e chegou a sua vez. Força! Você tem o poder! Boa sorte!

 

Lourdes

30/09/2018

 


 

Eu fumei por muito tempo, depois parei, e quando sentia vontade eu acendia um cigarro e ficava "brigando" com ele aceso na minha frente. Resultado, a vontade nunca mais voltou.

 

Anônimo

30/09/2018

 


 

Bom pessoal resolvi escrever aqui pois comigo foi muito bom ler depoimentos aqui,ver que tem gente passando igual a gente. Mas é isso ai... Hoje exatamente faz 7 meses sem o cigarro. Sinto vontade ainda - é uma vontade que vem e já vai rapidao. Eu fumava 1 maço e meio de cigarro dia. O maior conselho que dou pra vocês pessoal e que deu certo para mim. Avise quem que torce pra te ver livre do vício. Fala pra ela: vou parar. Ela vai te dar muita força acredite, você não vai querer decepcioná-la. Outra coisa que fiz pra mim: trident ...muito trident.
Evite aquele lugar que a gente fumava. Todos tem seu ponto, ou no trabalho, ou em casa. Eu tinha uns 3 lugares em casa e uns 3 no trabalho. Até hoje evito estes lugares. Na verdade hoje não tem o que fazer nesse lugares kkk. É isso aí, acreditem que ďá certo, gente ...um abraço.

 

Marcos

25/09/2018

 


 

Olá, tudo bem? Fui fumante durante 28 anos, 3 maços de cigarro por dia, 60 cigarros em menos de 24hs, achei que nunca ia largar esse vício. Já estou a 4 anos sem fumar, não usei nenhum tipo de medicamento, mas precisei ter muita força de vontade e bastante determinação.

 

Ricardo Raifone

25/09/2018

 


 

Bem pessoal. Saudações a todos. Sou ex fumante e feliz por ter abandonado esse mal. Hoje infelizmente colho algumas cicatrizes que isso causou em minha saúde. Fumei durante 20 anos e parei a 3 anos e meio. Sofri muito no primeiro ano. Mas percebi que além da forte dependência química eu estava esquecendo de tratar da psicológica. Então mudei minha rotina e voltei a pedalar e parei de beber.
Avisei amigos sobre meu afastamento (quase todos fumavam e/ou bebiam). Ou seja, no meu caso, o sucesso se deu principalmente pela mudanca de hábito. E quando a vontade chegava eu dizia a mim mesmo..."uma hora isso vai passar". A fissura não dura mais que um minuto, então quando acontecia eu parava por um minuto e fazia está reflexão e respirava profundamente para hiperventilar e causar leve sedação

 

Gabriel

23/09/2018

 


 

Boa noite pessoal. Senti a vontade de papar de fumar pelo meu companheiro, Wesley. Ele não fuma e nem bebe diferentemente de mim! Senti que tinha chegado a hora! Hoje fazem 12 dias que parei de fumar. Me sinto liberto de tudo. Muito obrigado!

 

Ricardo Marins Rosa

20/09/2018

 


 

 

Professor Amadeu Epifânio

18/09/2018

 


 

Estou há 2 meses e 7 dias sem fumar mas ainda sinto vontade. Tem dias que fico mais tranquila tem dias que tenho muita vontade de fumar. Quando vai passar? Será que quando fizer 3 meses passa?

 

Anônimo

17/09/2018

 


 

parei de fumar a 45 dias. Não sinto vontade de fumar mas sinto muita vontade de me matar. Será que isso é efeito da falta de nicotina? Honestamente não sei o que irá acontecer comigo só gostaria de deixar registrado esse efeito. Que Deus me proteja.

 

Anônimo

16/09/2018

 


 

Olá, tenho 32 anos!
Comecei a fumar com uns 24/25 anos. Tinha diversos amigos que fumavam e eu não curtia muito. Até que comecei a gostar de cigarros com menta (bolinha) e passei por momentos difíceis na minha vida. Terminei um relacionamento que achei que era para a vida. Desde então fumo como se não houvesse amanhã, busco forças sempre no cigarro. Mas, minha saúde não anda bem. Estou com mtos problemas respiratórios e resolvi, por necessidade, que iria parar de fumar. Muito difícil, pois essa não é a primeira vez. Tenho muitas recaídas. Sempre leio depoimentos, instalação apps e tudo. Acho que me ajuda muito, então resolvi escrever. Estou há 11 dias sem fumar. Tem sido difícil, mas como eu tive uns problemas sérios de infecção. Estou me sentido zero bala. Parece que nunca fumei, voltou minha respiração.

 

Anônimo

15/09/2018

 


 

Comecei a tomar Champix no dia 01 de Junho de 2018. Decidi como dia para deixar de fumar o dia 10 de Junho. Até ao dia 10 tomava o comprimido todos os dias mas ia fumando, se bem que a compulsão para fumar diminuiu bastante. No dia 10, comecei a tomar dois comprimidos por dia e parei de fumar até hoje. Ao início tive algumas insónias, e enjôos, mas poucos e principalmete a meio da manhã, também senti alguma irritação, mas foi transitório, e é normal. Hoje sinto-me lindamente, acordo melhor, respiro melhor, não tenho cheiro a tabaco, que por acaso sempre detestei embora fumasse e apenas engordei 1kg. Bem dito Champix, recomendo, mas não esquecer de fazer acompanhamento médico.

 

Anônimo

05/09/2018

 


 

Dia 30 de agosto 2018 parei de fumar. Não quero voltar, o que fazer?

 

Pa

02/09/2018

 


 

Estou sem fumar há 2 meses. Fumei por aproximadamente 10 anos, porém estou tendo crises de faltar de ar. Os médicos dizem que parece sintomas de bronquite e asma, porém fiz todos os exames e meu pulmão está bem. Alguém sentiu isso após parar de fumar? Pode ser considerado um sintoma da abstinência? Normalmente essa sensacao vem no período da noite quando estou tentando dormir.

 

Bastos

30/08/2018

 

 

Ah, e só pra completar, sempre fui daquelas fumantes que AMAM fumar, mas esse capítulo simpleamente se encerrou na minha vida. Não quero - mesmo, NÃO QUERO, NÃO TENHO VONTADE - nunca mais fumar. Sei que o champix ajudou, mas nunca nas outraa vezes que parei - na gravidez - tive tanta certeza de que nao preciso mais do cigarro para me sentir forte, independente, sentindo que faço da minha vida o que quiser... Me sentindo LIVRE... espero que meu depoimento seja uma inspiraçao tanto para aqueles que querem fumar quanto para aqueles que AMAM este amigo/inimigo...

 

Anônimo

30/08/2018

 


 

E continuando... acho bonito fumar, me imaginava muito bonita, forte, fumando. Hoje, depois de mais de um mês sem por um cigarro na boca, e tive infinitas chances, mas realmente nao quis... Me sinto maior ainda. Mas isso é uma escolha de cada um... eu queria mesmo parar, senti que o cigarro nao fazia mais parte da minha vida, mas nao estava conseguindo por causa da dependencia. Enfim, ja falei para minha psicóloga, acho que alguma coisa amadureceu dentro de mim. Um buraco que antes eu preenchia fumando deixou de existir, porque parei de fumar. Não sei se ajudei alguem, o que queria era compartilhar com vocês a felicidade de não precisar mais fumar... Me sinto inteira... valeu a pena...

 

Anônimo

30/08/2018

 


 

Achei que teria a opção aqui em cima de ex-fumante, pois assim me considero. Após parar várias vezes (mas sempre pensando que um dia chegaria no estágio elevado de poder fumar "de vez em quando", entrei num estado, nos últimos meses, em que estava fumando duas carteiras por dia... Vivia em função de fumar... Tentei parar sem ajuda de nada e não deu certo, entrei em uma crise de depressão... queria muito parar e não conseguia.
Hoje, dia 29/8, estou há um mês e 4 dias sem fumar. Sou aquelas cobaias do Champix em que o remédio funcionou 100%. Sei que sem essa medicação não teria conseguido aguentar nem a primeira semana. Mas o fato é que, como tive essa ajuda externa, consegui parar, interroper esse hábito nojento (quem quer mesmo parar, sabe o que quero dizer com essa palavra...), e parei.

 

Anônimo

30/08/2018

 


 

Bom, hoje faz um ano que parei de fumar. Fumei por pouco mais de 20 anos, já tentei antes e fiquei por 6 meses sem nicotina.
Hoje agradeço a Deus por ter me dado forças para parar. Tenho mais fôlego, minha casa não fede a nicotina minhas mãos e cabelos também não. Hoje não sou comparada a boca de cinzeiro pois era assim que eu me rotulava.
Meu filho sempre ficava incomodado com a fumaça e semprevme pedia para apagar. Às vezes ficava constrangida comigo mesma.
Mostrei a mim que posso superar qualquer obstáculo tendo força de vontade. Não foi fácil mas impossível também não é. Força meu povo vcs conseguem... Bjs de uma ex fumante

 

Kika

30/08/2018

 


 

Olá tudo bem com todos hoje faz 1ano sem fumar! Foi uma grande vitória espero continuar assim. Foi difícil, parei do dia pra noite, mas sofri passei mal duas semanas. Pressão alterou, tontura, irritação mas consegui vencer, graças a Deus. Espero quem tente parar que pare de uma vez. Fumei 11 anos, mas hoje vejo que minha respiração é diferente. Obrigado a todos.

 

Rafael

29/08/2018

 


 

Estou há 16 dias sem cigarro. Mas me acordo muito tonto, e às vezes isso dura horas. Às vezes tenho a sensação de des personalização também. Muito ruim. Alguém pode ajudar?

 

Rushleo

23/08/2018

 


 

Tenho 21 anos e fumo desde os 16, há três dias atrás decidi parar de fumar e para ajudar estou tomando um remédio chamado Bup. Já se passaram três dias e minha vontade não passa de jeito nenhum parece que só piora. Depois de quanto tempo a vontade vai diminuindo? Porque sinto que vou voltar a fumar a qualquer momento.

 

Anônimo

22/08/2018

 


 

Faz um ano que não fumo! Fumei 34 anos. Parei sem ajuda médica ou de medicamentos. A minha vontade de não fumar foi maior que o vício. Não adianta parar sem a determinação de nunca mais acender um cigarro. No momento em que a pessoa não quer, ela consegue. A vontade ainda aparece de vez em quando, apesar de já ter passado um ano, mas é totalmente superada em poucos segundos. Espero um dia não sentir nem mesmo estes desejos ocasionais. Usei cigarro eletrônico com e-liquid sem nicotina nos primeiros meses, mas fui deixando, deixando... Desejo a todos muita força de vontade. Não me considero ex dependente, sei que ainda sou e sempre serei, mas espero nunca mais fumar. Sorte para todos nós

 

Anônimo

19/08/2018

 


 

Dois dias sem fumar! Iniciei o tratamento com bup no dia 7/8/18 desacreditada pois não senti efeitos colaterais e a vontade de fumar enorme. Usei um comprimido nos 3 primeiros dias e no quarto dia iniciei com 2 comprimidos pensei que fosse morrer de tanto mal estar, dor de cabeça e tonteira e pior fumando bastante, pensei em desisti várias vezes mas vinha aqui ler os depoimentos e isso me dava forças, ate que no dia 13/8/18 fumei os três últimos cigarros do maço, falei que não fumaria mais e assim consegui parar tranquilamente. Não sinto vontade de fumar, o cheiro de cigarro esta me incomodando, tem horas que vem o automático porque fazia tudo em casa fumando mas dura somente uns segundos. Não foi fácil, senti angústia, frustração mas entendi que eu teria que fazer minha parte e parei.

 

sil

14/08/2018

 


 

Oie
Fumo desde os 18 anos ... hoje com 35. Fumava porque amava, era o meu momento comigo mesma, era só eu e o cigarro, mas parei há uma semana. Para falar a verdade não estou sentindo falta. Parei aos poucos , já não fumava na rua, só em casa mesmo... Daí parei, estou me sentindo bem. Na verdade o fumo é um hábito/vicio. Estava habituada a fumar na janela do quarto sempre que chegava do serviço kkk, mas com força de vontade se consegue... basta querer.

 

Fernanda

13/08/2018

 


 

Fumo há 5 anos. Depois de ter ficado 17 anos sem fumar, por um momento infeliz dei um trago no cigarro de uma amiga e voltei a fumar. Estou no segundo dia usando o bup e não sinto efeitos colaterais e continuo com a maldita vontade de fumar. Fiquei um pouco frustada mas resolvi continuar o tratamento. Na primeira vez que parei foi fácil, só falei que não iria mais fumar e realmente parei e não senti abstinência. Foi bem tranquilo. Mas dessa vez esta bem difícil, mas vou conseguir, vou vencer o vício assim como tantas pessoas conseguiram! Muita força e coragem para todos nós! E pretendo voltar aqui para um novo relato dessa vez como ex fumante.

 

sil

08/08/2018

 


 

Fumei durante 44 anos, já faz 1 ano que parei. Tive muita dificuldade em parar. Fumava um maço de cigarros por dia, tentei 3 tratamentos, mas só consegui quando fui a um psiquiatra, embora nunca tenha precisado tomar nenhum antidepressivo. Mas foi assim que consegui, tomando durante 15 dias junto com um remédio específico para conter a vontade de fumar. Digo sinceramente se soubesse teria procurado antes ajuda. Hoje faço exercício físico e minha vida mudou e me sinto muito mais feliz.

 

Gina

07/08/2018

 


 

Tenho 35 anos e fumava desde os 20...
Há três anos fiz uma promessa a Deus e parei de tomar refrigerante, prometi para a vida inteira e vi como era difícil, até sonho bebendo e acordo assustada, mas sigo firme sem uma gota! Então pensei que com o cigarro seria impossível! Fumava há 15 anos. No dia 30/07/18 foi meu aniversário e resolvi me dar esse presente! Novamente prometi a Deus e nunca mais vou fumar! Hoje faz 4 dias. Nos dois primeiros dias tive muita vontade, mas era só o hábito! Agora tenho que ter cuidado com o peso, pois a fome aumentou muito também!

 

Anônimo

02/08/2018

 


 

Tenho 26 anos e fumo desde os 15 anos. Parei faz 05 dias só com o esforço de vontade. Fumava 01 maço por dia e 02 gudang garam soltos. Sinto minha pele bem mas nova, a respiração e o paladar bem melhor, até na hora do sexo está nota 10 rs. Estou na luta e vou vencer contra essa praga que é o cigarro.

 

Anônimo

30/07/2018

 


 

Parei de fumar há 1,4 anos, muito simples . Aquele minuto de bobeira que pode alterar sua vida inteira funciona para o bem e para o mal. Tente, vai conseguir. Me sinto muito bem por não ter de compartilhar minha saúde com o cigarro e doenças que podem acontecer, e o mais importante é que não necessito de bengala para caminhar. O cigarro faz voce pensar que sem sua companhia você não é nimguém. Isto passa, depois so alegria.
Boa Sorte, vai que é sua.

 

Benê

26/07/2018

 


 

Hoje tenho 50 anos, 35 fumando ja tentei várias vezes parar e não consegui, mas faz 4 dias que estou de novo sem cigarro e tentando de novo sem remédio, sem nada mas estou passando muito mal. Às vezes acho que vou desmaiar, muita tontura, irritadíssima, uma loucura. Penso 24 hs em cigarros, mas desta vez eu serei mais forte

 

Valdelice

12/07/2018

 


 

Como muitos comentam aqui, não é e nem será facil largar o vicio. Estou há 7 dias sem fumar, comecei com 22 anos estou com 28. Fumei 1.5 macos diários nos últimos 4 anos. Com ajuda de bupropiona e adesivos, os primeiros 3 dias foram pesados, porém decidido a nunca mais voltar a colocar um cigarro na boca, se eu e/ou você consegue 1 dia, consegue mais outro, o tempo vai passar da mesma forma, que passe sem o cigarro. Como qualquer droga se fosse ruim ninguém viciava, mas lembre-se estávamos ou está pagando para uma indústria te matar a longo prazo. Tenhamos fé e força de vontade para nunca mais estarmos nessa. Se alguém ler e não for fumante ativo, pare agora se possivel, não pague para ver/sofrer como eu e muitos aqui para largar esse vício maldito. Força e fé conseguiremos.

 

Anônimo

10/07/2018

 


 

Bom, tenho 27 anos, comecei a fumar aos 17 anos achando que era bonito a fumaça saindo pela boca. Parei de fumar dia 14/12/2017, depois de ficar sem ar. Hoje eu ainda sinto muita falta de ar, e às vezes acho que vou morrer. Com isto quase fiquei depressivo e angustiado por procurar ar para respirar e não achar, mas hoje em dia estou bem. Procure sempre estar na presença da sua família e de pessoas boas, isso ajuda muito! Foco, Fé e Força!

 

Ricardo Scobar

30/06/2018

 


 

Oi
Meu nome e Anderson Hermano, 34 anos, 10 anos fumando. Comecei a fumar depois que meu pai teve infarto por causa do cigarro e vai entender porque eu comecei a fumar. Safadeza, por falta de exemplo não era mas enfim. Comecei com cigarro de cravo. O cigarro e ruim não quem fuma sabe que é gostoso, mas eu tomei a atitude de parar faz 9 dias. Sem o cigarro notei muitas melhoras de verdade. Na academia até no sexo, estou com mais disposição em tudo. Não acordo mais cansado, é tudo de bom. Tem um aplicativo que estou usando QuitNow muito bom. Sintomas: fiquei irritado até o 3o dia, depois foi ficando mas tranquilo. Hoje estou super bem. Fica a dica: é bom ficar sem fumar. É outra vida. Fica ai um pouco da minha história e não quero mais fumar e minha meta é correr a maratona.

 

Anderson Hermano

28/06/2018

 


 

Boa tarde. Ontem fez 2 meses que estou sem cigarro graças a Deus. Tenho 56 anos e fumei por uns 30. Estou notando uma falta de ar bem enjoada será normal? Eu esperava o contrário. Um abraço

 

Cardoso

13/06/2018

 


 

Hoje faz 15 dias que não fumo estou tendo umas tonturas mas até agora eu não tive nenhuma recaída. Não tenho mais a mínima vontade de fumar faz também mais de 4 meses que não bebo e estou me sentindo muito bem.

 

Pollyana Azevedo

08/06/2018

 


 

Estou a 1 mês sem cigarro, fumante a 30 anos, gosto de cheiro e bons perfumes, mesmo quando fumava tinha pavor do cheiro forte de cigarro, sempre me incomodou... Hoje a sensação de limpeza é outra, melhorou paladar, olfato e estou ainda mais exigente com cheiros, já havia tentado outras vezes sem sucesso, nosso cérebro é danado, vive tentando pregar peças, mas desta vez conheço melhor estas artimanhas... BOA SORTE A TODOS.

 

Claudio

07/06/2018

 


 

Olá,
Meu nome é Ana Caroline, tenho 19 anos. Comecei a fumar aos 12 anos, mas faz 3 meses que parei. Foi a melhor coisa que eu fiz na vida. Minha vida é outra, sou mais feliz. Eu fumava muito e não me alimentava direito, vivia só pra fumar! Não parava por nada, mesmo a minha família brigando comigo. Eu era muito magra pesava, 39kg. Hoje peso 43. Para mim é maravilhoso! Como fumava muito, senti uma dor do lado dos meus seios. Fui ao médico e me disseram que eu estava com pneumonia. Mesmo assim não parei de fumar. Quando a dor passou eu parei de tomar os remédios. Senti essa dor umas três vezes. Na última baterem um reio-x e constou que eu estava com uma bolha no pulmão. Nossa, me assustou muito. Pensei só besteira na hora. Parei de fumar. Nos primeiros dias foi muito difícil. Daí fui direto para a pneumologista. Ela está investigando meu caso. Uma Dilatação em um bronquio. Estou fazendo outros exames.
Mas gente eu não estaria passando por isso se eu nunca tivesse fumado na vida. Pare o quanto antes esse vício maldito. É tão ruim ir para hospital, ter que fazer exames. Parei de trabalhar. Agora estou em casa até eu me recuperar, até a médica me passar o que devo fazer. Não é fácil mas pare. Você que se manda e não esse vício. Quando a abstinência aparecer tente fazer algo que logo passará. É ruim até o oitavo dia, mas depois você já esquece um pouco. Você se alimenta direito, sua pele muda, você fica mais bonita, Cheirosa.
Hoje eu me amo, antes eu não me amava porque eu fumava e estava acabando com minha vida. Você tem que ter força de vontade porque Deus irá te ajudar. Pare o quanto antes, você verá a mudança em sua vida. Um abraço bem a[ertado e muita força de vontade. Beijos

 

Ana Caroline

29/05/2018

 


 

Sempre em mente que não passaria dos 50 anos fumando e assim foi. Fiz 50 anos dia 03/07/2017 fumei até 26/11/2017. No dia seguinte estava com 1 cigarro na cartela não levei ele por serviço doida para chegar em casa as 18:00 pra fumar. Olhei bem para ele e disse: fiquei o dia todo sem você não será agora que vou de usar. Amassei e joguei no lixo. dia 27/05 fará seis meses sem o maldito. E VIVA EU! RSRS

 

Miriam

22/05/2018

 


 

Bom, estou a 60 dias sem fumar, fumava 40 cigarros por dia durante 45 anos. Encontrei um grupo pelo SUS que fornece adesivos e bupropiona, e decidi parar, mas não estou usando os remédios. A primeira semana foi terrível, chorava muito, parecia que tinha enterrado meu companheiro e parceiro de toda a vida. Aos poucos a falta da nicotina está desaparecendo mas o hábito não. O tédio é o maior desafio, está difícil de parar de pensar no cigarro, ainda estou usando cigarro eletrônico. Estou lutando com todas as minhas forças, não quero nunca mais voltar a fumar, embora já tenha ganho 4kg de peso(dois kilos por mês é bastante).
Mas tenho fé que tudo vai voltar ao seu lugar.E pra quem está parando, por favor, não desistam,a abstinência passa.

 

Mara da Silva

21/05/2018

 


 

Estou voltando aqui, dei meu depoimento dia 21/11/2016, onde eu estava completando 4 dias sem fumar.
Hoje já completo no ano e 5 meses sem cigarro.
No começo sofri muito, tive todas os sintomas que vcs descrevem, mas GARANTO A VCS QUE PASSA.
Eu era absurdamente viciada, para ser sincera, eu conhecia pouquíssimas pessoas que eram tão viciadas qto eu. Dependia do cigarro para absolutamente tudo.
Hoje, passo dias sem lembrar do cigarro.. esqueço que existe.
De vez em quando da vontade, quando tomo uma cerveja com alguém que está fumando, mas gente, é só de vez em quando. E garanto para vocês que essa vontade passa logo, e dá uma alegria imensa quando chegamos em casa e lembramos que vencemos a tentação.
A vontade se torna insignificante com o tempo.
Se eu estou conseguindo, vocês também conseguem.
Paz

 

Leticia

11/05/2018

 


 

Parei de fumar faz 04 meses. Não pretendo voltar. Melhor decisão que tomei. No início foi muito difícil (nos primeiros 02 meses) sentia vontade de chorar, não dormia e sentia muita fome, mas passei a praticar atividades físicas diárias e comer de 03 em 03 horas, isso ajuda muito... Acho essa dica boa substituir o cigarro por uma atividade física, qualquer que seja ela, caminhada, corrida, natação, hidroginástica, enfim...

 

Anônimo

27/04/2018

 


 

1 Semana sem fumar. Percebo que a cada dia a vontade fica menor. Ja são 12 anos fumando. Tudo melhorando no meu corpo, sinto a desentoxicação.

 

Leandro

26/04/2018

 


 

Oi gente! Estou há 12 dias sem fumar... É uma vitória... nunca me imaginei sem o cigarro. Fé, foco e coragem! Sabendo que Deus está no comando! Força.

 

Helena

25/04/2018

 


 

Meu nome é Acidalia tenho 39 anos fumei 22 anos. No dia 08/02/2017 estava esperando dar meia noite pois era o aniversário da minha filha, aí fui, como de costume fumar fora de casa porque só eu fumava. Fumei, voltei meu marido estava na sala vendo Tv e me deitei perto dele e do nada comecei a sentir falta de ar, dor no peito e meu coração acelerado. Pensei que ia morrer. Minhas filhas começaram a chorar e eu pedindo a meu marido pra me levar pro médico rápido porque achei que eu estava morrendo. Chegando no hospital minha pressão estava alta eu estava sentindo tudo que uma pessoa enfartando sente. Foi quando eu disse a minha filha que nunca mais eu ia botar um cigaro na boca e ela chorando, me disse: espera que vou gravar isso. Fiz exames mas não dava nada tudo normal depois disso parei de fumar.

 

Acidalia

17/04/2018

 


 

Olá
Então, me sinto tão bem pois hoje fazem 11 dias que parei de fumar tive bebê recentemente fiquei por 3 dias internada e quando cheguei em casa olhei o cigarro e olhei pra minha filha foquei em parar por causa dela me senti mal por ter fumado na gravidez me culpei por não ter parado antes mas nunca é tarde para parar e eu consegui me sinto mais forte hoje estou até sentindo o gosto da comida melhor por 10 anos esse vício me venceu mas hoje eu venci me sinto vencedora, sinto até vontade de fazer algum esporte, boa sorte a todos que querem parar.

 

Anônimo

14/04/2018

 


 

Faz três meses que não fumo e nem quero voltar. Fumei durante 21 anos, posso dizer quando munha respiracao melhorou muito. Posso dizer também que algumas vezes a abstinência chega e acelera o coração, dá tremedeira, boca seca e muita ansiedade. Entendo agora que faz parte do processo, meu cérebro &qout;joga" pesado. Respiro fundo, bebo água, faço exercícios e membros dos benefícios e da minha força de vontade. Lembro-me dos que estão ao meu lado. Parar é uma conquista. É duro. Mas lembre-Se vc não nasceu fumando.

 

Anônimo

11/04/2018

 


 

Olá, gostaria de relatar que já estou há 9 dias sem o cigarro. Agora mesmo escrevendo este texto estou com muita vontade de fumar, mas não quero mais. Está sendo bem difícil desfazer a rotina que tinha todos os dias em torno do cigarro. Faço atividade física e essa prática está me ajudando muito. Tive também dores de cabeça e estou com o meu apetite bem elevado, mas, mais 1 dia sem fumar.

 

Michele

09/04/2018

 


 

Tenho 30 anos e fumo desde os 16... Já fracassei várias vezes, e em toda tentativa frustrada eu ficava triste. Realmente é muito difícil deixar de fumar. Estou há 3 dias sem fumar, a vontade vem com frequência e estou mascando chicletes de nicotina (tem em qualquer farmácia) sempre que a vontade esta muito forte. Desta vez estou me sentindo bem seguro com relação a parada. Tomei a decisão sozinho e não falei para ninguém. Estou confiante! Acredito que essa confiança em dominar os pensamentos junto com os chicletes está fazendo a diferença. Não tenha medo de tentar! Não nascemos fumando.

 

Ricardo

06/04/2018

 


 

Meu nome é Cristianne, estou na minha quarta tentativa, fumo desde os meu 18 anos. Fumo sem nenhum motivo aparente, um maço todos os dias. Para piorar, quando não fumo cigarro fumo maconha. Na minha opinão os adesivos super funcionam, mas se a sua vontade de parar não for maior você vai cair. Em todos os lugares as pessoas fumam, não da para se esconder pra sempre. 3 dias sem fumar cigarro, estou depositando confiança em mim, sei que vou conseguir... porque eu quero.

 

Cristianne

05/04/2018

 


 

Fumei pelo menos 17 anos. Fumava uma média de 1 carteira por dia. Hoje, neste exato momento, fazem 73 horas que não coloco um cigarro na boca. Sinto uma melhora significativa no paladar e na respiração. Sinto também uma vontade louca de acender um cigarro. Mas vou resistir. Amanhã vou estar melhor e quem sabe, logo, não sentirei mais essa vontade.

 

João

05/04/2018

 


 

Cara eu tenho 19 anos fumo desde os quinze. Estou 5 dias sem fumar, e o pior de tudo é que praticamente o meu círculo de amizades é de fumantes. Mas o que está me fazendo parar de fumar são minhas lembranças. Antes quando eu tinha uns 12 anos eu voltava do meu colégio até em casa 1,5 km mais ou menos no trote. Hoje corro 2 quadras e estou exaurido com as mãos no joelho. Também por causa de hálito, dentes e cheiro que fica porque, não levem a mal, as este vício fede!
Ah e para vocês que estão querendo parar: depois de 72 horas a abstinência eh mais de 50% psicológica. Até mais fiquem com Deus

 

Tino

03/04/2018

 


 

Tenho 44 anos, fumo desde os 16 anos, hoje fazem 5 dias sem cigarro, estou na luta contra mim mesmo, porque o cigarro é um objeto.

 

Junior

02/04/2018

 


 

Olá, fumei desde os 15 anos, hoje com 29 me vi correndo para hospitais com pressão elevada, assim que tive a notícia parei abruptamente com o maldito, exames de sangue e coração estavam ótimos, apenas pressão elevada. Faz 1 mês e 5 dias que não fumo. Na primeira semana foi horrível mas estou decidido. Atualmente ando sofrendo muito com crises de ansiedade, aperto no peito, sensação de desmaio, tonturas, parece que vou morrer. É meu cérebro gritando, mas com fé em Deus vou conseguir! É uma batalha contra você mesmo, mas sempre confie em Deus, ele dará forças, nunca nos abandona!
E sites como este me ajudam demais, principalmente quando estou nas crises...

 

Felipe

23/03/2018

 


 

Há 4 dias sem cigarros após 29 anos de uso. Feliz por estar conseguindo. Difícil está sendo lidar com a vontade em alguns horários que eram cruciais fumar. Eetou fazendo uso de um floral moemnto para de fumar e está me ajudando muito. Força e foco, Hoje vejo que é possível.

 

Anônimo

22/03/2018

 


 

Parei de fumar faz 02 meses e 09 dias. Não sinto mais vontade. Foi a melhor coisa que fiz, tudo melhora: a disposição, economia, a pele, cabelo, cheiro, folego. Não volto mais. Mas a minha sugestão é praticar muita atividade física depois de abandonar o cigarro.

 

Bruna

12/03/2018

 


 

Hoje é o 18° dia sem fumar. Já tentei duas vezes e nunca passei de 5 dias. Dessa vez, a 1ª semana foi relativamente tranquila, apesar de difícil. Eu ainda não consigo passar um dia sem pensar no cigarro, os dias passam e agora eu tenho a sensação que está ficando mais difícil. Me sinto bipolar, hora feliz, hora muito triste, estressada, mau humorada, enfim. Ontem a noite foi terrível, e hoje pela manhã chorei logo que acordei, me arrumei e vim trabalhar, tive outra crise de choro no trabalho. Me senti louca né, e fiquei pensando o porque estava maluca assim e lembrei que a noite sonhei que estava fumando, por isso essa vontade no inconsciente. Agora estou melhor, ainda está de tarde. Cortei a cerveja, e pretendo voltar com ela mais pra frente. Tenho 29 anos e 13 como fumante. Não é fácil.

 

Thais

09/03/2018

 


 

Então tenho 23 anos comecei a fumar cm 20 foi pouco tempo e não fumava maços de cigarros não apenas 3 ou 4 palitos de cigarros por dia, mas isso tava me fazendo um grande mal. Não tinha muita disposição para muita coisa não. Resolvi parar de fumar porque minha futura esposa me pediu por favor porque ela me abriu os olhos que futuramente isso ia trazer muitas tristezas para nossas vidas e me perguntou se eu queria faze-la feliz então me pediu para não fumar mais. Nesse dia eu fumei o último cigarro e disse que não fumaria mais então não fumei mais. Para mim foi fácil. Achei que ia ser mais difícil mas coloquei na cabeça que não fumaria mais e notei melhoras significativas na minha vida!

 

Eduardo Nogueira

09/03/2018

 


 

Eu fumei dos 14 aos 37 anos de idade. Estou sem fumar um único cigarro há 11 anos e pretendo continuar assim, mas não vou mentir para ninguém: mesmo depois de tanto tempo, ainda sinto vontade de fumar quase todo dia. Tenho consciência de que sou e sempre serei viciado e de que a minha batalha para me manter abstêmio é uma luta que eu tenho de vencer a cada dia. E, sendo muito sincero também, eu parei de fumar apenas porque sabia e sei que, se continuasse, era um risco muito grande à medida que eu ficasse mais velho. Se houvesse uma maneira de fumar sem risco (o que NÃO HÁ), eu teria continuado porque, honestamente, gosto de fumar.

 

Anônimo

09/03/2018

 


 

Olá parei de fumar apenas 3 semanas. Fumei desde os 15 hj tenho 34. Resolvi parar depois de um senhor me pedir um cigarro na porta do hospital. Dei o cigarro pra ele e ele respondeu: "Talvez esse será o último cigarro da minha vida, estou com câncer de garganta e os médicos disseram que não há muito o que fazer" Fiquei em choque ao a ouvir aquele homem e ver o estado que se encontrava. Bom, depois dessa cena fiquei com aquilo na cabeça. Ele iria fazer uma cirurgia naquele mesmo dia. Então peguei um maço joguei no lixo e estou firme. Não sofri muito. Sinto minha boca salivar constantemente, meu intestino parou de funcionar. E estou com muitos gazes. Fora isso está tudo bem. Bate uma vontade e outra mas nada muito insuportável. Tenho fé e força de vontade que nunca mais volto pra esse vício.

 

Anônimo

08/03/2018

 


 

Fumei durante 25 anos... Hoje com 40 dias sem fumar. Fácil não foi e nem vai ser, mas já posso dizer que estou melhor. Já sinto o sabor de tudo. Meus dentes estao brancos, dava vergonha de ir ao dentista ou até mesmo sorrir. Já engordei uns 3 kilos. Já tinha tentados umas dez vezes e nada, até que um dia fui na farmácia e meu amigo me disse que era possível com adesivo. Ele me indicou um calmante natural e assim comecei minha luta. Hoje ainda com vontade mas já passou o pior. Não tenho mais as abstinências, já estou menos triste
Quis contar aqui pois os depoimentos que li durantes os piores dias me ajudaram muito. Obrigado, pessoal e espero tar ajudando alguém. Vamos juntos, cada dia é mais um sem cigarro.

 

Rosana

04/03/2018

 


 

Estou há mais de 70 dias sem fumar e por isso resolvi dar meu depoimento aqui, para aqueles que assim como eu sonham em abandonar de vez o vício. Sofri muito com as crises de abstinência. Senti coisas estranhas que jamais imaginei, fui parar no hospital achando que ia morrer, mas passado tudo isso, acreditem... Sim, é possível. Não tem um só dia que eu não me lembre dele, mas esqueço logo, afinal foram mais de 30 anos fumando 5,6,7 cigarros ao dia. Adorava fumar mas tudo tem sua hora e era hora de parar. Já não me sentia mais bem fumando, me sentia excluída, fedida, tinha vergonha, fumava escondida de mim mesma. Nos últimos anos o prazer foi embora e ficou só o hábito, então resolvi parar. Me sinto liberta e espero continuar assim. Desejo o mesmo a todos. Boa sorte, vocês vão conseguir.

 

Anônimo

01/03/2018

 


 

Exatos 36 dias sem fumar! Não uso nada para me ajudar apenas chiclete normal quando tenho. Nãoo está sendo fácil ainda, mas está melhor que no início. Enfim estou decidida a nunca mais fumar. Tenho 34 anos e fumei durante 20 anos. Sorte para mim, para você, para nós e que Deus nos ajude.

 

Su Ventura

27/02/2018

 


 

Eae galera beleza? Comecei a fumar no primeiro ano do ensino médio, 14 pra 15 anos, palheiros e até hoje, aos quase 21 fumava todos os dias sem pular um e estou a 3 dias sem fumar, hoje tô numa vontade do kct viu mas tô me controlando e ver os depoimentos aqui me ajudaram a ver que não é boa coisa, não fumava muito, meio de semana um maço de flor do norte e finais de semana 1 maço, além da maconha, a qual não pretendo parar no momento. Nesse momento estou me perguntando por que parar se é isso mesmo que eu quero mas desde que saí do ensino médio não consegui mais praticar esportes apesar de gostar bastante... Força ai. Tamo junto ninguém nasce fumando!

 

Anônimo

25/02/2018

 


 

Tive um cancer de colo de útero em 2013, operei em agosto do mesmo ano, até hoje graças a Deus estou bem. O problema é que cigarro já faz mal para quem não tem cancer, imagina para quem tem? E devido a isso em maio de 2017 eu consegui parar, já fazem 9 meses e hoje eu me sinto bem melhor e agradeço sempre a Deus por essa benção que ele me deu, a cura do cancer e do vício também, e o melhor ainda foi que eu não engordei nenhuma grama, continuo magrinha como sempre fui. Largar o cigarro é a melhor coisa da vida. Largue você também.

 

Anônimo

21/02/2018

 


 

Comecei brincando de adulta , fumando bituca escondida dos pais ..cresci e não fiquei mais sem, mesmo sendo horrível, me fazendo ter pressão baixa e vomitar. Com o tempo virou hobby em descanso, leitura, enquanto trabalhava. Acreditava mesmo ser difícil parar, e hoje, depois de mais de 15 anos, estou aqui sem fumar, de um dia pro outro simplesmente empapucei da fumaça, do gosto, do cheiro horroroso que fica na mão... Não sinto falta nenhuma, não usei remédio, adesivo, nada disso. Simplesmente parei de comprar por começar a sentir aversão, literalmente, da noite pro dia!

 

Vanessa

13/02/2018

 


 

Olá amigos! Eu tenho 54 anos e uns 30 anos ou mais fumando. Hoje é o 7° dia de sofrimento e pelo jeito terei muito sofrimento ainda pela frente. Tou tomando bup, não durmo a noite inteira e durante o dia evito sair de casa. Deus me ajudará nessa caminhada e farei o esforço q for necessário pra me livrar dessa chupeta do capeta. Oremos a Deus que ele nos ajudará. Força a todos.

 

Zé Luis

12/02/2018

 


 

Estou sem fumar ha 7 dias, não está sendo fácil mas estou decidida! Estava me sentindo mal com esse vício. Espero encontrar aqui força pra não desistir!

 

Anônimo

12/02/2018

 


 

Fumei durante 15 anos. Ultimamente percebi que comecei a manifestar sintomas de dpoc (enfizema). Falta de ar, chiado no peito, tosse constante. Mas não conseguia sequer me imaginar longe do cigarro. Uma noite, após muito fumar, me entreguei completamente nas mãos de Jesus e pedi "me salva Senhor, sozinha não posso..."
No dia seguinte acordei e quis fumar. Mas uma mensagem amorosa e terna veio à minha mente: "tente ficar apenas hoje sem fumar". Consegui.
Os dias foram se passando e era sempre "apenas hoje". Estou em 2 meses e hoje já consigo me ver sem o cigarro para sempre. Louvado seja o Senhor Jesus que não abandona quem dele precisa

 

Aline

12/02/2018

 


 

Comecei a fumar aos 18 anos, fumei por 15 anos, até que me senti sedentária e resolvi entrar na academia e no yoga, aos 33 anos não tinha nenhuma disposição. Um dia fumei duas carteiras de cigarro, olhei pra mim no espelho e decidi me amar. Eu me vi no futuro muito mais velha, doente dando trabalho a minha família... decidi nunca mais fumar. Comecei a correr. A corrida foi a melhor coisa que me aconteceu. Nunca me imaginei correndo 5 km sem parar e com prazer, pois eu não tinha fôlego nem por 5 minutos. Crise de abstinência é normal, mas superá-las é o segredo do sucesso. Todo dia acorde com o propósito de não fumar. E corra ao ar livre. Hoje eu me amo, porque tenho o controle de mim mesma. Cigarro nunca mais... e o dinheiro que sobra invisto em produtos de ginástica ou livros. Força!

 

Samy

09/02/2018

 


 

Apenas gostaria de compartilhar que acendi o ultimo dia 29/01/18 à noite. Durante a madrugada seguinte sonhava que estava sufocando: meio acordada e meio dormindo supliquei a Deus que me tire a vontade de fumar. Ainda tenho vontade mas sei que só depende de mim, não tem quem faça, eu que devo decidir sou eu que me mando. Estou há 5 dias sem fumar, o medo de quando abrir uma cerveja e querer acender um é grande - o subconsciente já ta naquela que: no final de semana pode - é só de vez em quando. Hoje é sábado - Controle redobrado. Gostei das dicas galera. Torçam por mim!

 

Grasi

03/02/2018

 


 

Oi
Começei a fumar muito cedo já parei várias vezes, mas sempre voltei. Hoje faz 4 dias que decidi parar de vez. Tenho muita fé em Deus que desta vez não vou voltar.
Gente um conselho pra quem quer parar de fumar é a força de vontade. Sem ela a gente não consegue, a vontade de fumar vem com tudo. Mas Deus é maior... pra quem tiver tentando parar, boa sorte.

 

Claudia

03/02/2018

 


 

Parei de fumar há 53 dias hoje. Fui fumante por 9 anos, fumava uma carteira por dia. Nos últimos 2 anos depois que minha mãe faleceu passei a fumar duas carteiras e comecei a sentir chiados no peito. Foi quando tentei por várias vezes parar mas sem sucesso pois cortei o café, bebida, tudo. Minha cunhada que parou há 2 anos me disse para eu não cortar o café pois ele te dá prazer também. Realmente foi mais fácil e a prova é que consegui. Beba muita água.
Eu chegava a chorar quando me dava vontade de fumar. Você vai ficar mais irritado impaciente, é normal, achar que a vida não tem mais graça. Mas passa.
Meus dedos não são mais amarelos da nicotina - antes tinha que pegar uma esponja e esfregar com kiboa pra diminuir o amarelado dos dedos, me incomodava muito. Não desistam persistam. Não esperem o médico falar.

 

Anônimo

02/02/2018

 


 

Olá, fui fumante por 20 anos e diferentemente dos casos que li aqui, nunca senti falta de ar, nem tive problemas respiratórios, graças a Deus. Parei de fumar porque sei que faz mal e tive casos na família de câncer de pulmão, sendo assim fico com medo por ter predisposição a isso. Parei por medo de morrer disso. Posso morrer de qualquer coisa, mas não quero morrer disso. E parei do nada, sem ajuda de remédios nem nada. Sei que é difícil mas se você decidir, no âmago do seu ser, que quer parar, vc consegue. Comecei a fazer caminhadas a noite, meus dedos, minha roupa e boca não fedem mais. Meu marido ainda fuma, pedi pra ele fumar lá fora, já que ele não quis me acompanhar. Essa é a maneira que ele me ajuda rsrs. Fumei Marlboro vermelho por 20 anos, eu consegui parar, vc tb consegue! Pode crer.

 

Paula

24/01/2018

 


 

Estou há 28 dias sem fumar, e há 3 dias sem as pastilhas de nicotina. Fumei 2 carteiras por dia dos meus 19 anos até os meus atuais 44 anos. Sou motorista de ônibus escolar na área rural, portanto sou referência para estas crianças como educador, por isso tenho que dar o meu exemplo. Não está sendo fácil mas espero conseguir. Mas vai aí uma dica - livro de Kristina Ivings - MUITA água e caminhada. Sumiram minhas varizes da perna, melhorou a qualidade dos meus pensamentos e as minhas relações interpessoais mais racionais, além de uma sobrecarga de energia física que nunca tive antes, nem quando eu tinha 20 anos, isso somente em 28 dias. Mas atenção o tabagismo é uma doença crônica, portanto não vou fumar o primeiro cigarro, fiquemos espertos!

 

Marcelo

20/01/2018

 


 

Meu nome é Raphael, tenho 33 anos.
Fumei durante 15 anos da minha vida, e diga-se de passagem, sempre adorei fumar. Não há nada mais saciante para um fumante do que pegar um cigarro, acender e dar uns tragos.
Pode-se se dizer que o cigarro te dá mais prazer do que sua vida sexual com sua esposa, pois você fica alguns dias sem sexo, mais não consegue ficar 1 dia sem cigarro. Eu era assim também, sentia que nunca conseguiria parar, e colocava na minha cabeça que se eu não conseguiria, então o melhor é fumar mesmo e pronto. Mas eu me sentia muito mal com as pessoas no meu trabalho dizendo "Nossa que fedor". Já queria mandar irem se lascar. Foi daí que no dia 22/11/17 eu falei PAREI. E de lá pra cá não sinto nem um pouquinho de vontade de fumar. Foco e determinação, essas foram as palavras chave.

 

Raphael Lopes Pereira

18/01/2018

 


 

Me sinto um vencedor fumei durante +_ 30 anos e estou a dois meses sem fumar, segui dicas daqui e de outro ex fumantes, muita agua e força de vontade foi o que resolveu, boa sorte a todos

 

Sidnei

18/01/2018

 


 

Olá galera, tenho 31 anos, fumei desde os 14 anos (em média 15 cigarros por dia). Hoje vai fazer 37 dias sem fumar. Não estou tento vontade, só nos primeiros dias fiquei meio irritando por pouca coisa, mas com certeza passa e vale muito persistir no desejo de largar o cigarro. No meu caso fui no dentista tirar uns dentes e como tinha que ficar um dia sem fumar pra cicatrizar já aproveitei e parei. Para mim funcionou. Das outras tentativas eu tentei parar gradativamente, mas não rolou e quando via já estava quase fumando uma carteira por dia de novo. Hoje em dia se me dá vontade tomo água e como uma a bala, engordei 1 kg mais ou menos até o momento. Tudo menos esse vício maldito, e viver um dia após o outro, tenho fé que dessa vez eu largo.

 

Cristiano

17/01/2018

 


 

Tenho 25 anos, fumei por 8 anos. Parei na virada, há 2 semanas. Estava enfrentando imensa falta de ar há 1 ano. Até que comecei a ter crises de pânico causadas pela falta de ar que me faziam parar no 24hrs. Parei há 2 semanas e, psicológico ou não, respiro perfeitamente. Só tive vontade na primeira semana, agora não mais. É como se eu nascesse de novo, poder largar o maldito. Estou muito feliz. Não usei nenhum remédio, apenas a vontade de parar e o medo de desenvolver câncer. Vale a pena! Pensei na minha filha.

 

Anônimo

15/01/2018

 


 

Hoje faz 12 dias que não coloco um cigarro na boca. Estou me sentindo ótima espero continuar assim. Não tenho mais o cheiro nas roupas. Decidi parar por conta própria mas me sinto ótima vou continuar assim. Perseverança.

 

Anônimo

12/01/2018

 


 

Comecei a fumar aos 28 tentando resolver alguns conflitos interiores e exteriores. Fui convencido por certa propaganda tabagista de que fumar lhe deseja mais "esperto". No começo foi legal, era como um hobby, mas depois, fui tragado pela névoa densa da fumaça do tabaco. Um lugar onde você é convidado a entrar, e quando entra é como um labirinto, não consegue sair. Gostava de fumar, fumei intensamente, quase 1 maço por dia, e quando era com amigos me chamavam 'chaminé'. Tem um ditado que diz, o que é bom dura pouco comecei sentir dores na virilha, dores na bacia, pélvis, aperto no peito, falta de ar, roncos, dor no estomago, abdome.
Á altura dos meus 31, reconheci que estava com problemas de saúde e parei, agora só tomo chá, voltei a comer melhor, tentando largar café, mais díficil, ainda rs.

 

José

11/01/2018

 


 

Fumo há 3 anos e meio, parece pouco, mas há 1 ano atrás fumava meio maço por dia. Há alguns dias estava indo para quase 30 cigarros por dia. Nesse ritmo em pouco tempo eu passaria para 2-3 maços dia... Sinto a respiração fraca e muito catarro ou pigarro, sempre fui extremamente ativo fisicamente, corrida, futebol, academia, tinha um corpo invejável. Nos últimos 2 anos engordei 30kg e hoje não conseguiria correr 1 quadra sem ficar sem ar. A última vez que joguei futebol quase desmaiei, fiquei roxo, sem ar... Por incrível que pareça não foi isso que me fez tentar parar, a quem queremos enganar? Fumar é gostoso, talvez por eu ter começado há pouco tempo ainda tenho a cabeça de vento. Parei por uma aposta com meu irmão, joguei tudo fora faz 6 dias, sinto vontade mas nada é incontrolável, espero não fraquejar

 

Anônimo

09/01/2018

 


 

Eu fumava há 15 anos hoje tenho 35 mas sempre fumei pouco no máximo 7 por dia. Parei há 40 dias porém estou sentindo muita pressão na cabeça, nauseas, algumas noites difíceis para dormir, sentindo o coração acelerado, um certo desespero, tontura entre outras coisas. Fui ao médico, fiz exame de sangue mais graças a Deus não deu nada porém estou muito preocupada com esses sintomas porque já ouvi muita gente falando que quem fuma pouco não sofre tanto ao parar. Porque estou assim então? Será que passa?

 

Elaine

09/01/2018

 


 

Tenho 29 anos e fumava desde os 14, parei de fumar a 7 dias, decidi que dezembro seria meu último mes fumando, antes disso estava fumando 4 cigarros por dia na intenção de diminuir mesmo, entao no primeiro dia do ano (2018) larguei o vício. Está sendo muito difícil, ainda mais quando estou sozinha, não estou usando adesivos e nem remédios, só força de vontade. Acho que nunca tive tanta na minha vida.

 

Anônimo

07/01/2018

 


 

Fumei durante 36 anos, ha 3 anos mais menos, já estava pensando em abandonar meu vício, mas a coragem não vinha, dia 26 de nov de 2017 não comprei cigarro, fumei o que tinha, era domingo fumei normalmente até 23:30 restando na cartela somente 1 cigarro, no dia seguinte não levei por trabalho,resistir o dia todo em não comprar o maldito, até as 18 hs fui pra casa, estava lá aquele unzinho, pensei fiquei o dia todo sem ele não me fez falta então a partir dessa data não mais coloquei cigarro na boca, lembrando que não tomei nenhum medicamento, somente masquei alguns chicletes com nicotina, hoje faz 38 dias sem cigarro e estou me sentindo ótima. Mas ainda não posso considerar ex-fumante. Só por hoje eu não fumei.

 

Miriam

04/01/2018

 


 

Fumei durante 35 anos. Estou há 15 dias sem fumar. Nos primeiros dias, usei adesivo que ajuda muito, mas há 4 dias parei com o adesivo pois queria ficar livre da nicotina no meu organismo e passar logo pela fase da abstinência. É difícil mas é possível. Dá prá aguentar sim pessoal! A pessoa só precisa da motivação certa e cada um tem a sua. Mas se eu consegui, todos conseguem. Achava que era impossível, mas não é. Encaro a fissura como uma sensação com a qual tenho que conviver durante algum tempo e sem stress. Quem precisar, use o adesivo, ele ajuda muito mesmo. Qualquer ajuda é válida. Agradeço a Deus todos os dias. Isso é um milagre na minha vida! Boa sorte a todos.

 

Ana

02/01/2018

 


 

Gente fumei por 30 anos, e eu fumava 2 maços por dia. Primeira vez que tentei parar e parei com ajuda do remédio bupriona que o médico me receitou. Já estou 2 anos sem fumar, esse remédio e para depressão mas te ajuda: você para de fumar e não tem abstinência.
Espero que tenha ajudado.

 

Anônimo

01/01/2018

 

 

Depoimentos 2017 e anteriores - clique aqui

 

Depoimentos de ex-fumantes famosos

 


Flavio Gikovate

Como me separei do cigarro

 

Quando escrevi Cigarro, um Adeus Possível fazia uns três meses que tinha parado de fumar. Estava orgulhoso. Estava deprimido. De vez em quando, me atacava aquela vontade lancinante de acender um cigarro. Não pela dependência física, que em poucos dias se resolveu. A dependência dolorosa do cigarro acontece porque ele toca em fatos de enorme densidade psicológica. Isso explica por que pessoas inteligentes, determinadas, metódicas, disciplinadas, não conseguem deixar de fumar. Por trás dessa incapacidade está um tema profundo: o desamparo da condição humana.

 

O desamparo se manifesta, desde a primeira infância, na boca. Eu, por exemplo, sempre chupei balinha, mesmo quando fumava. Há uma quantidade imensa de pessoas "viciadas" em chiclete. Chiclete só não vira vício de verdade porque não tem substâncias químicas que causem dependência física. Chiclete, bala, aliviam a inquietação oral que nos acompanha a vida inteira. É através da boca que, desde pequenos, procuramos uma sensação de aconchego. Começamos sugando o seio. Em seguida vem o primeiro vício, a chupeta. Sai a teta, entra uma borracha. Sai a borracha, começamos a chupar o dedo ou a roer as unhas.

 

Sou contra o cigarro porque faz mal à saúde. Não tenho nada contra chupeta, chiclete ou bala — maneiras de atenuar o desamparo, sensação de que nenhum ser humano está livre.

 

Compreendendo a profundidade dessa questão, não subestimando o tamanho da dificuldade, montando uma estratégia lenta e progressiva, calma e ponderada é que, um dia, o viciado pode largar o maldito cilindrinho. Quando tentei parar de fumar há uns 10 anos, sofri muito. Ainda não estava maduro. Desta vez, estava mais preparado. Tinha entendido melhor o por quê da intromissão do cigarro na vida da gente, me sentia mais seguro, um pouco tocado com a noção que os americanos introduziram de que o fumante é um cidadão de segunda classe, e incomodadíssimo com a dependência. Achei que teria condições de não substituir o cigarro, sobretudo por comida. Porque na última tentativa engordei barbaramente. Mas desta vez parei, fiz exercícios, não engordei nada.

 

Há uns dias, um amigo esqueceu um maço de Marlboro em casa. Essa era uma das marcas famosas na minha adolescência. Fumar cigarro americano um pouco, ser Humphrey Bogart. Aquele rótulo vermelho bateu em mim, me deu uma nostalgia funda de um certo charme, de me imaginar num bar conversando, fumando, bebendo... Nem sei se tudo isso tem charme, mas foi o que nos ensinaram. É essa atmosfera que conta. Não é o pulmão da gente que anseia pela fumacinha.

 

Cigarro prende porque a gente se sente especial quando fuma — pelo menos no começo — e porque ele vira um companheiro, passa a fazer parte da identidade da gente. Um cigarro na mão ajuda a abordar uma moça numa festa. Para dar um telefonema difícil, certas pessoas acendem um cigarro. É por isso que o caminho para um controle progressivo sobre o vício consiste em quebrar esses hábitos.

 

Anos depois, as pessoas me perguntam como me sinto. Mais ou menos como um gordo que emagreceu. O gordo acha que, quando emagrecer, a vida vai lhe sorrir para sempre, que todos seus problemas estarão resolvidos. Aí, elo descobre que a vida continua tão complicada como antes, só que agora ele é magro.

 

Tenho os mesmos problemas que quando fumava. A vida é difícil, as incertezas são dolorosas, o desamparo é uma realidade inegável. Continuo frustradíssimo por não ser o Humphrey Bogart. Sou, agora, um desamparado consciente de que aquela vontade de fumar nascia da tentativa desesperada de procurar aconchego em alguma coisa. Rodar o dia inteiro em torno de cigarros que aplaquem minha vontade de fumar não me distrai mais. A vontade de fumar criava uma ansiedade que servia para mascarar essa outra ansiedade profunda e autêntica, comum a todo ser humano.

 

A vantagem é que posso peitar as questões intrincadas da condição humana sem confundi-las com vontade de fumar. Estou muito satisfeito com essa vitória difícil contra a dependência. O antigo orgulho de sentir-me "diferente" com um cigarro na mão, que me levou ao vício, transformou-se no orgulho de não fumar. Gosto muito mais de mim assim. "

 

Flavio Gikovate

Psiquiatra e Psicoterapêuta

 


 

"Só eu sei do prazer que sinto quando consigo aumentar as distâncias debaixo d'água, e vejo o quanto fumar é absurdo"

 

Danuza Leão

escritora e colunista da Folha de São Paulo

 


 

"Fumava porque era moda e sinal de virilidade. Depois se transformou em um vício, dependência.

Sou um ex-fumante poderoso, fumava durante as refeições, tomando banho, em jejum, na cama, levantava cedo para fumar, enfim, fumava muito e gostava. [O cigarro] é um ex-amor, uma ex-amante... Você vai se matando com elegância."

 

Ney Latorraca

ex-fumante, em depoimento no documentário Fumando Espero - G1.globo.com - 25/04/2009

 


 

"Parei há quatro meses. Eu me considero uma vitoriosa porque adorava cigarro. Até hoje, chego a sonhar que estou fumando"

 

Helena Ranaldi

atriz, ex-fumante - Época - 06/06/2003

 


 

"Fazia parte do ritual de afirmação masculina fumar. Comecei para mostrar que era homem [..]. Dei minhas primeiras tragadas aos 18 anos. Tentei parar umas 100 vezes e sempre sofri muito. Minha última recaída foi para fazer um personagem, mas larguei no dia em que acabaram as gravações."

 

José Mayer

ator, ex-fumante - Época - 06/06/2003

 


 

"Quando eu fumava, achava impossível parar. Não concebia a minha vida sem um cigarrinho. Só descobri que isso era um mito, uma mentira, depois que parei. É preciso uma boa dose de vontade para ficar uma hora, meio dia, meio mês, meio ano, até completar o ciclo de dizer não ao cigarro."

 

Luiz Thunderbird

músico e maratonista, ex-fumante

Apague o Cigarro de sua Vida - ed. Alaude, 06/06/2003

 


 

"Depois que parei de fumar, passei a dormir melhor, a acordar menos cansado e a ter menos ressaca de manhã. Como efeito colateral, engordei, mas logo voltei ao meu peso normal com uma dieta. Percebi que a minha grande ressaca não era do uísque porque nunca mais sofri desse mal."

 

Ziraldo

escritor e cartunista, ex-fumante

Apague o Cigarro de sua Vida - ed. Alaude, 06/06/2003

 


 

"Na irresponsabilidade que a dependência química traz, fumei na frente dos doentes a quem recomendava abandonar o cigarro.

Fumei em ambientes fechados diante de pessoas de idade, mulheres grávidas e crianças pequenas.

Como professor de cursinho durante quase 20 anos, fumei nas salas de aula, induzindo muitos jovens a adquirir o vício. Quando me perguntavam:

"Mas você é cancerologista e fuma?", eu ficava sem graça e dizia que ia parar. Só que esse dia nunca chegava.

A droga quebra o caráter do dependente [...]

Quando você larga de fumar, o fôlego melhora em duas ou três semanas. A circulação sanguínea também.

Você começa a sentir o gosto da comida, o cheiro das coisas. O sono fica mais tranqüilo e a respiração, não dá nem para acreditar como melhora."

 

Drauzio Varela

oncologista, ex-fumante - drauziovarella.ig.com.br

 

Atenção: Os artigos do Eufumo não tem a intenção de fornecer recomendação médica, diagnóstico ou tratamento.